Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1957
Tipo do documento: Dissertação
Title: Morfometria e crescimento alométrico de larvas de duas espécies de peixes migradores de grande porte, nativos da América do Sul
Other Titles: Morphometry and allometric growth in larval ontogeny of two species of large migratory fish native from South America
Autor: Rodrigues, Adilson 
Primeiro orientador: Margarido, Vladimir Pavan
Primeiro coorientador: Makrakis, Maristela Cavicchioli
Primeiro membro da banca: Shibatta, Oscar Akio
Segundo membro da banca: Sanches, Paulo Vanderlei
Resumo: O objetivo deste trabalho foi detectar diferenças morfométricas entre as larvas de Hemisorubim platyrhynchos e Pseudoplatystoma corruscans em diferentes estágios de desenvolvimento larval, como também no crescimento alométrico dessas duas espécies de peixes de relevância econômica e ecológica na América do Sul. As larvas foram separadas em seis estágios de desenvolvimento larval ontogenético (larval vitelino, pré-flexão, início de flexão, flexão, final de flexão e pós-flexão), determinando marcos anatômicos que possibilitaram agrupá-las em três séries de distâncias geométricas. Para encontrar possíveis padrões morfométricos (similar ou não) entre as larvas das duas espécies nos diferentes estágios de desenvolvimento foi aplicada a Análise de Componentes Principais (ACP) para cada série de distâncias. A análise de variância bifatorial (espécies e estágio de desenvolvimento) foi usada sobre os eixos retidos da ACP para a interpretação dos dados e testar as possíveis diferenças. Para verificar a existência de padrão alométrico nas espécies, os escores gerados pelo eixo 1 da ACP foram utilizados para estimar os coeficientes alométricos multivariados. A ACP para a série I separou as espécies (H. platyrhynchos e P. corruscans) e estágios (larval vitelino e pré-flexão). Na série II H. platyrhynchos não mostrou diferença entres os estágios larvais, porém para P. corruscans ocorreu desenvolvimento acentuado a partir do estágio de flexão ao final de flexão, possibilitando a separação de H. platyrhynchos. No estágio de pós-flexão (série III), a separação morfométrica entre as espécies não foi evidente. As espécies são distintas morfometricamente especialmente nos estágios iniciais de desenvolvimento larval, diferenças atribuídas principalmente ao formato e volume do saco vitelino à eclosão e ao tamanho das larvas, apesar de algumas similaridades nos padrões de crescimento de diferentes regiões do corpo. O crescimento alométrico das larvas correspondeu a eventos do desenvolvimento e comportamentais observados na ontogenia inicial das espécies. Este estudo sobre morfometria geométrica e crescimento alométrico das larvas de H. platyrhynchos e P. corruscans poderá auxiliar as pesquisas em biologia pesqueira, subsidiando as estratégias de manejo e conservação das populações naturais.
Abstract: The aim was to detect morphometric differences in the stages of larval development Hemisorubim platyrhynchos and Pseudoplatystoma corruscans and allometric growth in these two fish species of ecological and economic relevance in South America Larvae were separated into six stages of development ontogenetic larval (yolk sac larval, preflexion, initial of flexion, flexion, end of flexion and post flexion). That allowed Landmarks grouping them in three series of geometric distances. Was applied to PCA for each series of distances between different stages of larval development of both species to examine the morphometric patterns (similar or not). The factorial analysis of variance (species and stage of development) was used above retained axes of PCA for interpretation of data and test the possible differences. To verify the existence of allometric pattern in species, the scores generated by the first axis of PCA was used to estimate the multivariate allometric coefficients. The series I from PCA segregated (H. platyrhynchos and P. corruscans) the species and stages (larval yolk and pre-flexion). In the series II H. platyrhynchos showed no differences between the larval stages, but for P. corruscans was marked development from the flexion stage to the late flexion allowing a separation of H. platyrhynchos. In post-flexion stage (series III) morphometric discrimination between species was not evident. In relation to the allometric growth, the increase regions-median cephalic and caudal was accentuated in the early stages of both species in question, tending to isometry as the species developed. This work was possible morphometric differentiation of species in larval stages of development, aside from a post-flexion.
Keywords: Hemisorubim platyrhynchos
Pseudoplatystoma corruscans
Rede de treliça
Ictioplâncton
Pimelodidae
Hemisorubim platyrhynchos
Pseudoplatystoma corruscans
Truss network
Ichthyoplankton
Pimelodidae
Peixes migradores - Morfometria
Peixes migradores - Crescimento
Peixes migradores - Alometria
Surubim (Peixe)
Pintado (Peixe)
Larvicultura
Peixes de água doce
Morfometria geométrica
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Citation: RODRIGUES, Adilson. Morphometry and allometric growth in larval ontogeny of two species of large migratory fish native from South America. 2010. 29 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1957
Issue Date: 30-Jul-2010
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Adilson Rodrigues.pdf562.59 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.