Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3617
Tipo do documento: Dissertação
Title: O movimento estudantil paranaense e a vigilância política no pré-golpe civil-militar de 1964
Autor: Braggio, Ana Karine 
Primeiro orientador: Fiuza, Alexandre Felipe
Primeiro membro da banca: Kahan, Emmanuel Nicolás
Segundo membro da banca: Orso, Paulino José
Resumo: Este estudo propôs analisar as práticas sociais, políticas e culturais do movimento estudantil paranaense, através dos documentos da Delegacia de Ordem Política e Social do Paraná (DOPS/PR), que sendo um órgão de serviço de segurança pública, com função de manter a ordem política e social, produziu documentos sobre as ações estudantis consideradas passíveis de interferir na organização social, desestabilizando-a para que, quando conveniente, pudesse neutralizá-las. Também armazenou materiais produzidos pelo próprio movimento vigiado, que eram apreendidos ou chegavam às mãos desta polícia política por outros meios. Materiais que carregam a possibilidade, mesmo que limitada, de visualização do universo dos vigilantes e dos vigiados. Através da ótica do acervo da DOPS/PR buscamos identificar a ideologia, o projeto sócio-político e cultural, as práticas de difusão, as demandas, o princípio articulatório interno e externo e a organização dos estudantes universitários paranaenses, considerados neste trabalho como um movimento social, durante o período pré-ditatorial. Articulam-se estes elementos ao cenário sócio-político do início da década de 1960, onde nos deparamos com intensas crises na estrutura econômico-social e na superestrutura ético-política que desestabilizaram não só as forças materiais como também as ideológicas, dificultando a sustentabilidade da hegemonia burguesa durante o governo federal de João Goulart (1961-1964), e ao longo do governo estadual de Ney Braga (1961-1965). Esta crise de hegemonia desencadeou dialeticamente a efervescência dos grupos populares, dos movimentos operários, de trabalhadores do campo e dos movimentos estudantis a nível nacional e estadual. A intenção em desvelar nesta pesquisa a vigilância sofrida pelo movimento estudantil paranaense contribui para elevar a importância das práticas sociais do Estado e trazer à tona um fragmento regional da luta nacional que se travou a favor das amplas reformas estruturais e da democratização das universidades, defendidas pelos estudantes, na posição de intelectuais orgânicos, através da reforma universitária, visto que a educação era tida como uma condição necessária para o desenvolvimento do país.
Abstract: This study has proposed to analyze the social, political and cultural practices of the student movement of Paraná, through the documents from the Department of Political and Social Order of Paraná (DOPS / PR), which as an organ of public safety service, with the function to maintain political and social order, has produced documents about student actions considered likely to interfere in social organization, destabilizing it, so that, when convenient, it could neutralize them. Also stored materials by the own guarded movement, that were seized or came to the hands of this political police by other means. Materials that carry the possibility, even limited, of the vigilant view and guarded universe. Through the optics of the collection of DOPS / PR we looked for at identifying the ideology, the socio-political and cultural project, the dissemination practices, the demands, the internal and external principle of articulation and the organization of university students of Paraná, considered in this work as a social movement, during the pre-dictatorial period. These elements are articulated to the socio-political scenario of the beginning of the early 1960s, where we face several crises in the social-economic structure and in the ethical-political superstructure in which destabilized not only the material forces as well as the ideological, hindering the sustainability of bourgeois hegemony during the federal government of João Goulart (1961-1964), and along the state government of Ney Braga (1961-1965).This hegemony crisis unleashed dialectically the effervescence of popular groups, of labor movements, of field workers and student movements at a national and state level. The intention to unveil the surveillance suffered by the student movement of Paraná in this research contributes to elevate the importance of the social practices of the State and to bring out a regional fragment of the national struggle that was fought in favor of the wide structural reforms and of the democratization of the universities, defended by students, in the position of organic intellectuals, through the university reform, since the education was a necessary condition for the country development.
Keywords: Movimento estudantil
DOPS
Polícia política
Reforma universitária
Student movement
DOPS
Political police
University reform
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Campun: Cascavel
Citation: BRAGGIO, Ana Karine. O movimento estudantil paranaense e a vigilância política no pré-golpe civil-militar de 1964. 2013. 179 f. Dissertação ( Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3617
Issue Date: 4-Feb-2013
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Karine Braggio.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons