Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3749
Tipo do documento: Dissertação
Title: Uso de plantas de cobertura na entressafra de milho e soja
Autor: Cremonez, Filipe Eliazar 
Primeiro orientador: Oliveira, Paulo Sérgio Rabello de
Primeiro coorientador: Pivetta, Laércio Augusto
Primeiro membro da banca: Oliveira , Paulo Sérgio Rabello de
Segundo membro da banca: Vasconcelos, Edmar Soares de
Terceiro membro da banca: Pivetta, Laércio Augusto
Resumo: Visando um sistema de manejo adequado do solo, é recomendável a utilização de plantas de cobertura na entressafa das culturas de milho e soja, para promover proteção e melhoria das condições do solo sem que o agricultor abra mão das principais culturas produtoras de grãos. Neste sentido, este trabalho objetivou fazer o cultivo de espécies de cobertura após a colheita do milho de segunda safra (inverno), e observar o potencial de crescimento, formação de biomassa e ciclagem de nutrientes, bem como avaliar os benefícios destas culturas sobre o solo e a cultura sucessora (soja). Sendo assim, foram utilizadas 5 espécies, sendo estas: aveia preta, nabo forrageiro, ervilhaca peluda, tremoço branco e sorgo forrageiro e os consórcios, nabo+aveia, nabo+sorgo, ervilhaca+aveia, ervilhaca+sorgo, tremoço+aveia, tremoço+sorgo e tremoço+ervilhaca, além do solo em pousio (testemunha), totalizando 13 tratamentos. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizados com 4 repetições e cada parcela foi formada por 9 linhas de semeadura espaçadas em 0,17 m e com 5 metros de comprimento. As plantas foram conduzidas até 65 dias após a semeadura (DAS), sendo que durante seu desenvolvimento avaliou-se a porcentagem de área coberta e incidência de plantas daninhas. Após os 65 DAS, as plantas foram manejadas e avaliou-se a massa seca total, e a quantidade de N, P e K no tecido vegetal, no dia do manejo e 20, 40, 60 e 80 dias após o corte das plantas. A partir da última avaliação (80 dias após o corte) foram feitas avaliações das propriedades físicas do solo também. Foi feito ainda o cultivo de soja sobre a palhada das culturas de cobertura, da qual se avaliou os teores de N, P e K na folha diagnose, massa de 1000 grãos e produtividade. Para as variáveis, porcentagem de área coberta, quantidade e decomposição da matéria seca e acúmulo e liberação de P e K, utilizou-se ajuste exponencial. Para as demais variáveis foi utilizado o teste de agrupamento de médias de Scott-Knott. Foi realizado ainda para matéria seca e acúmulo de N, P e K das plantas de cobertura cálculo de tempo de meia vida. Para porcentagem de área coberta, observou-se que a cultura do nabo e da aveia foram as que tiveram desenvolvimento mais rápido e cobriram melhor o solo, tendo assim efeito maior de supressão sobre as plantas daninhas. Para formação de matéria seca, acúmulo e liberação de nutrientes as culturas do nabo forrageiro e aveia preta, tal qual consórcios contendo essas plantas, foram as que se sobressaíram. No caso das propriedades físicas do solo, não se observou nenhuma diferença entre os tratamentos. Não se observou diferença entre as variáveis analisadas para a cultura da soja. Se o objetivo for a velocidade de cobertura do solo, maior supressão de plantas daninhas, maior aporte de carbono no solo e maior ciclagem de nutrientes, recomenda-se o nabo forrageiro ou seus consórcios.
Abstract: An alternative to introduce many different species in this soybean and maize succession system is the cultivation of cover crops in the crop inter-harvest (after corn harvest), without the farmer giving up the main source of income of the enterprise. In this sense, the objective of this work was to make a variety of cover crops after harvesting the maize from the winter and to observe the growth potential and biomass formation of the species, as well as to evaluate the cultures affect of cover crops on the soil and successor crops, mainly the soybean. For that, five species were used: Avena strigosa; Raphanus sativus L.; Vicia sativa L.; Lupinus albus and Sorghum Bicolor cv. Sunchales NR; besides consortium between, R. sativus + A. strigosa; R. sativus + S. Bicolor; V. sativa + A. strigosa; V. sativa + S. Bicolor; L. albus + A. strigosa; L. albus + S. Bicolor; L. albus + V. sativa, totaling 13 treatments. The experiment was carried out in a randomized block design with four blocks (replicates) and each plot was formed by nine sowing rows spaced 0.17 m and 5 meters long. The plants were carried out to 65 days after sowing (DAS), during which time was evaluated, the percentage of soil area covered and incidence of weeds. After 65 DAS, the plants were cutted and the total dry mass, and amount of N, P and K in the plant tissue were evaluated on the day of the plants cut and 20, 40, 60 and 80 days after the cut of the plants. During this last evaluation, it were made assessments of the soil physical properties. Soybean cultivation was also carried out on the straw of the cover crops, from which were evaluated the N, P and K contents in the diagnosis leaf, 100 grain mass and grain yield. For the variables percentage of covered area, quantity and decomposition of dry matter, accumulation and release of P and K, was used an exponential adjustment. For the other variables, the Scott-Knott averages clustering test was used. It was also half-life time was calculated for dry matter and accumulation of N, P and K of the cover plants. For percentage of area covered, it was observed that the culture of R. sativus and A. strigosa were those that developed faster and produced most cover over the soil, thus having a greater suppression effect on weeds. For the formation of dry matter, accumulation and nutrient release, R. sativus and A. strigosa, such as treatments containing these crops, were the most prominent, but with superiority of R. sativus. For the physical properties of the soil, no difference between the treatments was observed for any property evaluated. There, was no difference between the variables evaluated for the soybean crop. In general, thinking about soil cover area, greater weed suppression, greater soil carbon input and greater nutrient cycling, the treatments with R. sativus cultivation are the most recommended for this evaluated period of off-season.  
Keywords: Forrageiras
Adubação verde
Conservação do solo
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: CREMONEZ, Filipe Eliazar. Uso de plantas de cobertura na entressafra de milho e soja. 2018. 63 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3749
Issue Date: 27-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Filipe_Cremonez_20181.18 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons