Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1956
Tipo do documento: Dissertação
Title: Variação sazonal da composição, densidade e biomassa da comunidade fitoplanctônica do Rio São João, Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, Brasil
Other Titles: Seasonal variation in composition, density and biomass of phytoplankton community of the São João River, Iguaçu National Park, Paraná State, Brazil
Autor: Bortolini, Jascieli Carla 
Primeiro orientador: Bueno, Norma Catarina
Primeiro membro da banca: Sébastien, Nyamien Yahaut
Segundo membro da banca: Train, Sueli
Resumo: Este trabalho objetivou analisar a variação sazonal da estrutura da comunidade fitoplanctônica em um rio subtropical através dos dados de composição, riqueza, densidade e biomassa em função das variáveis ambientais. As amostragens do fitoplâncton e variáveis abióticas foram realizadas entre agosto de 2008 e julho de 2009, em três estações em secção longitudinal, à subsuperfície no Rio São João, tributário do Rio Iguaçu, Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, Brasil. Para estimar a densidade utilizou-se o método de Utermöhl e para biomassa a estimativa foi realizada através do biovolume. As variáveis abióticas foram sintetizadas através da Análise de Componentes Principais (PCA) e os dados de densidade e biovolume das espécies através da Análise de Correspondência Destendenciada (DCA). Foram identificados 221 táxons, sendo Bacillariophyceae o grupo mais representativo. A maior riqueza de espécies atingiu 40 táxons em setembro de 2008 na estação 1. Os maiores valores de densidade fitoplanctônica foram registrados em março de 2009, estação 1. As classes dominantes em densidade foram Chrysophyceae e Bacillariophyceae. O biovolume foi em geral baixo, não ultrapassando 1 mm3.L-1 sendo o maior valor registrado em março de 2009, estação 2. As variações temporais significativas na composição da comunidade fitoplanctônica ocorreram devido à alternância das condições limnológicas, principalmente em relação à temperatura, o que proporcionou a alteração na estruturação fitoplanctônica, porém, espacialmente a composição foi muito similar, devido à proximidade das estações, e também a similaridade da distribuição da comunidade em ambientes lóticos, em função do fluxo unidirecional.
Abstract: This study aimed to analyze the seasonal variation of the phytoplankton community structure in a subtropical river through composition, richness, density and biomass data in function of environmental variables. Samplings of phytoplankton and abiotic variables were carried out between August 2008 and July 2009, at three stations in longitudinal section, at the subsurface of São João River, tributary of the Iguaçu River, Paraná State, Brazil. To estimate the density we used the Utermöhl method and biomass estimation was performed using the biovolume. Abiotic variables were summarized by Principal Component Analysis (PCA) and the data density and biovolume of species by Detrended Correspondence Analysis (DCA). We identified 221 Bacillariophyceae taxa, the more representative group. The most species-rich taxa reached 40 in September 2008 at station 1. The highest values of phytoplanktonic densities were recorded on March 2009, station 1. The Chrysophyceae and Baccillariophyceae classes were dominant in density. The biovolume was generally low, not exceeding one 1 mm3.L-1 with the highest value recorded in March 2009, station 2. The seasonal variation in phytoplankton composition were due to alternation of limnological conditions, especially in relation to temperature, which caused the change in structuring phytoplankton, however, the spatial composition was very similar, due to the proximity of the stations, and also the similarity of the distribution of the community in lotic environments, due to the unidirectional flow.
Keywords: Fitoplâncton
Lótico
Parque Nacional do Iguaçu
Variação sazonal
Phytoplankton
Lotic
Iguaçu National Park
Seasonal variation
Comunidade fitoplanctônica
Estrutura e dinâmica
São João, Rio
Fitoplâncton de água doce
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Citation: BORTOLINI, Jascieli Carla. Seasonal variation in composition, density and biomass of phytoplankton community of the São João River, Iguaçu National Park, Paraná State, Brazil. 2010. 33 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1956
Issue Date: 15-Jul-2010
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jascieli Carla Bortolini.pdf380.3 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.