Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3860
Tipo do documento: Dissertação
Title: Validação da aprendizagem não formal e informal dos técnicos administrativos da Unioeste
Other Titles: Validation of informal learning modelo aiming qualification of servants in public organizations
Autor: Abreu, Katia de 
Primeiro orientador: Pantaleão, Carlos Henrique Zanelato
Primeiro membro da banca: Pantaleão, Carlos Henrique Zanelato
Segundo membro da banca: Martins, Fernando José
Terceiro membro da banca: Antonello, Claudia Simone
Resumo: A aprendizagem informal no local de trabalho tem sido atestada como uma forma eficaz de aquisição de competências por trabalhadores. A validação deste tipo de aprendizagem constitui-se como um campo de prática recente, no qual a União Europeia tem se destacado ao desenvolver procedimentos de validação da aprendizagem informal com o objetivo de elevar a qualificação profissional e a empregabilidade dos trabalhadores, bem como aumentar a capacidade de inovação e de competitividade das organizações. No entanto, nas organizações públicas ainda são poucas as pesquisas sobre a validação da aprendizagem informal, além disso, algumas funções públicas não demandam profissionalização específica e ocasionam uma alta rotatividade de servidores, fazendo com que o servidor que tenha mudado de setor acumule competências resultantes de aprendizagem informal, que não são reconhecidas ou comprovadas formalmente, mas que possuem grande valor profissional para o servidor e para a gestão de pessoas na instituição pública. Este trabalho científico tem por objetivo fornecer subsídios ao gestor público para o desenvolvimento e a implantação de um método de validação da aprendizagem informal de servidores públicos. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e documental, na qual foi investigado se o servidor ocupante do cargo de Agente Universitário Técnico Administrativo, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste, pode ser avaliado em algum procedimento de validação da aprendizagem informal, considerando a legislação estadual e institucional pertinentes a esses servidores e de acordo com as políticas públicas nacionais e internacionais direcionadas a Aprendizagem ao Longo da Vida. Verificou-se a existência de uma política pública brasileira de validação da aprendizagem informal denominada Rede Nacional de Certificação Profissional e Formação Inicial e Continuada - Rede Certific, que pode ser utilizada para legitimar as competências profissionais dos servidores e serviu de base para o desenvolvimento de um Projeto de Extensão a ser executado na Unioeste. A inclusão de procedimentos de validação da aprendizagem informal nas políticas institucionais de qualificação e capacitação de servidores, torna-se uma estratégia para o aumento da eficiência e da qualidade nos serviços prestados à sociedade.
Abstract: Informal learning in the workplace has been attested as an effective way of acquiring skills by workers. The validation of this type of learning is a recent field of practice in which the European Union has excelled in developing procedures for the validation of informal learning with the aim of raising professional qualification and employability of workers, as well as increase the capacity of innovation and competitiveness of organizations. However, in public organizations, there is still little research on the validation of informal learning, in addition, some public functions do not require specific professionalization and cause a high turnover of servers, causing the server that has changed sectors to accumulate competences resulting from informal learning, which are not recognized or formally proven, but which have great professional value for the server and for the management of people in the public institution. This scientific work aims to provide subsidies to the public manager for the development and implementation of a validation method for the informal learning of public servants. This is a bibliographical and documentary research, in which it was investigated whether the server occupying the position of Técnico Administrativo of the Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste, can be evaluated in some procedure of validation of informal learning, considering the state and institutional legislation relevant to these servers and in accordance with national and international public policies directed towards Lifelong Learning. It was verified the existence of a Brazilian public policy of validation of informal learning called the Rede Nacional de Certificação Profissional e Formação Inicial e Continuada – Rede Certific, which can be used to legitimize professional competencies of servers and serve as the basis for the development of an Extension Project to be executed in Unioeste. The inclusion of procedures for the validation of informal learning in institutional policies for employee qualification, becomes a strategy for increasing efficiency and quality in services provided to society.
Keywords: Aprendizagem no local de trabalho
Servidor público
Qualificação
Certificação profissional
Gestão pública
Workplace learning
Public servant
Qualification
Professional certification
Public management
CNPq areas: EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Engenharias e Ciências Exatas
Program: Programa de Pós-Graduação em Tecnologias, Gestão e Sustentabilidade
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: ABREU, Katia de. Validação da aprendizagem não formal e informal dos técnicos administrativos da Unioeste. 2017. 39 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologias, Gestão e Sustentabilidade) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Foz do Iguaçu, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3860
Issue Date: 14-Dec-2017
Appears in Collections:Mestrado em Tecnologias, Gestão e Sustentabilidade (FOZ)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Katia_de_Abreu_2017.pdf779.23 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons