Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2544
Tipo do documento: Dissertação
Title: Centros de Tradições Gaúchas no Oeste do Paraná: a (re)construção da memória coletiva e a fixação de representações.
Other Titles: Gaucho Traditions Centers in Western Paraná: the (re)construction of the collective memory and establishment of the representations.
Autor: Szekut, Andressa 
Primeiro orientador: Klauck, Samuel
Primeiro membro da banca: Gregory, Valdir
Segundo membro da banca: Carvalho, Ely Bergo de
Resumo: Este estudo analisa a valorização do ser gaúcho e a constituição e fixação de Centros de Tradições Gaúchas (CTG) no Oeste do Paraná. Busca entender, a (re)construção da memória do ser gaúcho no Oeste do Paraná após a migração dirigida, através de análise da constituição de territórios CTGs. Em específico, aborda o processo de migração dirigida e da colonização no Oeste do Paraná; estuda a (re)construção da memória coletiva do ser gaúcho a partir dos Centros de Tradições Gaúchas (CTG); analisa as representações exercidas pelos CTGs no Oeste do Paraná, através da identificação dos símbolos e referenciais de memória coletiva do grupo; e, analisa as representações das ações desenvolvidas pelo grupo para manutenção e difusão de suas tradições. A pesquisa vincula-se à perspectiva do paradigma indiciário de Carlo Ginzburg, seguindo as etapas de: revisão bibliográfica, apoiada em livros e documentos institucionais que tratam da formação do espaço do Oeste paranaense; análise de documentos institucionais, sites e obras direcionadas ao tradicionalismo, sobre a formação do Movimento Tradicionalista Gaúcho no Brasil, passando pela historização da organização, normatização e influência na constituição de CTGs no Oeste paranaense. Através de fontes orais, observações de campo e documentos administrativos pautam-se as análises sobre as conjunturas em que se constituem e se fixam os CTGs na região. Essas etapas permitiram adentrar nas peculiaridades de construção desses Centros, observar as representações materiais e simbólicas vinculadas à (re)construção da memória, e analisar as diretrizes que os organizam. Por sua vez, esse conjunto de fontes e dados foi apreendido a partir da compreensão do uso da memória como constituinte de identidade. Isso permitiu compreender que toda ação é formadora de espaços e que as representações são formas de definir referências do que se busca vincular ao grupo, envolvendo dimensões materiais e simbólicas. Ao mesmo tempo permitiu entender que as memórias e representações constituídas a partir destes Centros são formadoras de laços entre seus membros, tanto espaciais quanto temporais. Dessas considerações mensuram-se resultados que indicam que os CTGs analisados constituíram-se a partir de particularidades próprias da colonização desta região; que os Centros foram construídos com o objetivo de preservar laços com a identidade do ser gaúcho idealizado e constituem-se como territórios, organizados em atividades regulamentadoras, de sociabilidade; que a participação nestes Centros é normatizada e as práticas (dança, música gastronomia, etc.), ensinadas através das invernadas e ritualizadas a partir dos eventos, cumprem a função de rememoração e simultaneidade; por fim, permitiu perceber o esforço, a partir destes Centros, para consolidar o imaginário e as representações sociais do ser gaúcho, através da afirmação de sua memória coletiva na região.
Abstract: This essay examines the valorization of the gaucho being and the foundation and establishment of Centros de Tradições Gauchas CTGs (Gaucho Traditions Centers) in western Paraná. It seeks to understand the (re)construction of the gaucho being memory in western Paraná after the directed migration, through analyzing the creation of territories, CTGs. It specifically addresses the process of directed migration and colonization in Western Paraná; it studies the (re)construction of the gaucho being‟s collective memory through the CTGs; It analyzes the representations practiced by CTGs in western Paraná, through the identification of symbols and references to the group‟s collective memory; and analyzes the representations of the actions developed by the group for the maintenance and dissemination of their traditions. The research is linked to the perspective of Carlo Ginzburg‟s evidentiary paradigm, following the successive steps: a literature review, based on books and institutional documents that deal with the formation the West Paraná space; analysis of institutional documents, websites and articles directed to traditionalism, about the formation of the Gaucho Traditionalist Movement in Brazil, then historicizing the organization, regulation and influence in the formation of CTGs in western Parana, and finally, analyzing the conjectures supplied by oral sources, field observations and administrative documents, in which the CTGs are founded and established in the region. These steps have. These steps allowed to explore the peculiarities of the construction of the Centers, observe the material and symbolic representations related to the (re)construction of memory, and analyze the guidelines that organize them. In turn, these sources and data were obtained by comprehending the usage of memory as an originator of identity. That allowed us to understand that every action is a maker of space and representations are ways to define references to whatever is intended to be associated to the group, involving material and symbolic proportions. At the same time that allowed understanding that memories and representations created from these centers are forming bonds between their members, both spatial and temporal. Results are measured from these considerations indicating that the CTGs analyzed were founded within the particularities of the colonization of this region; the centers were built targeting the preservation of ties with the identity of the idealized gaucho being and form themselves as territories, organized in regulating activities of sociability; participation in these centers is regulated and the practices (dance, music, gastronomy etc) that are taught through their departments and ritualized through the events, fulfill the task of rememoration and synchronicity; and finally, realize the effort from these centers to consolidate the imaginary and the social representations of the gaucho being , by the affirming of their collective memory in the region.
Keywords: Centros de Tradições Gaúchas
Oeste do Paraná
memória
representações
Gaucho Tradition Centers
Western Paraná
memory
representations
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS:SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: SZEKUT, Andressa. Centros de Tradições Gaúchas no Oeste do Paraná: a (re)construção da memória coletiva e a fixação de representações. 2014. 177 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Foz do Iguaçu, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2544
Issue Date: 10-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras (FOZ)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Andressa_Szekut_2014.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.