Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2058
Tipo do documento: Dissertação
Title: Construção e superação das imagens de Sócrates em Nietzsche
Other Titles: Nietzsche's construction and overcoming of the Socrates images
Autor: Meneghatti, Douglas 
Primeiro orientador: Frezzatti Junior, Wilson Antonio
Primeiro membro da banca: Weber, José Fernandes
Segundo membro da banca: Heuser, Ester Maria Dreher
Resumo: Nietzsche e Sócrates são considerados pensadores divisores de água e, como antinomias de tempos pretensamente seguros e sóbrios, ambos souberam detectar as lacunas, ou melhor, o adoecimento histórico-cultural a que pertenciam, no qual viveram, cresceram e pelo qual fizeram de sua vida um contínuo exercício de filosofar. Essa proximidade entre ambos é dilacerada por projetos antagônicos que revelam, ao mesmo tempo, a mais dura antinomia e a mais branda proximidade entre os pensadores. As críticas tão agudas e ferrenhas que são desenhadas por Nietzsche contra Sócrates em obras como O Nascimento da tragédia e o Crepúsculo dos ídolos, nas quais surgem nefastas expressões como demônio , moribundo e doente , são amenizadas com pinturas intermediárias que compõem um cenário cordial, no qual emerge sútil complacência à luminosa figura de Sócrates que desponta como Espírito livre , grande irônico rico em mistérios e como Professor Apolíneo . Sócrates perpassa toda a obra nietzschiana, em meio às mais chocantes críticas e a repentinos elogios. Uma análise das imagens socráticas à luz da filosofia nietzschiana permite navegar nos temas mais profundos abordados pelo filósofo alemão: a diversidade das personagens Sócrates revela a dinamicidade e a própria diversidade de Nietzsche, que apresenta uma filosofia em constante vir-a-ser (Werden), num processo, conjuntamente, belicoso e flexível, pelo qual a filosofia é construída enquanto efetividade (Wirklichkeit), numa busca contínua pela superação de si-mesmo (Selbst), que requer um amor incondicional à vida em sua fatalidade (Verhängniss). O conjunto do trabalho é uma apresentação das imagens de Sócrates no corpus nietzschiano, para mostrar os traços principais que compõem a complexa relação teórica entre os pensadores, bem como os elementos a partir dos quais é possível pensar uma superação do homem socrático enquanto protótipo do homem teórico . Nietzsche diagnostica nesse homem a gênese da decadência ocidental, que se desenvolveu sob a égide do brasão socrático do destemor à morte, graças ao saber, e ao procedimento dialético, que caracterizam a imagem do Sócrates moribundo, principal alvo dos ataques nietzschianos. Desse modo, primeiramente, através de um mapeamento das imagens de Sócrates nas obras e nos fragmentos póstumos do filósofo alemão, poder-se-á ter uma visão mais específica do pensamento nietzschiano, em seguida, levando em consideração a obra Ecce homo, na qual aparecem os pontos centrais dos seus escritos, buscar-se-ão os elementos que distanciam Nietzsche de Sócrates enquanto expressão máxima da decadência ocidental.
Abstract: Nietzsche and Socrates are considered watershed thinkers and carried opposite ideas of allegedly secure and gloomy times, they both knew how to detect the gaps, or better, the historical and cultural illness that they belonged to, and which they lived, grew up and made of their lives a continuous exercise of philosophizing. This proximity of both philosophers is torn for antagonistic project that reveals, at once, the hardest opposition and the most nearness between both thinkers. The so acute and staunch criticism that are drawn by Nietzsche against Socrates in works such as The birth or tragedy and Twilight of the idols, in which appears malign expressions as devil , dying and illness ; are eased by intermediate paintings that make a friendly scenery, in which rises the shining figure of Socrates that comes as free Spirit , "big rich irony in mystery" and as "Teacher Apollonian". Nietzsche brings Socrates in every work, sometimes with shocking criticism and sometimes by suddenly praises. Analyzing the Socrates images through the Nietzsche philosophy lights allow us to travel into the deepest subject that the Germany Philosopher dealt: the diversity of characters Socrates reveals the dynamic and even the Nietzsche diversity that shows a philosophy in contrast come-to-be (Werden), in a process that is flexible and bellicose at the same time, through the philosophy is built while effective (Wirklichkeit), in a continuous pursuit for overcoming oneself (Selbst), this requires an unconditional love for the life in its misfortune (Verhängniss). The whole work is a presentation of images of Socrates under Nietzsche views, in order to show the mainly traces that built the complex theoretical relationship between both thinkers, as well as the elements that give us the possibility of thinking in a overcoming of the man built by Socrates while theoretical man prototype. Nietzsche diagnostics in this human being the genesis of the decadence of the Western that develops itself under the eagis of the Socrates idea of fearlessness of death, thanks to the knowledge and to the dialectic procedure, that characterize the image of the dying Socrates, mainly aim of the Nietzsche attacks. Thus, first, through a mapping of the images of Socrates in his works and in the posthumous fragments of the German philosopher, will be possible to have a vision more specific of the Nietzschean thought. Then considering the work Ecce Homo, in which there are some central points of his works, it will seek for elements that distinguish Nietzsche and Socrates as an expression of the maximum western decadence.
Keywords: Filosofia alemã
Nietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900 - Crítica e interpretação
Sócrates, 470-399 a. C. - Crítica e interpretação
Teatro grego (Tragédia) - História e crítica
Decadência
Personagem conceitual
Sócrates moribundo
Decadence
Conceptual character
Moribund Socrates
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Filosofia Moderna e Contemporânea
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia
Citation: MENEGHATTI, Douglas. Nietzsche's construction and overcoming of the Socrates images. 2014. 118 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2058
Issue Date: 27-Jun-2014
Appears in Collections:Mestrado em Filosofia (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Douglas Meneghatti.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.