Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3639
Tipo do documento: Dissertação
Title: O liberalismo e as proposições de John Dewey para a educação elementar
Autor: Medeiros, Verenice Mioranza de 
Primeiro orientador: Zanardini, Isaura Monica Souza
Primeiro membro da banca: Zanardini, Isaura Monica Souza
Segundo membro da banca: Figueiredo, Ireni Marilene Zago
Terceiro membro da banca: Lara, Angela Mara de Barros
Resumo: Nosso propósito com a realização desta pesquisa é a análise do liberalismo em seu processo histórico de rearticulação. Fazemos esta análise a partir do estudo das proposições do teórico John Dewey para a educação elementar, aqui entendida como aquela destinada a ensinar os rudimentos mínimos para os trabalhadores, como diria Adam Smith no século XVIII. Esse estudo justifica-se pela necessidade que sentimos de aprofundar os subsídios teóricos para que nos permitam analisar as políticas sociais e educacionais implementadas por estados liberais. Entendemos que o estudo de Dewey nos possibilita compreender as implicações do liberalismo para o campo educacional. Na introdução apresentamos nosso objeto, a organização do estudo e considerações a respeito da concepção de Estado e de políticas sociais que orientam nossa análise. Na seção intitulada “O pensamento liberal em suas diferentes fases”, discorremos sobre as fases do liberalismo e seus processos de crise e rearticulação com o sistema capitalista. No terceiro capítulo, situamos Dewey e o movimento da escola progressista no contexto social, político e econômico dos Estados Unidos. Na seção “John Dewey e as proposições para a educação elementar: relações com o liberalismo”, situamos o pensamento de Dewey como um clássico em diálogo com as questões sociais, políticas e econômicas de seu tempo e apresentamos reflexões sobre suas proposições para a educação elementar. Nas considerações finais, recuperamos algumas questões apresentadas ao longo do texto e destacamos nossa compreensão a respeito de que John Dewey, como os demais liberais de seu tempo, temiam perder o comando para os grupos socialistas ou fascistas em ascendência no período. Nessa direção, a saída proposta por Keynes, na segunda fase do liberalismo, juntou-se ao modelo educacional proposto por Dewey, resultando em uma reforma ideológica ampla que obteve total apoio dos capitalistas, a qual chega até nossos dias.
Abstract: Our purpose with this research is the analysis of liberalism in its historical process of re-articulation. We do this analysis from the study of the theoretical propositions John Dewey for elementary education that here understood like that designed to teach the rudiments minimum for workers, as would say Adam Smith in the eighteenth century. This study is justified by the need who we feel to deepen the theoretical basis to enable us to analyze the social and educational policies implemented by liberal states. We believe that the study of Dewey enables us to understand the implications of liberalism for the educational field. In the introduction we present our object, the organization of the study and considerations regarding the design of the State and social policies that guide our analysis. In the section entitled “The liberal thinking in its different phases," we describe some of the phases of the liberalism and its processes of crisis and re-articulation with the capitalist system. In the third chapter, we situate Dewey and the progressive school movement in the social, political and economic development of the United States. In the section "John Dewey and the propositions for elementary education: relations with the liberalism", we situate Dewey's thought as a classic in dialogue with the social, political and economic questions of their time and we present reflections on his proposals for the elementary education. In closing remarks, we recovered some questions that were presented throughout the text and we highlight our understanding that John Dewey, like the other liberals of his time, feared to lose the command to the socialist or fascist groups in ascendancy in the period. In this direction, the output proposed by Keynes, in the second phase of liberalism, joined it to the educational model proposed by Dewey, resulting in a broad ideological reform that got full support of the capitalists, which reaches until today.
Keywords: Liberalismo
Educação Elementar e John Dewey
Liberalism
Elementary Education and John Dewey
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Campun: Cascavel
Citation: MEDEIROS, Verenice Mioranza de. O liberalismo e as proposições de John Dewey para a educação elementar. 2013. 131 f. Dissertação ( Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3639
Issue Date: 8-Mar-2013
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Verenice Mioranza De Medeiros.pdf816.51 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons