Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2027
Tipo do documento: Dissertação
Title: Os editoriais do jornal O Paraná: análise sobre as relações discursivas e política partidária
Other Titles: The journal editorial Paraná: analysis on relations and discursive partisan politics
Autor: Sales, Liliane Aparecida Marquardt 
Primeiro orientador: Alves, Gustavo Biasoli
Primeiro membro da banca: Coito, Roselene de Fatima
Segundo membro da banca: Dombrowski, Osmir
Resumo: A presente dissertação tem por objetivo refletir sobre as relações discursivas evidenciadas nos editoriais do jornal O Paraná e a política partidária. O corpus de estudo refere-se à leitura e à análise de dezenove editoriais que possuem enunciados referentes à Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional, nos anos de 1979, 1984 e 2007. O estudo baseou-se no método Arqueológico defendido por Michael Foucault (2013), que possibilitou reconhecer as mais variadas condições de emergência e produção do discurso e os feixes de relação que contribuíram para a construção das relações discursivas partidárias favoráveis, ou não, ao Governo Federal nos anos supracitados. Para tanto, partiu-se do pressuposto de que os meios de comunicação de massa se configuram em oligopólios, uma vez que defendem interesses políticos e, por meio do editorial, propagam os discursos desses grupos. Assim, a notícia é concebida como um produto, cujo conteúdo enunciativo se direciona ao mercado. Tal conclusiva demandou de um olhar descritivo para os enunciados, a partir do qual se verificou que diversas marcas linguísticas corroboraram para manifestar a intencionalidade do discurso jornalístico e o posicionamento político. No ano de 1979, a empresa jornalística em estudo inclinou-se aos interesses progressistas do Governo Federal de que Itaipu Binacional fosse referência de desenvolvimento nacional, silenciando a Formação Discursiva em relação ao movimento de luta pela terra, que também permeava a sociedade naquela época. Em 1984, o país vivenciava a transição da ditadura para a democracia, e O Paraná explicita, em seus editoriais, os embates políticos desse período. Ao analisar os editoriais de 1984, verifica-se a aproximação da Formação Discursiva de oposição ao regime vigente, revelando uma dispersão em relação ao discurso de 1979. Contudo, em 1984, também se observaram momentos de regularidade, direcionando-o à Formação Discursiva ufanista proferida pelos militares. Já no ano de 2007, em plena democracia, o discurso apresenta uma regularidade quando seus editoriais se referem à Itaipu Binacional, como sinônimo de desenvolvimento. Ao analisar os enunciados, que têm como objeto discursivo a Usina, pode-se constatar que a regularidade do discurso foi determinada pelos feixes de relações no âmbito político que a empresa jornalística possuía nos períodos de produção dos editoriais estudados.
Abstract: This work aims to reflect on the discursive relations evidenced in newspaper editorials "Parana" with partisan politics. The study corpus refers to the reading and analysis of fifteen editorials have stated regarding the hydroelectric plant Itaipu Binacional in the years 1979, 1984 and 2007. The entire study was based on the archaeological method advocated by Michel Foucault (2013) which allowed recognize the most varied emergency conditions and production of speech and respect beams contributing to the construction of favorable partisan discursive relations, or not, the federal government above us. To this end, it started with the assumption that the mass media constitute in oligopolies because defend their interests through the editorial, which propagates the discourse of these groups. As noted in this context the news can be seen as a product and market-driven. In the description of statements, it appears that the various linguistic marks corroborate the newspaper's intention to manifest their political position. In 1979, the newspaper company inclined to the interests proposed by the Federal Government that Itaipu would be national development reference, silencing the Discourse Formation in relation to the movement of struggle for land, which permeated society at that time. It is observed that in 1984, the country experiencing the transition from dictatorship to democracy, and "Paraná" explicit, in its editorial, the political clashes of this period and, through discourse, approaching opposition from FD to the regime current, showing the dispersion of speech. However, at times, editorials express regularity in his speech, directing it to the vainglorious FD uttered by the military. Already in 2007, in full democracy, the discourse presents a regularly when his editorials refer to Itaipu Binacional, as a synonym for development. By analyzing the statements, which address the issues on the plant, it can be seen that the regularity of the speech was given by bundles of relations in the political sphere that the news organization had in production periods of the studied editorials.
Keywords: Itaipu Binacional
Discurso
Jornal O Paraná
Speech
Newspaper Paraná
CNPq areas: CNPQ::OUTROS::CIENCIAS SOCIAIS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Fronteiras, Identidades e Políticas Públicas
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Sociais
Citation: SALES, Liliane Aparecida Marquardt. The journal editorial Paraná: analysis on relations and discursive partisan politics. 2015. 116 f. Dissertação (Mestrado em Fronteiras, Identidades e Políticas Públicas) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2027
Issue Date: 30-Sep-2015
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Liliane A M Sales.pdf5.26 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.