Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3243
Tipo do documento: Dissertação
Title: Percepção de saúde no Brasil: uma análise das diferenças por sexo dos trabalhadores
Other Titles: Health perception in Brazil: an analysis of the differences by sex of the workers
Autor: Castro, Bruna Naiara de 
Primeiro orientador: Staduto, Jefferson Andronio Ramundo
Primeiro membro da banca: Maia, Alexandre Gori
Segundo membro da banca: Bidarra, Zelimar Soares
Terceiro membro da banca: Gabriel, Flávio Braga de Almeida
Quarto membro da banca: Staduto, Jefferson Andronio Ramundo
Resumo: A saúde é relevante para os agentes econômicos, uma vez que contribui diretamente para o bem-estar das pessoas, e se constitui como parte do estoque de capital humano, por essa razão, o estado de saúde afeta a produtividade e a renda dos indivíduos. As decisões individuais ou as políticas públicas que afetam a saúde têm efeitos cruciais sobre o desenvolvimento econômico e, também, constituem um canal para as políticas de distribuição de renda e combate à pobreza. Este trabalho analisa os fatores que afetam o estado de saúde entre trabalhadores do sexo feminino e masculino no Brasil em 2008, utilizando como medida a percepção de saúde dos indivíduos captada pelo suplemento da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2008. Na metodologia aplicada primeiramente foram feitas as análises das estatísticas descritivas e, também, foram estimados modelos probit em Dois Estágios para captar as contribuições das características socioeconômicas para o estado de saúde das pessoas ocupadas por sexo. Os principais resultados foram que as mulheres apresentaram menor percepção de boa saúde do que os homens em quase todas as variáveis socioeconômicas analisadas. Portanto, é necessário que as políticas de saúde atendam às necessidades especificas de homens e mulheres, e, também, acredita-se que a redução da desigualdade de gênero pode diminuir as diferenças de percepção de saúde por sexo.
Abstract: Health is relevant to economic agents, since it contributes directly to the people´s well-being, and constitutes part of human capital and, for these reason, health affects a productivity and individual´s incomes. Either individual decisions and public policies that affect health have been doing cruxcial effects on economic development, also constitute a channel for an revenue distribution policie and fight against poverty. This study analyzes the differences of health conditions of male and female workers in Brazil in 2008, using as measure the perception of health of the researched people by the supplement of PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) of 2008. In the applied methodology, firstly was made descriptive statistical analyzis, also were estimated probit models in two stages to capture the contributions of the socioeconomic caratteristiche to the person´s health conditions occupied by sex. The main results were that women presented worst health perceptions than men in almost all socioeconomic variables analyzed. Health policies need to address the specific needs of men and women, and it is also believed that reducing gender inequality can reduce differences in health perceptions of gender.
Keywords: Saúde
Trabalhador
Desigualdade de sexo
Health
Worker
Gender inequality
CNPq areas: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Economia
Campun: Toledo
Citation: CASTRO, Bruna Naiara de. Percepção de saúde no Brasil: uma análise das diferenças por sexo dos trabalhadores. 2017. 69 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3243
Issue Date: 18-Apr-2017
Appears in Collections:Mestrado em Economia (TOL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruna_Castro_2017.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.