Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2584
Tipo do documento: Dissertação
Title: A vida em comum em sociedades multiculturais: análise das relações sociais e da adaptação dos alunos da UNILA em Foz do Iguaçu PR
Other Titles: Shared lives in multicultural societies: analysis of social relationships and adaptations of students attending UNILA (Foz do Iguaçu - Paraná - Brazil); Universities - Brazil
Autor: Chibiaqui, Eloiza Dal Pozzo
Primeiro orientador: Nihei, Oscar Kenji
Primeiro membro da banca: Silva, Regina Coeli Machado e
Segundo membro da banca: Araújo, Danielle Michelle Moura
Resumo: A Internacionalização da Educação Superior constitui um fenômeno consolidado em diferentes países e instituições, tendo em vista a sua importância para o desenvolvimento das nações, na formação de recursos humanos e na geração de conhecimento. No Brasil, a criação e implantação da Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA), teve na sua concepção os princípios do respeito à diversidade cultural e a integração dos países da América Latina. No ano de 2014, a UNILA apresentava 1356 alunos matriculados de onze diferentes nacionalidades. Este trabalho teve como principal objetivo analisar a adaptação dos alunos da Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA) em Foz do Iguaçu e as interações sociais entre os alunos brasileiros e estrangeiros, e destes com a população do município. Constitui pesquisa exploratória e transversal, de natureza quantitativa e qualitativa. Quanto à metodologia, foi utilizado um questionário semi-estruturado contendo questões objetivas (pontuadas de acordo com a escala de Likert) e outras abertas. As questões objetivas foram analisadas quantitativamente (percentual e média) e as respostas qualitativas foram analisadas por meio de análise de conteúdo e identificação de categorias. Neste estudo, foram pesquisados 425 alunos, entre brasileiros e estrangeiros, representando amostra probabilística da população de alunos da UNILA. Além destes, uma amostra intencional de 50 moradores de Foz do Iguaçu também foi selecionada para responder ao questionário, buscando obter a percepção da população a respeito dos alunos da UNILA. Como resultados gerais, a pesquisa com a população de Foz do Iguaçu destacou as vulnerabilidades na relação entre os moradores da cidade e os alunos da UNILA e valida algumas das hipóteses acerca da opinião positiva da população em opiniões que vão desde os benefícios econômicos gerados com a instalação de uma universidade na cidade até os aspectos de integração e interação entre pessoas de diferentes nacionalidades. Contudo, nestas relações sociais, também puderam ser observadas as categorizações que relacionam os alunos da UNILA ao comportamento desviante, indicando manifestação de um possível processo de estigmatização da população em relação a esses alunos. A pesquisa realizada com os estudantes estrangeiros e brasileiros destaca, de modo geral, relatos de preconceito por parte da população de Foz do Iguaçu, sendo que para os dois grupos de estudantes, as naturezas de tensão mais citadas foram tensão com a polícia, xenofobia e hostilidade da população. Em relação aos fatores que mais facilitaram a adaptação dos estudantes estrangeiros na cidade, foram citadas as amizades e outras categorias relacionadas com relações interpessoais e fatores estruturais de apoio e para os alunos brasileiros, as aulas e a convivência diária facilitaram a integração com os alunos estrangeiros. Destaca-se na pesquisa a constatação da predominância da satisfação mediana dos alunos quanto à vida em geral em Foz do Iguaçu, mas muita satisfação quanto à vida acadêmica na UNILA, e como destacado, as dificuldades de convivência com a população local. PALAVRAS-
Abstract: The Internationalization of Higher Education is an established phenomenon in different countries and institutions, due to its importance for the development of nations, in the formation of human resources and the generation of knowledge. In Brazil, the creation and implementation of the Federal University of Latin American Integration (UNILA), had in its design principles of respect for cultural diversity and the integration of Latin America. In 2014, UNILA had 1356 students enrolled from eleven different nationalities. This study aimed to analyze the adjustment of the students of the Federal University of Latin American Integration (UNILA) in Foz do Iguaçu and the social interactions among Brazilian and foreign students, and between them and the local population. It is an exploratory and transversal research, with quantitative and qualitative nature. As methodology, a semi-structured questionnaire containing objective questions (scored according to a Likert scale) and open ones were used. The objective questions were analyzed quantitatively (percentage and mean calculation) and qualitative responses were analyzed using content analysis method and identification of categories. In this study, 425 students were surveyed, between Brazilian and foreign, representing a probabilistic sample of the student population of UNILA. In addition, an intentional sample of 50 residents of Foz do Iguaçu was also selected to answer the questionnaire, seeking to obtain the perception of the population regarding the UNILA students. As overall results, the survey of the population of Foz do Iguaçu highlighted vulnerabilities in the relationship between city population and students of UNILA and validate some of the assumptions about the positive opinion of the population ranging from the economic benefits generated by installation of a university in the city until the aspects of integration and interaction between people of different nationalities. However, these social relations could also be subject to the categorizations that relate students of UNILA to deviant behavior, indicating possible manifestation of a stigmatization process of the population in relation to these students. A survey of foreign and Brazilians students highlights generally prejudice reports by the population of Foz do Iguaçu, and for the two groups of students, the most cited stress factors were tensions with the police, xenophobia and hostility of the population. Regarding factors that facilitated the adaptation of foreign students in the city, friendships and other categories related to interpersonal relationships and structural factors of support, and Brazilian students cited mainly the classes and daily living as facilitating factors of integration with foreign students. It stands out in the research, the prevalence of the median satisfaction of students with the life in general in Foz do Iguaçu, but a lot of satisfaction with academic life at UNILA, and as noted, the difficulties of coexistence with the local population.
Keywords: migração
relações interpessoais
ajuste social
estereotipagem
área de fronteira
ensino superior - Foz do Iguaçu (PR)
psicologia social
migration
interpersonal relations
social stigma
stereotyping
border area
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS:SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: CHIBIAQUI, Eloiza Dal Pozzo. A vida em comum em sociedades multiculturais: análise das relações sociais e da adaptação dos alunos da UNILA em Foz do Iguaçu PR. 2016. 168 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Foz do Iguaçu, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2584
Issue Date: 21-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras (FOZ)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Eloiza_Chibiaqui_2016.pdf5.14 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.