Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3254
Tipo do documento: Dissertação
Title: Efeitos da gastrectomia vertical sobre o trato gastrointestinal em ratos obesos pela dieta de cafeteria
Autor: Capelassi, Angélica Novi 
Primeiro orientador: Bonfleur, Maria Lúcia
Primeiro coorientador: Araujo, Allan Cezar Faria
Primeiro membro da banca: Bonfleur, Maria Lúcia
Segundo membro da banca: Maller, Ana Claudia Paiva Alegre
Terceiro membro da banca: Ribeiro, Rosana Aparecida
Resumo: A obesidade é um fator de risco para o desenvolvimento de várias doenças, tais como diabetes e hipertensão. Além disso, está associada com o desenvolvimento de doenças no trato gastrointestinal (TGI), como refluxo gastroesofágico e gastrite. A cirurgia bariátrica tem provado ser a única modalidade de tratamento eficaz com efeitos sustentados por longo prazo para o tratamento da obesidade mórbida e suas comorbidades. Estudos demonstram que os procedimentos bariátricos alteram a morfologia e o funcionamento do TGI. Poucos estudos investigam os efeitos da gastrectomia vertical (GV), uma técnica restritiva que reduz o tamanho do estômago, sobre o TGI. Dessa forma, nosso objetivo foi analisar o efeito da GV sobre a histopatologia gástrica e a morfologia do intestino delgado (duodeno, jejuno e íleo) em ratos obesos pela dieta de cafeteria. Para este trabalho, ratos Wistar com 8 semanas de vida foram divididos em dois grupos: controle (CTL), que recebeu dieta padrão, e cafeteria (CAF), que recebeu dieta de cafeteria para indução da obesidade. Após dois meses, o grupo CAF foi submetido à pseudo-cirurgia (CAF PC) ou à gastrectomia vertical (CAF GV). Três meses após o procedimento cirúrgico foi realizada a avaliação da obesidade e o estômago, duodeno, jejuno e íleo foram coletados e analisados. O peso corporal e o peso das gorduras retroperitonial e perigonadal foi maior nos animais CAF PC em comparação com os CTL. A GV não influenciou estes parâmetros. Em relação a morfologia do estômago, observamos que os animais CTL apresentaram morfologia normal desse órgão, enquanto os animais CAF PC apresentaram alterações na mucosa gástrica com presença de hiperemia, infiltrado inflamatório leve e difuso na mucosa e submucosa, bem como.leve erosão da mucosa gástrica e atrofia. A GV exacerbou as alterações no estômago. Os animais CAF GV apresentaram erosão intensa da mucosa gástrica, edema, infiltrado inflamatório moderado e difuso na mucosa e submucosa, bem como atrofia da camada muscular e da mucosa do órgão. Em relação a morfometria do intestino delgado, nenhuma alteração foi encontrada no duodeno, jejuno e íleo entre os animais CAF PC e CTL. Entretanto, os animais CAF GV apresentaram aumento da espessura total do duodeno, bem como, aumento na espessura da camada mucosa e submucosa e na altura das vilosidades. O jejuno e o íleo não apresentaram modificações. Assim, concluímos que, a dieta de cafeteria promove alterações na mucosa gástrica sem modificar o intestino delgado. A GV, três meses após o procedimento, exacerba as alterações gástricas e promove modificações na morfometria do duodeno
Abstract: Obesity is a risk factor in the development of many diseases such as diabetes and hypertension. In addition, it is associated with the development of diseases in the gastrointestinal tract (GIT) such as gastroesophageal reflux and gastritis. Bariatric surgery has proved to be the only effective long-term treatment modality sustained effects for the treatment of morbid obesity and its comorbidities. Studies have shown that bariatric procedures affect the morphology and function of the GIT. Few studies have investigated the effects of sleeve gastrectomy (SG), a restrictive technique that reduces the size of the stomach on the GIT. Thus, our objective was to analyze the effect of SG on gastric histopathology and the morphology of the small intestine (duodenum, jejunum and ileum) in obese rats fed a cafeteria diet. For this study, 8-week-old Wistar rats were divided into two groups: control (CTL), which received standard diet, and cafeteria (CAF), which received cafeteria diet to induce obesity. After two months, the CAF group underwent pseudo-surgery (CAF PS) or sleeve gastrectomy (CAF SG). At three months after surgery obesity was verified and stomach, duodenum, jejunum and ileum were collected and analyzed. Body weight and retroperitoneal and perigonadal fat pads were higher in CAF PS animals compared to the CTL. The SG did not influence these parameters. Regarding the morphology of the stomach, we observed that the CTL animals showed normal morphology of this organ, while the CAF PS animals showed changes in the gastric mucosa with the presence of hyperemia, mild inflammatory infiltrate and diffuse in the mucosa and submucosa, as well as mild erosion of the gastric mucosa and atrophy. The SG exacerbated changes in the stomach. CAF SG animals showed severe erosion of the gastric mucosa, edema, moderate and diffuse inflammatory infiltrate in the mucosa and submucosa, as well as atrophy of the muscular layer and the body of the mucosa. In relation to morphometry of the small intestine, no changes were found in the duodenum, jejunum and ileum of CAF PS and CTL animals. However, CAF SG animals showed increase in total thickness of the duodenum, as well as increase in the thickness of the mucosa and submucosa layer and villi. The jejunum and ileum showed no change. In the summary cafeteria diet causes changes in the gastric mucosa without changing the small intestine. The SG, three months after the procedure, exacerbates gastric alterations and promotes changes in the duodenum morphometry.
Keywords: Obesidade
Gastrectomia vertical
Cirurgia bariátrica
Trato gastrointestinal.
Obesity
Sleeve gastrectomy
Bariatric surgery
Gastrointestinal tract
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Biociências e Saúde
Campun: Cascavel
Citation: CAPELASSI, Angélica Novi. Efeitos da gastrectomia vertical sobre o trato gastrointestinal em ratos obesos pela dieta de cafeteria. 2016. 57f. Dissertação( Mestrado em Biociências e Saúde) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel,2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3254
Issue Date: 24-Jun-2016
Appears in Collections:Mestrado em Biociências e Saúde (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Angélica_capelassi2016.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons