Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3084
Tipo do documento: Dissertação
Title: O uso do zoológico como Instrumento pedagógico na educação ambiental (não) formal
Other Titles: The use of zoo as a pedagogic instrument for (non) formal environmental education
Autor: Oliveira, Vanilce Pereira de 
Primeiro orientador: Lindino, Terezinha Corrêa
Primeiro membro da banca: Lindino, Terezinha Corrêa
Segundo membro da banca: Sanches, Paulo Vanderlei
Terceiro membro da banca: Carniatto, Irene
Resumo: O desenvolvimento tecnológico proporcionou avanços e retrocessos à sociedade contemporânea, no que tange à fauna silvestre. Diante deste quadro, os Zoológicos tornam-se espaços cada vez mais reconhecidos e respeitados, já que eles possibilitam a sobrevivência das espécies raras ou ameaçadas que não encontram mais áreas naturais para se desenvolverem, ou são vítimas do tráfico de animais, da caça ou de atropelamentos (ARAGÃO, 2014). Neste contexto, constata-se que a presença da Educação Ambiental nos Zoológicos apresenta grande potencial para disseminar informações sobre a fauna regional e global, além de contribuir para formação de hábitos e atitudes positivas em relação à conservação do meio ambiente (GARCIA, 2006). Em outras palavras, ela promove tanto à sensibilização do público visitante quanto desperta a preocupação com as consequências da destruição da diversidade biológica, estimulando atitudes positivas em relação a esta (MARINO, 2008). Neste sentido, este trabalho busca avaliar a percepção ambiental dos visitantes do Zoológico Municipal de Cascavel, com o uso da Semiótica desenvolvida por Charles Sanders Peirce e, por meio dela, validar a construção de dois instrumentos pedagógicos (Instrumento I - para crianças entre 06 e 11 anos; Instrumento II – para adolecentes e jovens entre 12 e 21 anos). Os instrumentos pedagógicos foram respondidos por 924 estudantes, no período de outubro de 2015 a janeiro de 2016. Os resultados obtidos foram agrupados em três categorias de análise: 1) nível de conhecimento, 2) nível de compreensão e 3) nível de interação humano e não humano. Desta verificação, pode-se concluir que os instrumentos são eficientes para o levantamento das percepções ambientais dos visitantes do Zoológico Municipal de Cascavel/PR, por apresentarem características lúdicas, informativas e científicas; além de contribuírem para a inserção de novos conhecimentos e o despertar de novas percepções acerca da conservação dos animais e do ambiente onde vivem.
Abstract: The technological development has allowed advances and setbacks to modern society when it comes to wildlife. Faced with this situation, the zoos are becoming more recognized and respected spaces, since they provide the survival of rare or endangered species that are no longer found and developed in natural areas, or that are victims of hunting, running overs or animal trafficking (ARAGÃO, 2014). In this context, it is stated that the presence of Environmental Education at the zoos presents great potential for spreading information about the regional and global fauna, besides contributing to the formation of habits and positive attitudes regarding the environment preservation (GARCIA, 2006). In other words, it promotes awareness for the visiting public as much as it brings out the preoccupation towards the consequences of the destruction of biological diversity, by stimulating positive attitudes (MARINO, 2008). Therefore, this dissertation aims to evaluate the environment perception of the visiting public of the Municipal Zoo of Cascavel, using the semiotic developed by Charles Sanders Peirce, and to validate the construction of two pedagogic intruments (Intrument I – for children between 06 and 11 years old; Instrument II – for adolescents and young between 12 to 21 years old). The pedagogic instruments were answered by 924 students, between october 2015 and january 2016. The obtained results were gruped in three analytical categories: 1) knowledge level, 2) comprehension level and 3) human and non-human interaction level. Upon this verification, it can be concluded that the instruments are efficient for the evaluation of the environmental perceptions of the visiting public of the Municipal Zoo of Cascavel – PR, for presenting ludic, informative and scientific characteristics; furthermore it contributes to the insertion of new knowledge and the upbringing of new perceptions surrounding the preservation of animals and the environment they live on.
Keywords: Fauna silvestre
Percepção ambiental
Semiótica
Wildlife
Environmental perception
Semiotic
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Engenharias e Ciências Exatas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
Campun: Toledo
Citation: OLIVEIRA, Vanilce Pereira de. O uso do zoológico como Instrumento pedagógico na educação ambiental (não) formal. 2017. 155 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3084
Issue Date: 14-Feb-2017
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais (TOL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanilce_P_Oliveira_2017.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.