Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1960
Tipo do documento: Dissertação
Title: Glicerol na dieta de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus)
Other Titles: Glycerol in diet for Nile tilápia (Oreochromis niloticus)
Autor: Neu, Dacley Hertes 
Primeiro orientador: Furuya, Wilson Massamitu
Primeiro coorientador: Boscolo, Wilson Rogério
Primeiro membro da banca: Feiden, Aldi
Segundo membro da banca: Reidel, Adilson
Resumo: O maior custo de produção em um cultivo de peixes está relacionado a nutrição dos animais que passa dos 50%, por isso, foram realizados dois experimentos baseados na digestibilidade e inclusão do glicerol para tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus). O objetivo deste trabalho foi avaliar a digestibilidade aparente de três fontes de gliceróis, bruto óleo vegetal (GBV), glicerol semi-purificado misto (GSM) e glicerol semi-purificado vegetal (GSV) (experimento 1) e, posteriormente determinar até que nível de inclusão esse alimento pode ser utilizado em dietas para tilápias e se o mesmo provoca alterações nas características bioquímicas do sangue e na composição centesimal dos animais (experimento 2). No experimento 1, utilizou-se 40 peixes com peso médio de 343,12 ± 77,71 g, distribuídos em quatro tanques de 180 litros com fundo cônico, num delineamento experimental em quadrado latino. Foram confeccionadas quatro dietas experimentais, sendo uma referência e três testes, compostas com a inclusão de 20% do alimento teste e 80% da dieta referência. Como indicador foi utilizado o óxido de cromioIII (0,1% da dieta). Foram obtidos valores de energia digestível do glicerol bruto óleo vegetal (GBV), glicerol semi-purificado misto (GSM) e glicerol semi-purificado vegetal (GSV), de 3058,55; 2610,55; 1754,70 kcal.kg-1, respectivamente. Para o experimento 2, utilizou-se o glicerol que possuía maior quantidade de energia digestível (GBV) e confeccionou-se cinco rações, contendo níveis crescentes de glicerol (0,0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10%), por um período de 79 dias e fornecidas a 300 juvenis de tilápia do Nilo com peso médio de 29,15 ± 8,40 g e 11,55 ± 0,87 cm de comprimento. Após esse período foi avaliado o desempenho dos animais através do peso final (PF), comprimento final (CF), sobrevivência (SO), ganho de peso (GP), conversão alimentar (CA), taxa de crescimento específico (TCE) fator de condição (FC), índice hepatossomático (IHS) e gordura visceral (GV). Para as avaliações dos parâmetros bioquímicos do sangue foram avaliados proteína (PROT), triglicerídeos (TRIG), colesterol (COLE), lipoproteína HDL, glicose (GLIC) e lipoproteínas VLDL e LDL. Para a determinação da composição centesimal foram avaliadas a umidade, lipídeos, proteínas e cinzas. Não houve diferença estatística entre os diferentes tratamentos sobre o desempenho zootécnico dos animais. Para os parâmetros bioquímicos apenas a lipoproteína HDL teve diferença estatística (P<0,05), sendo superior no grupo de peixes alimentados com 0,0 e 7,5%, não diferindo dos animais que foram alimentados com 5,0 e 10,0%. Para a composição centesimal dos juvenis de tilápia foi verificada diferença na quantidade de lipídeos (P<0,05), que tiveram os maiores valores nos peixes alimentados com 5,0% de glicerol. Pode ser incluso 10% do alimento que não ocorre prejuízos zootécnicos nem qualquer dano a saúde dos animais.
Abstract: The higher cost of production at a fish culture is related to nutrition of animals that pass of 50%, so, two experiments were conducted based on digestibility and inclusion of glycerol for the Nile tilapia (Oreochromis niloticus). The purpose of this study was to evaluate digestibility of three sources of glycerol, crude vegetable oil (GBV), semi-purified mixture glycerol (GSM) and semi-purified plant glycerol (GSV) (experiment 1) and then determine to what level of inclusion that food can be held in diets for tilapia and whether it causes changes in blood chemistry characteristics and centesimal composition of animals (experiment 2). In experiment 1, we used 40 fish with mean weight of 343,12 ± 77,71 g distributed in four tanks with 180 liters conical bottom, in a randomized Latin square design. Four experimental diets were prepared, one reference and three tests, composed with the inclusion of 20% of the test food and 80% of the reference diet. Chromic oxideIII was used as inert indicator (0,1% of diet). We obtained the digestible energy of crude glycerol vegetable oil (GBV), semi-purified mixture glycerol (GSM) and semi-purified plant glycerol (GSV) of 3058,55; 2610,55; 1754,70 kcal.kg-1, respectively. For experiment 2, we used the glycerol that contained higher amount of digestible energy (GBV) and it was made five diets containing increasing levels of glycerol (0,0; 2,5; 5,0; 7,5 and 10%) for 79 days and provided to 300 juveniles of Nile tilapia with mean weight of 29,15 ± 8,40 g and 11,55 ± 0,87 cm in length. After this period has evaluated the performance of animals by final weight (FW), length (FL), survival (S), weight gain (WG), feed conversion (FC), specific growth rate (SGR) factor condition (FC), hepatosomatic index (IHS) and visceral fat (VF). For the evaluation of blood biochemical parameters were evaluated protein (PROT), triglycerides (TRIG), cholesterol (COLE), HDL lipoprotein, glucose (GLUC) and VLDL and LDL lipoproteins. To determine the chemical composition were evaluated moisture, lipids, protein and ash. There was no statistical difference between the different treatments on the growth performance of animals. For the biochemical parameters of HDL lipoprotein was only statistically significant difference (P<0.05), being higher in the groups fed with 0,0 and 7,5%, did not differ from animals that were fed 5,0 and 10,0%. For the centesimal composition of tilapia juvenile differences were observed in the amount lipids (P<0.05), which had the highest values in fish fed with 5,0% glycerol. Can be included 10% of the foodl that does not occur any damage to animal health.
Keywords: Aquicultura
Tilápias
Digestibilidade
Glicerol
Alimento alternativo
Aquaculture
Tilápia
Digestibility
Glycerol
Alternative food
Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) - Alimentação e rações
Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) - Nutrição
Peixes - Dieta com glicerol
Nutrição animal
Glicerol como ração
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Citation: NEU, Dacley Hertes. Glycerol in diet for Nile tilápia (Oreochromis niloticus). 2011. 59 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1960
Issue Date: 11-Feb-2011
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dacley Hertes Neu.pdf348.86 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.