Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/641
Tipo do documento: Dissertação
Title: Avaliação das citocinas inflamatórias em ratos obesos-msg suplementados ou não com taurina
Other Titles: Evaluation of inflammatory cytokines in obese rats supplemented or not with msg-taurine
Autor: Caetano, Luiz Carlos 
Primeiro orientador: Balbo, Sandra Lucinei
Resumo: Dentre as várias alterações orgânicas decorrentes da obesidade, está o processo inflamatório crônico associado ao balanço das citocinas TNF-α, IL-1β, IL-6, IL-2, IFNγ, IL-4 e IL-10, e, há evidências de que o aminoácido taurina (TAU) possui efeito anti-inflamatório. Assim, neste trabalho investigamos o perfil inflamatório plasmático e do tecido adiposo retroperitoneal de ratos obesos-MSG, suplementados ou não, com o aminoácido TAU. Ratos Wistar receberam injeções subcutâneas de MSG (4mg/kg de peso corporal/dia) ou salina hiperosmótica, durante os primeiros 5 dias de vida e foram distribuídos nos grupos MSG e CON, respectivamente. Após os 21 dias de vida, metade de cada grupo recebeu 2,5% de TAU na água de beber, sendo separados nos grupos CON, CON + TAU (CTAU), MSG e MSG + TAU (MTAU). Aos 120 dias de vida os animais foram eutanasiados. Ratos MSG apresentaram obesidade acompanhada de hipertrigliceridemia e resistência à insulina (RI). Todavia, não afetou a expressão de IκBα e JNK. A suplementação com TAU aumentou 61% a expressão do IkBα no grupo CTAU em relação ao grupo CON e 107% nos animais MTAU em comparação com os obesos-MSG. As expressões de TNF-α, IL-1β e IL-6 no tecido adiposo retroperitoneal foram semelhantes nos 4 grupos de animais estudados, assim como as concentrações plasmáticas do TNF-α, IL-1β, IL-6, IL-2, IFNγ, IL-4 e IL-10. É possível concluir que o tratamento neonatal com MSG não influencia o perfil inflamatório dos animais. Concluímos também que a TAU aumentou a expressão proteica do IkBα nos animais controle e MSG, sem afetar as citocinas inflamatórias. Desta forma sugerimos que a TAU possa exercer seus efeitos anti-inflamatórios no tecido adiposo, via NF-κB
Abstract: Among the several organic alterations arising from obesity, chronic inflammation is associated with the balance of cytokines TNF-α, IL-1β, IL-6, IL-2, IFNg, IL-4 and IL-10, and there is evidence the amino acid taurine (Tau) has anti-inflammatory effect. Therefore, this study investigated the inflammatory profile in plasma and retroperitoneal adipose tissue of MSG-obese rats, supplemented or not, with the TAU. Male Wistar rats received subcutaneous injections of MSG (4mg/kg body weight/day) or hyperosmotic saline during the first 5 days of life, composing the control (CON) and MSG groups. After 21 days, half of each group received TAU 2.5% in drinking water, and separated into 04 groups: CON, CON with TAU (CTAU), MSG and MSG with TAU (MTAU). At 120 days of age, the animals were euthanized. The MSG rats showed an increase in Lee Index, retroperitoneal and perigonadal fat pads deposition, insulin and triglycerides plasmatic concentrations and HOMA-IR, when compared to CON animals, showing that the treatment with MSG led to obesity. The TAU supplementation attenuated retroperitoneal fat deposition, as well as TG concentration. The MSG treatment did not alter the expression of JNK and IκBα. However, the supplementation with TAU increased 61% the expression of IkBα in CTAU group compared to the CON and 107% in the MTAU animals compared to the MSG. The expression of TNF-α, IL-1β and IL-6 in the retroperitoneal adipose tissue were similar in the four groups of animals, as well as plasma concentrations of TNF-α, IL-1β, IL-6, IL-2, IFNγ, IL-4 and IL-10. It is possible to conclude that neonatal treatment with MSG does not influence the inflammatory profile of the animals. We also conclude that the TAU increased 61% of IkBα protein expression in the control group and 107% in the MSG-obese animals, without affecting the inflammatory cytokines. Thus we suggest that TAU can exert their anti-inflammatory effects in adipose tissue, via NF-kB
Keywords: Obesidade
Glutamato Monossódico (MSG)
Citocinas
Inflamação
NF-&#954
B
JNK
Taurina
Obesity
Monosodium Glutamate (MSG)
Citokines
Inflammation
NF-&#954
B
JNK
Taurine
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biociências e Saúde
Citation: CAETANO, Luiz Carlos. Evaluation of inflammatory cytokines in obese rats supplemented or not with msg-taurine. 2013. 64 f. Dissertação (Mestrado em Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/641
Issue Date: 10-Nov-2013
Appears in Collections:Mestrado em Biociências e Saúde (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luiz Caetano.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.