Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2602
Tipo do documento: Dissertação
Title: As Crianças da Ponte: o trabalho de crianças e adolescentes no comércio fronteiriço de Foz do Iguaçu Paraná
Other Titles: The children of the bridge: the children and teenagers work at the frontier commerce of Foz do Iguaçu Parana.
Autor: Reimann, Valdirene 
Primeiro orientador: Nazzari, Rosana Katia
Primeiro membro da banca: Santos, José Carlos dos
Segundo membro da banca: Tonini, Nelci Salete
Resumo: A fronteira de Foz do Iguaçu/Paraná e Ciudad Del Este/Paraguay é um local por onde circula um grande número de visitantes, ocorre um grande fluxo de capitais e de mercadorias. Nas interfaces das relações mercadológicas do comércio fronteiriço ocultam-se formas de trabalho degradantes que ajudam a manter a lucratividade na atividade, como por exemplo, a exploração do trabalho infantil. Investigando o passado de Foz do Iguaçu no período após a construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, é possível compreender o surgimento de uma sociedade heterogênea, conflituosa, onde milhares de famílias sobrevivem do trabalho informal no comércio da Ponte da Amizade. Questões culturais têm assumido grande relevância no sentido de compreender o trabalho infantil como parte das representações das famílias em risco social, pois o encaram como elemento disciplinador e de aprendizagem para seus filhos. A pesquisa qualitativa possibilitou importantes conclusões, como a nacionalidade paraguaia dos trabalhadores infantis da Ponte da Amizade, as estratégias e astúcias utilizadas por esses sujeitos sociais e a necessidade de trabalhar precocemente a fim de complementar a renda familiar. As consequências do trabalho infantil são preocupantes, atingindo dimensões físicas e emocionais da saúde das crianças, além de privar-lhes do tempo dedicado à escola e ao lazer. Investigar os mecanismos utilizados pelos trabalhadores infanto-juvenis no comércio fronteiriço, compreender as causas que os levam a serem incorporados precocemente nesta atividade e identificar os programas sociais efetuados para atender esses sujeitos é a proposta da pesquisa.
Abstract: The Foz do Iguaçu and Ciudad Del Este/ Paraguay border is a place where many visitants circulate, there s a large flow of capitals and merchandise. At the marketing relationship interfaces of the border trades hides degrading forms of work that helps maintain the activity profitability, for example, the childhood work exploration. Investigating Foz do Iguaçu s past after the Itaipu s hydroelectric plant was built, it s possible to understand the emergence of a heterogeneous society, disputatious, where thousands of families survive due to the informal work commerce at de Friendship Bridge. Cultural issues have assumed great importance in order to understand childish work as a social representation part in social risk families, because they face it as a disciplinarian element and as a learning process to children. The qualitative research enables important conclusions, such as the Paraguayan nationality of the Friendship Bridge s childhood workers, the strategies and astuteness applied by these social fellows and the needing of a precocious work to complement the family income. The childhood work s consequences are worrying, reaching the kids physical and emotional health, beyond depriving them of their time assign to studies and leisure. Investigate the children and teenagers workers used mechanisms at the border commerce, understand the reasons that took them to be early incorporated at this activity and identify the social programs made to attend to these people is the purpose of this research.
Keywords: trabalho
infância
fronteira
work
childhood
border
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS:SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação Sociedade, Cultura e Fronteiras
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: REIMANN, Valdirene. As Crianças da Ponte: o trabalho de crianças e adolescentes no comércio fronteiriço de Foz do Iguaçu Paraná. 2013. 135 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Foz do Iguaçu, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2602
Issue Date: 27-Feb-2013
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras (FOZ)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Valdirene_Reimann_2013.pdf2.29 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.