Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3301
Tipo do documento: Dissertação
Title: Ozonização de sementes de milho durante a secagem
Other Titles: Decontamination of corn seeds using ozone gas during drying
Autor: Zanardi, Bruna 
Primeiro orientador: Christ , Divair
Primeiro membro da banca: Viecelli, Clair Aparecida
Segundo membro da banca: Coelho , Silvia Renata Machado
Resumo: O milho (Zea mays) por ser uma cultura rica em amido tem mais propensão a desenvolver fungos durante o armazenamento do que outras culturas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização do gás ozônio durante a secagem como agente sanitizante em grãos de milho, determinando a melhor combinação entre temperatura e tempo de aplicação de O3 durante a realização da secagem, na contagem de colônias fúngicas, o efeito sobre as qualidades físicas dos grãos e determinar e modelar as curvas de secagem para sementes de milho utilizando gás ozônio. Foram utilizadas sementes de milho da cultivar Agroeste AS1661 PRO com teor de água em 19,21 (b.u). O processo de secagem foi realizado em secador experimental sob temperaturas controladas de 30, 40 e 50 °C e tempo de ozonização de 5, 10 e 15 minutos, até que atingissem 11± (b.u). O modelo matemático de aproximação da difusão foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais da cultivar. Após o processo de secagem, as sementes continuaram a apresentar elevada germinação, condutividade elétrica e tetrazólio sem alterações. Em relação à descontaminação fúngica, observa-se que em comparação ao controle de campo houve elevado percentual de descontaminação. Após 45 dias de armazenagem, as sementes mantiveram a qualidade fisiológica obtida após a secagem com ozônio. Sobre a descontaminação fúngica, nota-se aumento da quantidade de colônias fúngicas nos tratamentos em que houve combinação de 50 °C e 5 ou 15 minutos de ozônio, o que deve-se ao fato do gás ser menos estável a altas temperaturas.
Abstract: Corn (Zea mays) for being a culture rich in starch has more propensity to develop fungi during storage than other cultures. In this context, the aim of this work was to evaluate the use of ozone gas during drying as a sanitizing agent in corn, determining the best combination of temperature and time of application of O3 during drying, on the count of fungal colonies, the effect on the physical qualities of the grain, and to determine and shape the drying curves of corn seeds using ozone gas. The corn seeds used were the cultivar Agroeste AS1661 PRO with water content of 19.21 (b. u). The drying process was carried out in experimental dryer under controlled temperatures of 30, 40 and 50 °C and ozonation times of 5, 10, and 15 minutes, until they reached 11 ± (b. u). The Mathematical Modeling of Diffusion was the approach that best adjusted to experimental data of this cultivar. After the drying process, the seeds continued to present high germination rate, electric conductivity and tetrazolium without changes. Regarding fungal decontamination, it was observed that in comparison to the field control there was a high percentage of decontamination. After 45 days of storage, seeds maintained their physiological quality obtained after drying with ozone. About fungal decontamination, there was an increase in the amount of fungal colonies in treatments in which there was a combination of 50 °C and 5 or 15 minutes of ozone, due to the fact that this gas is less stable at high temperatures.
Keywords: Ozonização de sementes
Delineamento composto
Contaminação fúngica
Ozonation of seeds
Composite design
Fungal contamination
CNPq areas: BIOENGENHARIA::MODELAGEM DE SISTEMAS BIOLOGICOS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola
Campun: Cascavel
Citation: ZANARDI, Bruna. Ozonização de sementes de milho durante a secagem. 2017. 61 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3301
Issue Date: 26-Jun-2017
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruna_Zanardi2017.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons