Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4163
Tipo do documento: Dissertação
Title: O conservadorismo de Michael Oakeshott: uma análise do ensaio On Being Conservative
Other Titles: The conservatism of Michael Oakeshott: an analysis of the essay On Being Conservative
Autor: Faro, Rafael Hamm 
Primeiro orientador: Silva, Vânia Sandeléia Vaz da
Primeiro membro da banca: Silva, Vânia Sandeléia Vaz da
Segundo membro da banca: Pinto, Karla Lisandra Gobo
Terceiro membro da banca: Neres, Geraldo Magella
Resumo: Michael Oakeshott apresenta a essência de seu pensamento conservador em um ensaio intitulado On Being Conservative. O objetivo desse estudo foi analisar como o conservadorismo se expressa nas ideias desse autor, partindo de uma breve análise do que constituiu o pensamento conservador em geral, seguindo para o modo como os princípios conservadores aparecem na obra de Oakeshott. Trata-se de uma revisão bibliográfica que pretende compreender e apresentar os principais elementos do pensamento conservador a partir da abordagem de um autor que vem sendo lido e divulgado no Brasil, pois foi capaz de mostrar que psicologicamente os seres humanos expressam disposições conservadoras que poderiam, na sua visão, justificar um tipo de conservadorismo político específico: ampliar o liberalismo na economia mantendo, contudo, valores e tradições conservadoras em termos de costumes e comportamentos, quer dizer, uma postura que pode ser definida como conservadorismo liberal.
Abstract: Michael Oakeshott presents the essence of his conservative thinking in an essay entitled On Being Conservative. The study objective was to analyze how conservatism is expressed in the author´s ideas, starting from a brief analysis from what constituted conservative thinking in general, following through how the way that conservative principles appear in the Oakeshott work. It is about a bibliographical review that intends to understand and present the main elements of conservative thinking based on the approach of an author who has been read and divulged in Brazil, because it was able to show that psychologically human beings express conservative dispositions that could, in their view, justify a specific type of political conservatism: to broaden liberalism in the economy, keeping, however, conservative values and traditions in terms of customs and behaviors, that is, a posture that can be defined as liberal conservatism.
Keywords: Pensamento político
Conservadorismo,
Michael Oakeshott
Political thought
Conservatism
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Sociais
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Campun: Toledo
Citation: FARO, Rafael Hamm. O conservadorismo de Michael Oakeshott: uma análise do ensaio On Being Conservative. 2018. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4163
Issue Date: 19-Dec-2018
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais (TOL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rafael_Faro_2018.pdf712.77 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.