Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2218
Tipo do documento: Dissertação
Title: Análise do comportamento do consumidor das feiras livres nos municípios de Cascavel e de Toledo - PR
Other Titles: Analysis of consumer behaviour of open markets in the municipalities of Cascavel and Toledo - PR
Autor: Colla, Crislaine 
Primeiro orientador: Rinaldi, Rúbia Nara
Primeiro membro da banca: Jr., Weimar Freire da Rocha
Segundo membro da banca: 
Resumo: Este estudo tem por objetivo identificar as variáveis e as características que influenciam os consumidores de Cascavel e de Toledo a escolherem a feira livre como forma de varejo para a compra de alimentos. A análise permite identificar os fatores que influenciam no processo de escolha dos consumidores, as similaridades e as diferenças entre as duas cidades pesquisadas e ainda conhecer os principais produtos adquiridos. Este tipo de pesquisa é relevante, pois os canais de distribuição escolhidos pelos consumidores para a compra de alimentos estão diretamente relacionados com os fatores que determinam o comportamento do consumidor, e tal comportamento é influenciado por determinantes individuais e ambientais que afetam as decisões de compra. A pesquisa foi realizada com consumidores das feiras livres das cidades de Cascavel e de Toledo através de questionário com uma amostra probabilística. O perfil socioeconômico dos consumidores das duas cidades é caracterizado por pessoas do sexo feminino, casadas(os), com a maioria das mulheres trabalhando fora e com 3 a 5 pessoas morando em seu domicílio. As diferenças entre as duas cidades ocorrem na questão da renda familiar, sendo que em Cascavel a maioria ganha mais que 5 salários mínimos e em Toledo, menos que 5 salários mínimos. A faixa etária dos consumidores da feira também é maior em Cascavel e, com relação ao nível de escolaridade, Toledo apresenta-se com melhor nível, além de Cascavel possuir um maior número de pessoas sem instrução. Tanto em Cascavel como em Toledo não há fidelidade completa dos consumidores à feira, ou seja, os mesmos produtos são consumidos em outros locais também. A principal vantagem dos produtos da feira, apontada pelos consumidores tanto em Cascavel como em Toledo, é o frescor e a vantagem da feira é vista como a qualidade de seus produtos, sendo esta também a motivação de compra para as duas cidades. Os consumidores investigados consideram, em sua maioria, a localização da feira como boa. O tempo de permanência neste canal de distribuição é de 15 a 30 minutos, em sua maioria, mas em Cascavel há uma permanência maior. As principais diferenças estão relacionadas à freqüência de compras, que é maior em Cascavel que em Toledo. Os consumidores de Cascavel gastam mais com produtos da feira e também os consumidores consomem ou freqüentam a feira há mais tempo que os consumidores de Toledo. A correlação de variáveis indica que a renda não é a principal variável no processo de escolha da feira livre como canal de distribuição de alimentos e que nem sempre as pessoas que permanecem mais tempo na feira são o que compram mais, indicando a feira como uma forma de lazer. Os principais produtos adquiridos nas duas cidades pesquisadas são frutas, legumes e verduras (FLV) e alimentos prontos para consumo na feira e em casa. Além disso, os consumidores adquirem, na maior parte das vezes, mais que um tipo de produto. Com isso, recomendam-se ações que possam estimular o desenvolvimento regional através das feiras livres das duas cidades, com incentivos aos pequenos produtores e estratégias de agregação de valor aos produtos. As feiras livres podem ser consideradas, além de canais de distribuição, como forma de interação social.
Abstract: This study aims to identify the variables and characteristics that influence consumers in Cascavel and Toledo cities when they choose an open market as a way to retail for the purchase of food. The analysis identifies the factors that influence the process of choice by consumers, the similarities, and differences between the two cities surveyed, as well as the main products purchased. This type of research is important because the distribution chain selected by consumers for the purchase of food are directly related to the factors that determine consumer behavior, and such behavior is influenced by individual and environmental determinants that affect the buying decision. The research was conducted with consumers in the open markets of Cascavel and Toledo through a questionnaire with a probability sample. The socioeconomic consumers profile in the two cities is characterized by a majority of married women, the majority of them working outside the home, and with 3, 4 or 5 members in their families. Differences between the two cities occur on the issue of family income, in which Cascavel presents a higher income and an older age group, and Toledo the highest level of education. Both in Cascavel and Toledo there is no total loyalty by consumers, however, the open market products are considered "fresher", and the advantage is the quality of products which is the main motivation for the purchase in the two cities. The consumers also answered that the open markets are well located and the time they stay in this channel of distribution is approximately 15 to 30 minutes. The main differences are related to the purchases frequency, which is higher in Cascavel than in Toledo. Consumers from Cascavel spend more money in the open market and also consume or stay longer than consumers from Toledo.The correlation of variables indicates that the income is not the main variable of the choice process in the open market as a food distribution chain, and people who stays longer in the open market are not the ones who purchase more, indicating the fair as a mode of leisure. The main products purchased are FLV and food ready for consumption, at the fair and at home, as well as a variety of purchased products. Besides, consumers purchase, most of the times, more than one kind of product.Thus, it is recommended actions that could stimulate regional development through open markets in the two cities, with incentives for small producers. The open markets can be considered, in addition to distribution channels, a form of social interaction.
Keywords: Comportamento do consumidor
Canais de distribuição
Consumo alimentar
Feiras livres
Consumer behavior
Distribution chain
Food consumer
Open markets
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA DO BEM-ESTAR SOCIAL::ECONOMIA DO CONSUMIDOR
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Desenvolvimento regional e do Agronegócio
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Regional e Agronegócio
Citation: COLLA, Crislaine. Analysis of consumer behaviour of open markets in the municipalities of Cascavel and Toledo - PR. 2008. 128 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento regional e do Agronegócio) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2218
Issue Date: 20-Feb-2008
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Crislaine Colla.pdf427.34 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.