Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3801
Tipo do documento: Dissertação
Title: Colonização, terra, conflitos e religião: a atuação da congregação dos palotinos no Oeste do Paraná
Autor: Silva, Gabriela Thaís Mattia da 
Primeiro orientador: Schreiner, Davi Félix
Primeiro membro da banca: Schneider, Claércio Ivan
Segundo membro da banca: Stein, Marcos Nestor
Resumo: Esse trabalho aborda a constituição conflituosa do processo de expansão da propriedade privada da terra, denominado de colonização. Nas narrativas de memorialistas, colonizadores, agentes e instituições religiosas sobre o Oeste do Paraná, das empresas colonizadoras e de parte da historiografia, a concepção de colonização parte de um pressuposto homogêneo, sem litígios ou de quase ausência deles. O objetivo desta dissertação é ampliar o debate sobre as relações que permearam a colonização e a disputa por terras, envolvendo a Sociedade Vicente Pallotti, como uma das dimensões do processo de colonização. A atuação dos padres palotinos foi abordada a partir de sua articulação com a empresa colonizadora Pinho e Terras e de uma ocupação de terra, com desdobramento de confronto judicial, envolvendo a Sociedade Vicente Pallotti e Sabino Pergentino Delai. No seu conjunto, o estudo procura evidenciar que o processo de ocupação, que se engendrou na região Oeste do Paraná, não ocorreu de forma pacífica. Houve diversos conflitos agrários. Tais conflitos relacionados entre si, direta ou indiretamente, foram marcados por confrontos, entre os quais, os no âmbito do poder judiciário.
Abstract: This work addresses the conflictive constitution of the private land ownership expansion process called colonization. In memorialist’s, colonizers’, agents’ and religious institutions’ narratives about the West of Paraná, as long as in colonizing companies’ and part of historiography’s, the conception of colonization starts from a homogenous presupposition, without disputes or even their absence. The purpose of this dissertation is broadening the debate about the relations that permeated colonization and land dispute, involving the Vicente Pallotti Society as one of the colonization process’ dimensions. The Pallottine priests’ performance was approached from their articulation with Pinho e Terras colonizing company and from a land occupation, with judicial confrontation deployment, involving the Vicente Pallotti Society and Sabino Pergentino Delai. As a whole, the study aims to show that the occupation process, which took place in the western region of Paraná, has not occured in a peaceful way. There were several agrarian conflicts. These conflicts were related to each other, directly or indirectly, and were marked by confrontations, among which, those within the judiciary branch.
Keywords: Palotinos
Oeste do Paraná
História agrária
CNPq areas: CIÊNCIAS HUMANAS:HISTÓRIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em História
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: SILVA, Gabriela Thaís Mattia da. Colonização, terra, conflitos e religião: a atuação da congregação dos palotinos no Oeste do Paraná. 2018. 119 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3801
Issue Date: 2-Mar-2018
Appears in Collections:Mestrado em História (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriela_Silva_20183.21 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons