Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2051
Tipo do documento: Dissertação
Title: A teoria crítica de H. Marcuse: fundamentação filosófica de um novo princípio de realidade
Other Titles: Critical theory of H. Marcuse: philosophical grounding of a new reality principle
Autor: Leonhardt, Cleberson Odair 
Primeiro orientador: Schütz, Rosalvo
Primeiro membro da banca: Oliveira, Avelino da Rosa
Segundo membro da banca: Conceição, Gilmar Henrique da
Resumo: O objetivo almejado nesta dissertação é estimular uma leitura da obra de Herbert Marcuse que suscite uma compreensão inovadora da sociedade capitalista estabelecida, de maneira a fomentar possibilidades de uma modificação social orientada por dimensões prioritariamente qualitativas. Para tal intento buscou-se, primeiramente, situar Marcuse no contexto da Escola de Frankfurt e da teoria crítica, bem como, demonstrar o desenvolvimento das especificidades da teoria crítica aperfeiçoada por ele. Marcuse ao apropriar-se das ideias de Marx e Freud fez surgir uma possibilidade de ampliação conceitual, viabilizando, por exemplo, a ideia de uma ampliação do lugar social de negação e da contextualização histórica do princípio de realidade. Ao apontar estas ampliações conceituais e a historicidade do princípio de realidade, especificando também a mais-repressão e o princípio de desempenho, Marcuse supera Freud apoiado em Marx e amplia o horizonte temático de Marx apoiado em Freud. Com esta construção teórica-crítica tornou-se possível realizar uma leitura que identifica, inclusive já na base biológica e natural, potencialidades de modificação nas relações sociais humanas. Estas, pautadas, de modo especial, por modificações estruturais em vista de uma nova sensibilidade e de uma nova solidariedade. As perspectivas teóricas assim conquistadas legitimam a possibilidade de certos grupos e movimentos sociais serem considerados novos locais de negação social. Estes teriam desenvolvido e/ou preservado a capacidade de fornecer subsídios para a modificação do princípio de realidade e, portanto, de impulsionar a mudança qualitativa de toda a sociedade. Em tal perspectiva torna-se possível a determinação de parâmetros para a identificação (e fomentação) de capacidades emancipatórias de certos grupos sociais de um modo amplo e fecundo. As possibilidades de engajamento e de mudança, dessa maneira, se ampliam, diversificam e fortalecem.
Abstract: The aim objective of this master thesis is to stimulate a reading on the Herbert Marcuse s work that rises an innovative comprehension of the established capitalist society, in order to foster possibilities for social change guided by primarily qualitative dimensions. For this purpose we sought, first, to situate Marcuse in the context of the Frankfurt School and critical theory, as well as demonstrate the development of the specificities of the critical theory improved by him. When Marcuse appropriated of the Marx and Freud s ideas, he has raised a possibility of conceptual expansion, enabling, for instance, the idea of an extension of the social place of denial and the historical contextualization of the reality principle. By pointing out these conceptual extensions and the historicity of the reality principle, also specifying the surplus- repression and performance principle, Marcuse overcomes Freud supported by Marx and expands Marx thematic horizon supported by Freud. It became possible to perform a reading that identifies, even in the biological and natural base, potential changes in human social relations with this theoretical-critical construction. These, especially guided for structural modifications in view of a new sensibility and a new solidarity. The theoretical perspectives thus conquered legitimize the possibility of certain groups and social movements being considered new locals of social place of denial. These have developed and / or preserved the ability of providing subsidies for the modification of the reality principle and, therefore, boost the qualitative change of the whole society. In this perspective it becomes possible to determine parameters for identifying (and fostering) emancipatory capacities of certain social groups in a broad and fruitful way. The possibilities of engagement and change, thus, expanded, diversified and strengthened.
Keywords: Teoria crítica
Princípio de realidade
Princípio de desempenho
Lugar social de negação
Modificação qualitativa
Movimentos sociais
Critical theory
Reality principle
Performance principle
Social place of denial
Qualitative change
Social movements
Filosofia alemã
Frankfurt, Escola de sociologia
Marcuse, Herbert, 1898-1979 - Crítica e interpretação
Ralidade
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Filosofia Moderna e Contemporânea
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia
Citation: LEONHARDT, Cleberson Odair. Critical theory of H. Marcuse: philosophical grounding of a new reality principle. 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2051
Issue Date: 20-Aug-2013
Appears in Collections:Mestrado em Filosofia (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cleberson Odair Leonhardt.pdf889.88 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.