Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2066
Tipo do documento: Dissertação
Title: A Colheita do Senhor Absoluto: o problema da morte na filosofia de Hegel
Other Titles: The Harvest of the Absolute Lord: the problem of death in Hegel's philosophy
Autor: Piasecki, Dennis Donato 
Primeiro orientador: Utteich, Luciano Carlos
Primeiro membro da banca: Novelli, Pedro Geraldo Aparecido
Segundo membro da banca: Schütz, Rosalvo
Resumo: A presente dissertação tem como objetivo principal investigar o conceito de morte na filosofia de Hegel. Mais precisamente, busca compreender como se desdobra a problemática da morte no interior do sistema hegeliano. A leitura aqui empreendida tem como norteador proposicional a determinação de que a morte, ou seja, a manifestação absoluta da contingência dos entes finitos, é fenômeno necessário para a constituição do próprio sistema. Dessa forma se pretende demonstrar a impossibilidade de considerar o significado da morte, tal como se encontra no texto hegeliano, apenas na unilateralidade de seu sentindo contingencial, mas que também se deve entender a necessidade da morte como a suprassunção da contingência para o desenvolvimento especulativo do espírito. Para demonstração de tal leitura, irei me deter no primeiro capítulo deste trabalho sobre o papel que ocupa a contingência na filosofia de Hegel; no segundo capítulo delimitarei o sentido da morte ontológica e da morte ôntica e o vínculo desta última com a figura da aufheben como o suprimir e o suprassumir da contingência, e; por fim, analisarei no terceiro capítulo em que medida a tematização da morte de deus, tal como desenvolvida por Hegel, reconcilia o sentido ontológico (sistemático) e ôntico (empírico) da morte a partir da representação da morte do absoluto.
Abstract: The present dissertation aims to investigate the concept of death in the philosophy of Hegel. More precisely, it seeks to understand how the issue unfolds the problematic of death within the Hegelian system. Reading has undertaken here as a propositional guiding the determination that death, i.e., the absolute manifestation of contingency of finite beings, is a phenomenon necessary for the formation of the system itself. Thus it is intended to demonstrate the impossibility of considering the meaning of death, as found in the Hegelian text, only in the one-sidedness of his contingency sense, but that one must also understand the necessity of death as the supersession of contingency for speculative development of the spirit. To demonstrate such a reading, I will explore in the first chapter of this work on the role that contingency occupies in Hegel's philosophy; in the second chapter I will determine the meaning of ontological death and ontic death and the bond with the latter with the figure of aufheben as a supression and the sublation of contingency, and; finally, in the third chapter I will analyze the extent to which the theme of the death of God, as developed by Hegel, reconciles the ontological sense (systematic) and ontic (empirical) of death from the representation of the absolute death.
Keywords: Hegel, Georg Wilhelm Friedrich, 1770-1831
Morte
Contingência
Morte ontológica
Morte ôntica
Death
Contingency
Ontological death
Ontic death
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Filosofia Moderna e Contemporânea
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia
Citation: PIASECKI, Dennis Donato. The Harvest of the Absolute Lord: the problem of death in Hegel's philosophy. 2014. 156 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2066
Issue Date: 15-Sep-2014
Appears in Collections:Mestrado em Filosofia (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Denis Donato Piasecki.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.