Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3107
Tipo do documento: Dissertação
Title: Elementos inibidores e facilitadores na implantação de geração distribuída no Brasil
Other Titles: Inhibitors and facilitators in the implementation of generation distributed in Brazil
Autor: Godoi, Luiiz Condi de 
Primeiro orientador: Lotero, Roberto Cayetano
Primeiro membro da banca: Lotero, Roberto Cayetano
Segundo membro da banca: Carreño Franco, Edgar Manoel
Terceiro membro da banca: Tortelli, Odilon Luís
Resumo: A Geração Distribuída (GD) é vista como alternativa para reduzir a dependência de fontes primárias não renováveis e poluentes, descentralizando o parque gerador e agregando confiabilidade à rede elétrica. Assim sendo, diversas políticas públicas para incentivar o uso da GD têm sido implementadas como mecanismos de incentivos. Entretanto, é necessário verificar se o atual ambiente institucional é favorável para a promoção e o desenvolvimento desse mercado no Brasil. Nesse contexto, este trabalho tem por objetivo identificar os elementos facilitadores e inibidores que influenciam no desenvolvimento da GD no País, atuando no sentido de mitigar incertezas do ponto de vista dos investidores. Para isso, são apresentados modelos de estrutura, ambiente regulatório, regras de comercialização, agentes participantes, modalidades, segmentos e tecnologias utilizadas, permitindo-se maior compreensão do modelo mercantil vigente e dos mecanismos utilizados para sua promoção. Por meio dessa pesquisa documental, somada à análise da experiência internacional, além da realização de estudos de caso e entrevistas semiestruturadas, avaliou-se o contexto em que se encontra a GD no Brasil, assim como em outros países, sendo possível identificar fatores que podem contribuir com seu crescimento para, a partir disso, estabelecerem-se estratégias facilitadoras, destacando-se a revisão da legislação existente, da carga tributária, do processo de licenciamento ambiental e de linhas de crédito, ocasionando-se um baixo aproveitamento desse mercado. Por fim, conclui-se que ocorreu um expressivo avanço nas políticas públicas, porém o atual modelo de mercado ainda não é suficientemente favorável a um maior desenvolvimento da GD. Ainda, com a utilização das estratégias apresentadas, pode-se mitigar barreiras e evoluir, fomentando-se o alto potencial de expansão, viabilizando-se um ambiente mais adequado e confiável, além de um desenvolvimento sustentável no modelo mercantil vigente no Brasil.
Abstract: Distributed Generation (DG) is seen as an alternative to reduce dependence on nonrenewable primary and pollutant sources, decentralizing the generator base and adding reliability to the power grid. Thus, several public policies to encourage the use of DG have been implemented as incentive mechanisms. However, it is necessary to verify if the current institutional environment is favorable for the promotion and development of this market in Brazil. In this context, the objective of this work is to identify the facilitating and inhibiting elements that influence the development of DG in the country, acting to mitigate uncertainties from the investors' point of view. For this, models of structure, regulatory environment, marketing rules, participating agents, modalities, segments and technologies are presented, allowing a better understanding of the current commercial model and the mechanisms used for its promotion. Through this documentary research, in addition to the analysis of the international experience, the accomplishment of case studies and semi-structured interviews, it was evaluated the context in which DG is found in Brazil, as well as in other countries, being possible to identify factors that can contribute in its growth, in order to establish facilitative strategies, highlighting the revision of existing legislation, the tax burden, the environmental licensing process, and credit lines, leading to a low use of this market. Finally, it is concluded that there has been a significant advance in public policies, but the current market model is not yet sufficiently favorable to further development of DG. Still, using the presented strategies can mitigate barriers and evolve, fostering the high potential for expansion, enabling a more adequate and reliable environment, and a sustainable development in the commercial model in force in Brazil.
Keywords: Geração distribuída
Elementos facilitadores
Elementos inibidores
Distributed generation
Facilitating elements
Inhibiting elements
CNPq areas: ENGENHARIA ELÉTRICA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Engenharias e Ciências Exatas
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Computação
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: GODOI,Luiz Condi de. Elementos inibidores e facilitadores na implantação de geração distribuída no Brasil. 2017. 79 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica e Computação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Foz do Iguaçu, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3107
Issue Date: 7-Apr-2017
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Elétrica e Computação (FOZ)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luiz_Condi_Godoi_2017.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons