Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3488
Tipo do documento: Dissertação
Title: Análise do efeito da quercetina sobre a passagem da glicose do líquido cefalorraquidiano para o cérebro de ratas ovariectomizadas submetidas ao tratamento com tamoxifeno
Other Titles: Analysis of quercetin´s effect on the passage of cerebrospinal fluid glucose for the brain in ovariectomized rats submitted to treatment with tamoxifen
Autor: Koerich, Suélyn 
Primeiro orientador: Marek , Carla Brugin
Primeiro coorientador: Schneider, Sara Cristina Sagae
Primeiro membro da banca: Baroni, Silmara
Segundo membro da banca: Itinose, Ana Maria
Resumo: O tamoxifeno é classificado como modulador seletivo de receptor de estrógeno (SERM), sendo utilizado no tratamento e na prevenção do câncer de mama. Embora apresente muito efeitos colaterais, o tamoxifeno é a terapia de escolha para o tratamento do câncer de mama no período da pós-menopausa. A quercetina, um flavonóide com potente efeito antioxidante, traz benefícios diante dos efeitos adversos gerados pelo tamoxifeno, principalmente aqueles relacionados à lipoperoxidação. O estudo do efeito neuroprotetor da quercetina sobre a bioenergética cerebral é importante para o reconhecimento dos mecanismos envolvidos. Assim, o objetivo deste trabalho foi analisar o efeito do tamoxifeno sobre o metabolismo da glicose no cérebro e a influência da quercetina coadministrada com o tamoxifeno na passagem da glicose do líquido cefalorraquidiano para o cérebro de ratas ovariectomizadas submetidas ao tratamento com tamoxifeno. Para isso, ratas ovariectomizadas bilateralmente foram separadas em grupos e tratadas com óleo de canola (1,0 mL. Kg-1), (tamoxifeno (5 mg.kg-1), quercetina (22,5 mg.kg-1) e a coadministração de tamoxifeno (5 mg.kg-1) mais quercetina (22,5 mg.kg-1) por via oral, durante 14 dias. O sangue, o líquido cefalorraquidiano, o cerebelo, o córtex e o hipocampo foram coletados para a dosagem de glicose, lactato e piruvato, bem como cobre e ceruloplasmina. Foi observado que o tamoxifeno aumentou os níveis de glicose no sangue e que a coadministração com quercetina trouxe esses níveis próximos aos valores do grupo controle. No líquido cefalorraquidiano, a administração de quercetina não influenciou nos níveis de glicose e nas diferentes regiões do cérebro, tanto a quercetina isoladamente, como a coadministração da mesma com o tamoxifeno, diminuiu significativamente os valores de glicose, quando comparados ao grupo que recebeu apenas tamoxifeno. A coadministração de quercetina com o tamoxifeno mostrou-se eficaz não só na manutenção dos níveis glicêmicos, como também nos níveis de glicose cerebral.
Abstract: Tamoxifen is classified as selective estrogen receptor modulador (SERM), being used in the treatment and prevention of breast cancer. Although presents many side effects, tamoxifen is a therapy of choice for the treatment of breast cancer in the postmenopausal period. The quercetin, a flavonoid with antioxidant potent effect, has benefits on the adverse effects caused by tamoxifen, especially those related to lipoperoxidation. The study of the neuroprotective effect of quercetin on brain bioenergetics is important for the recognition of the mechanisms involved. Thus, the objective of this work was to analyze the tamoxifen effects on glucose metabolism in the brain and the influence of quercetin coadministered with tamoxifen on passage of glucose from the cerebrospinal fluid to the brain of ovariectomized rats submitted to tamoxifen treatment. For this, bilaterally ovariectomized rats were separated into groups and treated with canola oil (1.0 mL.Kg-1) tamoxifen (5 mg.Kg-1), quercetin (22.5 mg.Kg-1) and the coadministration of tamoxifen (5 mg.Kg-1) plus quercetin (22.5 mg.Kg-1), orally for 14 days. The blood, cerebrospinal fluid, cerebellum, cortex, and hippocampus were collected for glucose lactate and pyruvate dosage as well copper and ceruloplasmin. It was observed that tamoxifen increased blood glucose levels and that co-administration with quercetin brought these levels close to the values of the control group. In cerebrospinal fluid, the quercetin administration didn´t influence glucose levels and in the different brain regions, both quercetin alone such as coadministration with tamoxifen significantly decreased glucose values when compared to the group that received only tamoxifen. The coadministration of quercetin with tamoxifen was shown be effective not only in maintenance glycemic levels but also in cerebral glucose levels.
Keywords: Flavonóides
Hiperglicemia
Doenças neurodegenerativas
Flavonoid
Hyperglycemia
Neurodegenerative diseases
CNPq areas: CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Médicas e Farmacêuticas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
Campun: Cascavel
Citation: KOERICH, Suélyn. Análise do efeito da quercetina sobre a passagem da glicose do líquido cefalorraquidiano para o cérebro de ratas ovariectomizadas submetidas ao tratamento com tamoxifeno. 2017. 83 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3488
Issue Date: 15-Dec-2017
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Farmacêuticas (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Suélyn_Koerich2017.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons