Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2306
Tipo do documento: Dissertação
Title: Análise espacial da distribuição das mulheres ocupadas nas famílias rurais no Sul do Brasil: uma perspectiva do gênero
Other Titles: Spatial analysis of occupied women distribution on rural families in South Brazil: a gender perspective
Autor: Caumo, Alessandra Juliana 
Primeiro orientador: Staduto, Jefferson Andronio Ramundo
Primeiro membro da banca: Souza, Marcelino de
Segundo membro da banca: Wadi, Yonissa Marmitt
Terceiro membro da banca: Bidarra, Zelimar Soares
Resumo: Foi observada a ocorrência da distribuição espacial da mulher ocupada na agropecuária do Sul do Brasil. Este estudo apresentou um quadro das mulheres ocupadas sob outro ponto de vista, pela Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE). Na agricultura familiar, as relações de gênero estão com maior frequência dispostas de modo a considerar o trabalho das mulheres apenas uma ajuda . Isso é devido à divisão de trabalho imposta pelas atividades exercidas pelos membros da família. Esse tipo de análise, de certa forma, ajuda a conhecer as mudanças importantes no Brasil e, principalmente, no Sul do Brasil, na distribuição espacial da mulher profissionalmente ocupada. Neste trabalho se utilizou a variável de mulher ocupada como principal, mas comparado em relação aos homens ocupados, em que a abordagem é de uma perspectiva de gênero. Desta forma, foi utilizada a técnica de Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE), por meio da estatística I de Moran e da análise de identificação de clusters. A estatística I de Moran permitiu avaliar a correlação existente entre uma região e seus vizinhos considerando uma variável. O período analisado foi o ano de 2006, por meio dos dados do Censo Agropecuário 2006, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE. Esses dados foram estudados de forma absoluta e por taxa. A AEDE revelou a distribuição das mulheres ocupadas entre os estados do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Os resultados, para a escolaridade nos dados absolutos ou por taxas, apresentaram relação com o número de mulheres ocupadas. Nesse caso, onde se apresentou maior número de mulheres ocupadas também se apresentou um número de homens ocupados com maior escolaridade. Nas atividades fora dos estabelecimentos também se verificou que, para os municípios com menor número de mulheres ocupadas, maior era o número de municípios em que as mulheres exerciam alguma atividade fora da propriedade. Com os resultados, constatou-se autocorrelação espacial positiva das mulheres ocupadas em dados absolutos no meio rural do Sul do Brasil, demonstrando que a localização espacial interfere em seus valores. Tem-se então uma contribuição para a análise da perspectiva de gênero no Sul do Brasil e a possibilidade de novas pesquisas ou de novos conceitos para o estudo, em que os dados revelaram uma proporção de aproximadamente 40%de mulheres ocupadas do total de ocupados na agropecuária do Sul do Brasil.
Abstract: It was observed the spatial occurrence distribution of occupied women on rural families in Southern Brazil. This study showed another point of view about occupied women from Space Data Exploratory Analysis (AEDE). In the familiar agriculture the gender relations are most often, due to the work division imposed by the activity performed by the family members, and, in special the woman, her work is considered merely a help . This kind of analysis helps in a certain way, important changes in Brazil to be known and, mainly, in Southern Brazil in the distribution of occupied women. In this task was used the variable of occupied woman as the main one, but compared in relation to occupied men, where the approach is of a gender perspective. So, it was used the Space Data Exploratory Analysis (AEDE) technique, by the Moran s I statistics and by the clusters identification analysis. Moran s I statistics allowed to evaluate the existent correlation between a region and their neighbors considering a variable. However the clusters identification analysis allowed a simple visualization of next regions conglomerate in a map that pursue similar values, in other words, allow the clusters visualization. The analyzed period was the year 2006, by the data of 2006 Agriculture Census, performed by the Statistics and Geography Brazilian Institute IBGE, these data were studied by an absolute form and rates. The AEDE revealed the occupied women distribution among the states of Paraná, Santa Catarina and Rio Grande do Sul. The results, to the scholarity in the absolute data or by rates, presented relation with the number of occupied women, in this case, where it presented a number of occupied men with a greater scholarity. In the activities out of the establishments, was also verified that in cities with the lesser occupation per woman, the greater was the number of cities the women followed any activity outside the property. With the results were found positive spatial autocorrelation of the absolutely occupied women in the Southern Brazil rural area, showing off that spatial localization interferes in women s values. Having a contribution to gender perspective analysis in Southern Brazil and allowing new researches or concepts for the study, where the data revealed a proportion of about 40% of the occupied women from the total in the Southern Brazil agriculture.
Keywords: Gênero
Ocupação da mulher
Agricultura familiar
Autocorrelação espacial
AEDE
Gender
Women occupation
Familiar agriculture
Spatial autocorrelation
AEDE
Relações de gênero
Mulheres rurais
Trabalho feminino
Trabalhadoras rurais
Divisão do trabalho
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIAS AGRARIA E DOS RECURSOS NATURAIS::ECONOMIA AGRARIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Desenvolvimento regional e do Agronegócio
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Regional e Agronegócio
Citation: CAUMO, Alessandra Juliana. Spatial analysis of occupied women distribution on rural families in South Brazil: a gender perspective. 2012. 134 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento regional e do Agronegócio) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2306
Issue Date: 30-Aug-2012
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Alessandra J Caumo1.pdf2.98 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.