Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2097
Tipo do documento: Dissertação
Title: Diferença como relação: leituras contemporâneas de Heráclito
Other Titles: Difference as relation: readings contemporaries of Heraclitus.
Autor: Ferronatto, Mariza Ardem Scipioni Vial 
Primeiro orientador: Onate, Alberto Marcos
Primeiro membro da banca: Frezzatti Junior, Wilson Antonio
Segundo membro da banca: Weber, José Fernandes
Resumo: A proposta deste trabalho tem como fio condutor a investigação da seguinte questão: como é possível que a noção de diferença, presente nos fragmentos de Heráclito, possa, ao mesmo tempo, fundamentar um sentido ôntico de mundo, como o concebido por Nietzsche, e o sentido ontológico de mundo, concebido por Heidegger? A leitura da bibliografia selecionada indica a possibilidade de exploração da hipótese de que, como leitores de Heráclito, Nietzsche e Heidegger concordam ao identificar a diferença como relação; porém, divergem quanto à dimensão em que essa relação se efetiva. Com o objetivo de fundamentar a hipótese proposta, o trabalho se divide em três etapas distintas, mas relacionadas. O primeiro capítulo dedica-se a analisar a leitura heideggeriana dos fragmentos 16, 123, e 51 (DK) de Heráclito. Tomando como ponto de partida estes três fragmentos, pretende-se esclarecer o sentido da leitura e o propósito de Heidegger ao abordá-los. O segundo capítulo pretende apontar as teorias heraclitianas presentes no pensamento nietzschiano e elucidar essa relação através de uma análise interpretativa dos textos de Nietzsche onde esta se faz presente. O terceiro capítulo procura demonstrar que Heidegger e Nietzsche encontram em Heráclito um conceito fundamental central: a questão da diferença vista como relação, que é utilizada por ambos como nexo essencial para explicitação de suas teorias. À guisa de conclusão, reavalia-se a dimensão em que se efetiva o emprego da noção de diferença como relação.
Abstract: The proposal of this work has as conducting wire the inquiry of the following question: how it is possible that the notion of difference, present on the Heraclitu's fragments, can, at the same time, underlie an ontic sense of world, like the conceived by Nietzsche, and the ontologic sense of world, conceived by Heidegger? The reading of the selected bibliography indicates the possibility of exploration of the hypothesis that, as readers of Heraclitus, Nietzsche and Heidegger agree when identifying the difference as relation; however, they diverge when it refers to the dimension in wich this relation effectively happen. With the objective to underlie the hypothesis proposed, the work was divided in three distinct stages, but related. The first chapter dedicates to analyze the heideggerian reading of the fragments 16, 123, and 51 (DK) of Heraclitus. Taking as starting point these three fragments, it intendes to clarify the direction of the reading and the Heidegger's intention when approaching them. The second chapter intends to point the heraclitian theories present in the nietzschian thought and to elucidate this relation through an interpretative analysis of the Nietzsche's texts where this relation makes itself present. The third chapter aims to demonstrate that Heidegger and Nietzsche find in Heraclitus a central fundamental concept: the question of the difference seen as relation, that is used by both as essential nexus for explicitation of his theories. To conclude, it makes a reevaluation of the dimension where the use of the notion of difference as relation effectively happen.
Keywords: Diferença
Relação
Ôntico
Ontológico
Contradição
Difference
Relation
Ontic
Ontologic
Contradiction
Filosofia grega
Heráclito, 540-480 a. C.
Ontologia
Heidegger, Martin, 1889-1976
Nietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Filosofia Moderna e Contemporânea
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia
Citation: FERRONATTO, Mariza Ardem Scipioni Vial. Difference as relation: readings contemporaries of Heraclitus.. 2009. 140 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2097
Issue Date: 19-Jun-2009
Appears in Collections:Mestrado em Filosofia (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mariza A S Vial Ferronatto.pdf552.82 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.