Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2385
Tipo do documento: Dissertação
Title: Cativas, degredadas e aventureiras: mulheres na colonização latino-americana
Other Titles: Captive, exiled and adventurous: women in the Latin American colonization
Autor: Ribeiro, Bruna Otani 
Primeiro orientador: Fleck, Gilmei Franscisco
Resumo: Devido à estrutura patriarcalista instituída no continente latino-americano desde o início da colonização europeia, ao sexo feminino foi atribuído o papel de cuidar do lar, do marido e dos filhos, seguindo os ensinamentos da Igreja Católica. Nesse sentido, a presente pesquisa tem como objetivo analisar comparativamente três narrativas de extração histórica: Lucía Miranda (1860), de Eduarda Mansilla, reeditado por María Rosa Lojo, Desmundo (1996), de Ana Miranda, e Inés del alma mía (2006), de Isabel Allende, de modo a compreender em que medida o texto ficcional se aproxima ou se distancia de textos históricos tidos como oficiais e qual seria a relevância desses romances, tendo em vista o fato de que neles se evidencia a participação ativa de mulheres vindas da Europa no período de colonização e conquista das terras do Novo Mundo , mesmo sendo elas consideradas, durante esse momento histórico, inferiores aos homens. Dessa forma, a ficção, ao desenvolver uma leitura crítica do passado, revela a presença de cativas, degredadas e aventureiras mulheres europeias , cuja participação no processo de conquista da América é, em grande parte, omitida pelo discurso hegemônico da história, que busca, apenas, evidenciar a participação masculina nesse processo. Revelar essa participação ativa da mulher na história, por meio do gênero híbrido de história e ficção, significa possibilitar novos olhares sobre o passado latino- -americano. Trata-se de uma pesquisa básica, caracterizando-se por ser bibliográfica, que será amparada pela Literatura Comparada. Alguns dos autores a serem utilizados como aporte teórico são Linda Hutcheon (1991), Lucía Guerra (2007), Fernández Álvarez (2002), Gilmei Francisco Fleck (2007, 2010), Borges Teixeira (2008), entre outros. Busca-se mostrar, por meio desse estudo, que as narrativas de autoria feminina, principalmente as produzidas na contemporaneidade, são de extrema relevância tendo em vista a busca pela igualdade de oportunidades entre os gêneros
Abstract: Due to the patriarchal structure established in the Latin American continent since the beginning of European colonization, the female was assigned the role of taking care of the home, husband and children, following the teachings of the Catholic Church. In this sense, this research aims to analyze comparatively three historical extraction narratives: Lucía Miranda (1860), by Eduarda Mansilla, reedited by María Rosa Lojo, Desmundo (1996), by Ana Miranda, and Inés del alma mía (2006), by Isabel Allende, in order to understand how the fictional text approaches or moves away from historical texts taken as official and what is the relevance of these novels, considering that they evidence the active participation of women from Europe in the period of colonization and conquest of the New World , even though they were considered, during this historic moment, inferior to men. In this way, fiction, carrying out its critical reading of the past, reveals the presence of captive, exiled and adventurous European women , whose participation in the conquest of America is largely omitted by hegemonic discourse of history, which seeks only to make evident the male participation in this process. Showing this active participation of women in history, through the hybrid genre of history and fiction, means to enable new perspectives on the Latin American past. This is a study of the basic type, characterized as bibliographic, which will be supported by Comparative Literature. Some of the authors to be used as theoretical support are Linda Hutcheon (1991), Lucía Guerra (2007), Fernández Álvarez (2002), Gilmei Francisco Fleck (2007, 2010), Borges Teixeira (2008), among others. It is sought to show, through this study, that the narratives of female authors, especially those produced in contemporary times, are very important in view of the quest for gender opportunities equality
Keywords: narrativas de extração histórica
escritas de autoria feminina
colonização latino-americana
estudos de gênero
historical extraction narratives
female writing authorship
Latin American colonization
gender studies
CNPq areas: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Linguagem e Sociedade
Program: Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Letras
Citation: RIBEIRO, Bruna Otani. Captive, exiled and adventurous: women in the Latin American colonization. 2014. 114 f. Dissertação (Mestrado em Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2385
Issue Date: 14-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bruna Ribeiro.pdf834.76 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.