Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3841
Tipo do documento: Dissertação
Title: Migrantes haitianos no Brasil (2010-2017): tensões e fronteiras
Other Titles: Haitians migrants in Brasil (2010-2017): tensions and borders
Autor: Cividini, Fátima Regina 
Primeiro orientador: Gregory, Valdir
Primeiro membro da banca: Nihei, Oscar Kenji
Segundo membro da banca: Volpato, Elaine Cristina Francisco
Terceiro membro da banca: Floriani, Dimas
Resumo: Desde 1500 o Brasil é formado por diversas ondas migratórias. Em 2010, um terremoto na capital do Haiti, Porto Príncipe, abalou profundamente as estruturas físicas e governamentais, fazendo com que a maioria de seus nacionais estivesse na linha da pobreza. A dificuldade de encontrar emprego e a proximidade com os brasileiros que estavam no Haiti através das Tropas de Paz da ONU (MINUSTAH) trouxeram uma visão de um Brasil próspero, acolhedor e com oportunidades de emprego. A vinda dos haitianos para o Brasil foi amplamente divulgada e noticiada pela mídia, narrando fragmentos da identidade do haitiano imigrante, construindo e transformando conceitos a respeito do Haiti e dos haitianos na consciência do brasileiro. Este trabalho tem como objetivo trazer narrativas a respeito dos haitianos através de periódicos eletrônicos e entrevistas com órgãos de Foz do Iguaçu que atuam diretamente sobre a imigração haitiana. Na introdução, são apresentados os aspectos teórico-metodológicos da pesquisa. No primeiro capítulo, é realizado um mapeamento das notícias publicadas em periódicos categorizadas por temas que surgiram conforme o estudo. No segundo capítulo, narrativas são mostradas através de entrevistas com a Irmã Terezinha Mezzalira da Casa do Migrante e de Anderson Vargas de Lima da NUMIG – Polícia Federal, tratando a respeito do processo de entrada e inserção do haitiano na região de Foz do Iguaçu-PR. No terceiro capítulo, discussões sobre a imagem do haitiano passada pelas narrativas e quais as interferências que este deslocamento traz ao haitiano são trazidas.
Abstract: Since 1500, Brazil has been formed by several migratory waves. In 2010, an earthquake in Haiti's capital city, Port-au-Prince, shook deeply both physical and governmental structures, placing most of its nationals at the poverty line. The difficulty of coming across employment and the proximity to Brazilians who were in Haiti through the UN Peacekeeping Troops (MINUSTAH) provided them with a vision of a prosperous, welcoming Brazil with employment opportunities. The arrival of Haitians to Brazil was widely publicized and reported by the media, narrating fragments of the identity from the Haitian immigrant, constructing and transforming concepts with regards to Haiti and the Haitians in the conscience of the Brazilian inhabitants. Such project aims to bring narratives with regards to Haitians, through electronic journals and interviews with Foz do Iguaçu organs which act directly onto Haitian immigration. In the introduction, the theoretical-methodological aspects of the research are presented. In its first chapter, a mapping regarding the news published in periodicals categorized by themes which emerged according to the study is carried out. In its second chapter, narratives are shown through interviews with Sister Terezinha Mezzalira from Casa do Migrante and Anderson Vargas de Lima from NUMIG - Federal Police, dealing with the process of entry and insertion of the Haitian in the region of Foz do Iguaçu-PR. In its third chapter, a discussion regarding the image of the Haitian which is passed through the narratives and what interferences such displacement brings to the Haitian is thus brought.
Keywords: Imigração
Haiti
Mídia
Immigration
Haiti
Media
CNPq areas: COMPONENTES DA DINAMICA DEMOGRAFICA::MIGRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: CIVIDINI, Fátima Regina. Migrantes haitianos no Brasil (2010-2017): tensões e fronteiras. 2018. 249 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Foz do Iguaçu, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3841
Issue Date: 13-Mar-2018
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras (FOZ)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fatima_Regina_Cividini_2018.pdf3.56 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons