Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3038
Tipo do documento: Dissertação
Title: Custo Brasil, gestão e desenvolvimento das indústrias de médio porte do Sudoeste do Paraná
Other Titles: Brazil cost, management and development of medium-sized industries of the Southwest of Paraná
Autor: Vedana, Gilmar Antônio 
Primeiro orientador: Mello, Gilmar Ribeiro de
Primeiro membro da banca: Mello, Gilmar Ribeiro de
Segundo membro da banca: Moraes, Marcelo Lopes de
Terceiro membro da banca: Canopf, Liliane
Resumo: Os altos custos produtivos no Brasil rendem vários debates. O presente trabalho tem o objetivo de verificar a relação das variáveis do Custo Brasil na gestão e desenvolvimento das indústrias de médio porte do Sudoeste do Paraná. Para tanto, trabalhou-se no referencial teórico o conceito de Custo Brasil e seus componentes: Logística e infraestrutura brasileira; Carga Tributária Brasileira; Encargos e Leis Trabalhistas no Brasil; Energia Elétrica; Telecomunicações; Juros (custo de capital); Burocracia; Corrupção; e Instabilidade da moeda; Desenvolvimento industrial no contexto do desenvolvimento regional, destacando o cenário industrial estadual e da Região Sudoeste do Paraná; e as estratégias competitivas que podem ser desenvolvidas pelas empresas para manterem-se competitivas: variáveis planejamento estratégico, capital intelectual, marketing, tecnologia/inovação, qualidade, importação, redução de custos, exportação, planejamento tributário e parcerias/terceirização. Utilizou-se uma abordagem quantitativa com o emprego da regressão e concomitantemente usou-se uma abordagem qualitativa. O estudo foi realizado com 32 indústrias do Sudoeste do Paraná. O perfil da amostra é de predominância moveleira, tempo médio de 24 anos de existência, gerando quase 9.000 empregos diretos e faturando em média R$ 27 milhões ao ano. Com a pesquisa detectou-se que o Custo Brasil explica as variações da variável competitividade nacional, mostrando-se contrário aos estudos apontados na literatura, no qual a amostra evidencia que elevando o Custo Brasil aumenta a competitividade nacional das indústrias. Verificou-se que o Custo Brasil nas indústrias da amostragem chega a 50,4% de sua receita líquida. O componente que mais contribui para a formação do Custo Brasil é a carga tributária e o de menor impacto é a instabilidade da moeda. Detectou-se também que as variáveis marketing e redução de custos explicam a variação no Custo Brasil, sendo que, investindo em marketing aumenta o Custo Brasil e reduzindo os custos automaticamente reduz o Custo Brasil. Em relação à adoção de estratégias competitivas notou-se que as indústrias da amostra investem em qualidade e redução de custos. Já as estratégias menos utilizadas são as ligadas ao comércio exterior. Percebeu-se que as indústrias fazem uso de várias ações estratégicas mas há uma gama muito grande de estratégias que ainda não são utilizadas e que poderiam auxiliar no desenvolvimento da organização e minimizar os efeitos do Custo Brasil.
Abstract: The high production costs in Brazil give rise to several debates. The present work has the objective of verifying the relation of the variables of Brazil Cost in the management and development of the medium-sized industries of the Southwest of Paraná. For this purpose, we worked on the theoretical framework the concept of Brazil Cost and its components: Logistics and Brazilian infrastructure; Brazilian Tax Charge; Labor Charges and Laws in Brazil; Electricity; Telecommunications; Interest (cost of capital); Bureaucracy; Corruption; And Instability of the currency; Industrial development in the context of regional development, highlighting the state industrial scenario and the Southwest Region of Paraná; And competitive strategies that can be developed by companies to remain competitive: variables strategic planning, intellectual capital, marketing, technology / innovation, quality, import, cost reduction, export, tax planning and partnerships / outsourcing. A quantitative approach was used with the use of regression and a qualitative approach concomitantly. The study was conducted with 32 industries from the Southwest of Paraná. The sample profile is predominantly in furniture sector, averaging 24 years of existence, generating almost 9,000 direct jobs and earning an average of R $ 27 million a year. With the research it was detected that the Brazilian Cost explains the variations of the national competitiveness variable, contrary to the findings of the literature, where the sample shows that raising the Brazil Cost increases the national competitiveness of the industries. It was verified that Brazil Cost in the sampling industries reaches 50.4% of its net revenue. The component that contributes most to the formation of the Brazil Cost is the tax burden and the one of smaller impact is the instability of the currency. It was also found that the variables marketing and cost reduction explain the variation in Brazil Cost, and, by investing in marketing, increases Brazil Cost and reducing costs automatically reduces Brazil Cost. Regarding the adoption of competitive strategies, it was understood that the sample industries invest in quality and cost reduction. The least used strategies are those related to foreign trade. It was noticed that the industries make use of several strategic actions but there is a very great range of strategies that are still not used and that could help in the development of the organization and to minimize the effects of the Brazil Cost.
Keywords: Competitividade
Custo Brasil
Estratégias competitivas
Gestão e desenvolvimento
Competitiveness
Brazil cost
Competitive strategies
Management and development
CNPq areas: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional
Campun: Francisco Beltrão
Citation: VEDANA, Gilmar Antônio. Custo Brasil, gestão e desenvolvimento das indústrias de médio porte do Sudoeste do Paraná. 2017. 141 f. Dissertação( Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3038
Issue Date: 13-Feb-2017
Appears in Collections:Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional (FBE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gilmar A. Vedana 2017.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons