Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4303
Tipo do documento: Dissertação
Title: Finanças comportamentais: os efeitos de loss aversion e nudges em decisões de investimento em FIIs
Autor: Risden Junior, Arlos Eleodoro Seixas 
Primeiro orientador: Rojo, Claudio Antonio
Primeiro membro da banca: Rojo, Claudio Antonio
Segundo membro da banca: Dal Vesco, Delci Grapegia
Terceiro membro da banca: Hoss, Osni
Resumo: Esta pesquisa objetivou verificar a influência que a variável latente Loss Aversion, formada pela união dos construtos Endowment Effect e Status Quo Bias, gera na percepção de tomadas de decisão sobre aplicações em Fundos de Investimento Imobiliário, com a variável categórica Nudges como mediadora. FII é uma modalidade de investimento que vem apresentando, em âmbito nacional, um forte crescimento nos últimos anos, tanto em volume como em número de investidores. Com regras que beneficiam a pessoa física, como por exemplo a isenção de IR sobre os dividendos recebidos, este tema é recorrente na academia. Com a utilização das Finanças Comportamentais, mais especificamente a aversão à perda, conceito que representa o medo de perder, se sobrepujando sobre a alegria de ganhar, um modelo de equações estruturais com mínimos quadrados parciais (PLS-SEM – sigla em inglês) foi concebido com o objetivo de se medir a influência que esta anomalia tem sobre a percepção de tomadas de decisão em investimentos, especificamente em FIIs, tendo o conceito de Nudges como mediadora. A definição de Nudges pode ser representada como um “empurrãozinho” na direção correta, o que neste estudo é simbolizado pela informação. A pesquisa foi aplicada em estudantes de Administração e Ciências Contábeis de três instituições de ensino superior de uma cidade do oeste do Paraná, sendo uma pública e duas privadas. Os entrevistados foram divididos aleatoriamente em dois grupos, o mesmo questionário foi aplicado a ambos, porém somente um grupo recebeu informações sobre as vantagens de se aplicar em FIIs. No total foram 145 respostas válidas, que foram tabuladas e seus valores calculados por meio do modelo proposto. Uma característica do modelo merece destaque, todos os construtos são formativos, o que não foi encontrado em nenhum outro estudo pelos autores. Após a validação do modelo PLS-SEM, os resultados sustentaram a relação entre os construtos Endowment Effect e Status Quo Bias, ambos de 1ª ordem, com a variável latente Loss Aversion, de 2ª ordem. O efeito encontrado no modelo entre as variáveis latentes Loss Aversion e Decisões sobre FIIs, com a variável categórica Nudges como mediadora, objetivo principal desta pesquisa, foi positivo e altamente significativo, sendo suportado pelo modelo. No grupo com informação, o efeito sobre a percepção das decisões sobre FIIs foi mais de 80 (oitenta) por cento superior que no grupo sem Nudges, o que corrobora com os estudos em que esta pesquisa está alicerçada, tanto quanto aos conceitos que formam o modelo, quanto aos resultados encontrados. A informação, utilizada como “empurrão na direção certa” influencia a percepção dos respondentes em relação às decisões tomadas em investimentos em FIIs. Por se tratar de um modelo exploratório, tem-se como limitação a impossibilidade de comparação dos resultados encontrados, além da amostra ser formada por jovens com média de idade abaixo dos 25 anos, os quais não formam o público alvo dos fundos de investimento. Como possibilidade para pesquisas futuras se destaca o aprofundamento nos estudos a respeito das variáveis latentes para se identificar um maior número de elementos que influenciem as decisões de investimento, para aplicação em um novo modelo.
Abstract: This research intends to verify the influence that the latent variable Loss Aversion, formed by the union of the constructs Endowment Effect and Status Quo Bias, generates in the perception of decision making on applications in Real Estate Investment Trusts, with the categorical variable Nudges as mediator. FII is an investment modality that has shown, in the brazilian scope, a strong growth in recent years, both in volume and number of investors. With rules that benefit the individual investor, such as the tax exemption on dividends received, this theme is recurring in academia. Aiming at the use of Behavioral Finance, more specifically the Loss Aversion, a concept that represents the fear of losing, overcoming the joy of winning, a structural equations model with partial least squares (PLS-SEM) was conceived with the objective of measuring the influence that this anomaly has on the perception of decision making in investments, specifically in FIIs, with the concept of Nudges as mediator. The definition of Nudges can be represented as a "push" in the right direction, which in this study is symbolized by the information. The research was applied in students of Administration and Accounting of three institutions of higher education of a city of the west of Paraná, being one public and two private. The interviewees were randomly divided into two groups, the same questionnaire was applied to both groups, but only one group received information about the advantages of investment in FIIs. In total there were 145 valid answers, which were tabulated and their values calculated through the conceived model. One feature of the model deserves to be highlighted, all the constructs are formative, which was not found in any other research by the authors After the validation of the PLS-SEM model with formative indicators, the results supported the relationship between the first-order constructs Endowment Effect and Status Quo Bias with the second order latent variable Loss Aversion. The effect found in the model between the latent variables Loss Aversion and Decisions on FIIs, with the categorical variable Nudges as mediator, main objective of this research, was positive and highly significant, being supported by the model. In the group with information the effect on the perception of the decisions about FIIs was more than 0.800 higher than in the group without Nudges. Because it is an exploratory model, the limitation is the impossibility of comparing the results found, besides the sample is formed by young people with an average age under 25 years, which does not form the target public of the investment funds. As a possibility for future research, we highlight the deepening in the studies about the latent variables to identify a greater number of elements that influence the investment decisions, for application in a new model.
Keywords: Finanças Comportamentais
Fundos de Investimento Imobiliário
Loss Aversion
Modelo Formativo
Behavioral Finance
REIT
Loss Aversion
Nudges
Formative Model
Nudges
CNPq areas: ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Contabilidade
Campun: Cascavel
Citation: RISDEN JUNIOR, Arlos Eleodoro Seixas. Finanças comportamentais: os efeitos de loss aversion e nudges em decisões de investimento em FIIs. 2018. 54 f.. Disseratação ( Mestrado em Contabilidade) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4303
Issue Date: 22-Nov-2018
Appears in Collections:Mestrado em Contabilidade (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arlos_ Risden Junior_2018.pdfArquivo completo3.97 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons