Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2575
Tipo do documento: Dissertação
Title: Políticas linguísticas e representação de identidades: um estudo etnográfico em uma comunidade plurilíngue/pluricultural no Paraguai.
Other Titles: Language policy and identities of representation: an ethnographic study in a plurilingual / pluricultural community in Paraguay
Autor: Gasparin, Marlene Niehues 
Primeiro orientador: Santos, Maria Elena Pires
Primeiro membro da banca: Silva, Regina Coeli Machado e
Segundo membro da banca: Jung, Neiva Maria
Resumo: O presente estudo foi realizado no território paraguaio, mais precisamente em uma comunidade plurilíngue denominada Tupilandia, localizada no município de Yuty, no departamento de Ca azapá. Objetivando compreender, mediante estudos etnográficos, como funcionam, tanto no meio escolar como social, as políticas linguísticas de educação bilíngue do Paraguai frente a outras línguas que transitam no local como a língua espanhola, jopara, guarani e português e como são construídas as representações identitárias, linguísticas e culturais pelos seus falantes. Esta comunidade constitui-se como plurilíngue graças à presença de várias línguas que transitam no mesmo contexto: as línguas oficiais do Paraguai, espanhol e guarani; a língua portuguesa, língua dos imigrantes brasileiros que residem na comunidade; a língua jopara, língua ‗híbrida resultante da ‗mistura entre o espanhol e guarani. A escola local configura-se como uma instituição bilíngue que apresenta em seu currículo reconhecer e trabalhar com as duas línguas oficiais do país e reconstruir, assim, uma ideia de identidade nacional. No entanto, não legitima outras línguas que estão veiculadas no entorno. Nesse processo, se presencia outro desafio à medida que, nessa localidade escolar, as duas línguas oficiais coexistem de forma diferenciada e desempenham papéis divergentes de acordo com específicas funções sociais, isto é, a língua espanhola, tida como língua de prestígio social e econômico, não é utilizada na forma oral pela maioria da população local, embora seja a língua mais utilizada na prática escrita. A língua guarani ensinada na escola não é reconhecida como aquela que usam em suas práticas cotidianas. Assim, denominam jopara, seu repertório linguístico nas práticas de linguagem locais. A abordagem teórico-metodológica para geração e análise dos dados se situa na área da Linguística Aplicada, se ancorando na pesquisa qualitativa interpretativista e na Etnografia (ERICKSON, 1989; DENZIN e LINCOLN, 2006; LUDKE e ANDRÉ, 1986; MOITA LOPES 2006). Além destas abordagens, também fizeram parte da abordagem teórico-metodológica os estudos sobre políticas linguísticas e políticas educacionais, conforme contribuições de Calvet (2002/2007); Oliveira (2010, 2009); Rajagopalan (2003; 2004); Maher (2007); César e Cavalcanti (2007); Canagarajah (2013); Garcia (2013); Street (2014), entre outros. Também foram abordados os conceitos de representação e identidade (CANCLINI, 2011; PIRES SANTOS, 2004; PENNYCOOK, 2006; HALL, 2000/2011). Os registros foram obtidos por meio de observação participativa, gravação de aula em áudio e entrevista com alunos e pais, brasileiros e paraguaios. Nesta pesquisa foram respondidas duas perguntas de pesquisa: a) como as políticas linguísticas educacionais são empreendidas na comunidade escolar de Tupilandia, tendo em vista as línguas guarani, espanhol, português e jopara?; b) como são construídas as representações das identidades linguísticas, nesse cenário plurilíngue e pluricultural? A análise evidenciou que as políticas linguísticas e as representações estão atravessadas por diversos fatores sociais, ideológicos e políticos, tanto local como translocalmente. Pelas análises das falas dos interlocutores foi possível notar que os alunos, os professores e a população local, sejam eles paraguaios, brasileiros ou ―brasiguaios‖, procuram negociar, intervir e transitar entre as diversas possibilidades de práticas de linguagem e práticas sociais a fim de concretizar um determinado propósito sóciocomunicativo. Todavia, quanto às representações atribuídas às línguas pelos seus falantes, evidenciou-se que são construídas de formas diferentes, em momentos e contextos divergentes de suas práticas, isto é, as pessoas dão significado às suas línguas orientadas por diferentes ideais identitários e culturais.
Abstract: This study was conducted in Paraguayan territory, more precisely in a plurilingual community called Tupilandia located in the municipality of Yuty in Ca'azapá department. Aiming to understand, through ethnographic studies, how they work, both at school and social, language policies of bilingual education in Paraguay against other languages transiting in place as the Spanish language, jopara, Guarani and Portuguese, and how identity representations are built ,language and culture by its speakers. This community is constituted as plurilingual thanks to the presence of several languages that transit in the same context: the official languages of Paraguay, Spanish and Guarani; Portuguese, the language of Brazilian immigrants living in the community; the jopara language, language 'hybrid' resulting from the 'mix' between Spanish and Guarani. The local school appears as a bilingual institution that feactures on its resumé recognize and work with the two official languages of the country and rebuild, so a sense of national identity. However, it does not legitimize other languages that are circulating in that place. In this process, it appears another challenge as, in this school location, the two official languages coexist differently and play different roles according to specific social functions, in other words, the Spanish language, which is considered as the language of social and economic prestige, is not used, in oral form, the majority of the local population, although it is the most used language in writing practice. The Guarani language taught in school is not recognized as the one they use in their daily practices. So call jopara his linguistic repertoire in the local language practices. The theoretical and methodological approach to data generation and analysis is located in the area of Applied Linguistics, anchoring the interpretive qualitative research and Ethnography (Erickson, 1989; Denzin and LINCOLN, 2006; LUDKE and André, 1986; MOITA LOPES 2006). In addition to these approaches, also part of the theoretical and methodological approach to the study of language policies and educational policies, as Calvet contributions (2002/2007); Oliveira (2010, 2009); Rajagopalan (2003; 2004); Maher (2007); Caesar and Cavalcanti (2007); Canagarajah (2013); Garcia (2013); Street (2014), among others. Also discussed were the representation and identity concepts (CANCLINI, 2011; PIRES-SANTOS, 2004; PENNYCOOK, 2006; HALL, 2000/2011). The records were obtained through participant observation, classroom audio recording and interviews with students and parents, Brazilians and Paraguayans. In this research were answered two research questions: a) how the educational language policies are undertaken in the school community Tupilandia, in view of the Guarani languages, Spanish, Portuguese and jopara?; b) how the representations of linguistic identities are constructed in such plurilingual and multicultural scenery? The analysis showed that the language policies and representations are crossed by several social, ideological and political, both locally and translocally. The analysis of the speeches and statements of the interlocutors was possible to notice that students, teachers and the local population, whether Paraguayans, Brazilians or "brasiguaios" tend to negotiate intermeddle and move between the various possibilities of language practices and social practices order to achieve a particular purpose sociocommunicative. However, for the representations assigned to languages by its speakers, it became clear that are built in different ways, at times and in different contexts of their practices, in other words, people give meaning to their languages are governed by separate identity and cultural ideals.
Keywords: Multiculturalismo
bilinguismo
política educacional
linguagem e línguas
educação bilíngue
educação e Estado
Multilingualism
educational politics
representations
CNPq areas: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES:LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: GASPARIN, Marlene Niehues. Políticas linguísticas e representação de identidades: um estudo etnográfico em uma comunidade plurilíngue/pluricultural no Paraguai. 2016. 137 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Foz do Iguaçu, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2575
Issue Date: 22-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras (FOZ)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marlene_Gasparin_2016.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.