Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2101
Tipo do documento: Dissertação
Title: A teoria da emancipação humana no pensamento de Marx: da Gazeta Renana aos Anais Franco-Alemães
Other Titles: The theory of human emancipation in Marx: From Rheinische Zeitung to Deutsch-Franzöische Jahrbücher
Autor: Beltrame, Jonece Maria 
Primeiro orientador: Antunes, Jadir
Primeiro membro da banca: Stieltjes, Claudio
Segundo membro da banca: Schütz, Rosalvo
Resumo: A pesquisa A teoria da emancipação humana no pensamento de Marx: da Gazeta Renana aos Anais Franco-Alemães, abrange o período de pensamento que vai da tese de doutoramento em 1841, cobrindo sua inserção política na Gazeta Renana, aos artigos publicados nos Anais Franco-Alemães, em 1844. Nosso objetivo é o de compreender a evolução do pensamento marxiano, identificando as relações entre o pensamento de Marx e o pensamento hegeliano e neo-hegeliano. Temos um interesse localizado em relação à concepção marxiana de emancipação humana na sua relação com as concepções de Estado, política, filosofia e mundo, e filosofia e proletariado. Nesse período, Marx rompe com a visão positiva acerca da política realização da racionalidade e da humanidade através da politicidade e contrapõe a essa visão o conceito de emancipação humana. Desta forma, elabora uma visão negativa acerca da politicidade, o que implica no fato de a política perder a centralidade que possuía ao longo da história, em relação à possibilidade de realização da racionalidade e humanidade. Apresenta precisamente a concepção de emancipação humana, na medida em que ultrapassa e, de certa forma, se opõe à idéia de emancipação política, como possibilidade de realização da humanidade, concepção está que é o objeto da nossa pesquisa. E, os estudos dessas questões passam pela discussão das relações entre filosofia e proletariado que Marx começa a desenvolver durante este período de crítica e de ruptura com o pensamento hegeliano e neo-hegeliano.
Abstract: The study The theory of human emancipation in Marx: Rheinische Zeitung to Deutsch-Franzöische Jahrbücher encompasses the period of Marxist thought from his doctoral thesis in 1841, his political contribution to Rheinische Zeitung and articles in Deutsch-Franzöische Jahrbücher in 1844. The aim is to understand the evolution of Marxist thought, identifying relationships between Marx s thought and Hegelian and neo-Hegelian thought. The Marxist understanding of human emancipation in its relation to the concepts of state, politics, philosophy and the world, and philosophy and the proletariat are of particular interest. During this period, Marx breaks away from a positive vision of politics the achievement of reason and humanity through politicization comparing this vision with the concept of human emancipation. He thus develops a negative vision of politicization, suggesting that politics loses the centrality it held throughout history in terms of its potential for achieving rationality and humanity. This presents the concept of human emancipation in that it overcomes and, to a certain extent, opposes the idea of political emancipation as a possibility of achieving humanity, the concept that is the aim of this research. In addition to this, the examination of these questions include a discussion into relationships between philosophy and the proletariat that Marx begins to develop during this period of criticism and the rupture with Hegelian and neo-Hegelian thought.
Keywords: Filosofia política
Emancipação humana
Comunismo
Karl Marx
Political philosophy
Human emancipation
Communism
State
Marx, Karl
Estado
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Filosofia Moderna e Contemporânea
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia
Citation: BELTRAME, Jonece Maria. The theory of human emancipation in Marx: From Rheinische Zeitung to Deutsch-Franzöische Jahrbücher. 2009. 123 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2101
Issue Date: 25-Jun-2009
Appears in Collections:Mestrado em Filosofia (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jonece M Beltrame.pdf651.33 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.