Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1931
Tipo do documento: Dissertação
Title: Desenvolvimento ovocitário e testicular de Rhamdia voulezi e Steindachneridion melanodermatum, espécies endêmicas do rio Iguaçu, Paraná-Brasil
Other Titles: Oocyte and testicular development of Rhamdia voulezi and Steindachneridion melanodermatum, endemic species of Iguaçu River, Parana-Brazil
Autor: Sary, Cesar 
Primeiro orientador: Feiden, Aldi
Primeiro coorientador: Fávaro, Luís Fernando
Primeiro membro da banca: Romagosa, Elizabeth
Segundo membro da banca: Bittencourt, Fabio
Resumo: O objetivo do presente estudo foi verificar o desenvolvimento ovocitário e testicular de duas espécies, Rhamdia voulezi e Steindachneridion melanodermatum. Para R. voulezi, 500 peixes com quatro meses e peso médio de 11,70g foram estocados em tanque-rede (TR) e coletados mensalmente, para S. melanodermatum,170 peixes com quatro anos e peso médio de 799,06g foram distribuídos em dois sistemas de cultivo, viveiro escavado de terra (VE) e TR, e bimestralmente coletados. Os animais coletados foram eutanasiados, pesados, medidos e as gônadas avaliadas macro e microscópicamente. Foram calculados os índices gonadossomático (IGS), hepatossomático, gordura celomática e fator de condição &#8710;K. As gônadas fixadas em solução de Bouin foram desidratadas, diafanizadas e emblocadas em paraplast. Os cortes de 5&#956;m, corados pela técnica HE. Em ambas as espécies as gônadas são estruturas pares, localizadas dorsalmente na região da cavidade abdominal e fundidas na extremidade posterior formando o oviduto e ducto espermático. Em R. voulezi o desenvolvimento ovariano foi classificado nas fases imaturo, desenvolvimento (inicial, intermediária e final), apto a desova e regressão e desenvolvimento testicular nas fases imaturo, desenvolvimento, apto a liberar esperma e regeneração, com fêmeas em fase apta a desova nos meses de dezembro a março, período com os maiores valores do IGS e &#8710;K. Para S. melanodermatum , fêmeas e machos coletados em VE apresentaram os maiores valores de peso e comprimento total médio no período de coleta (p<0,05), no entanto não foi verificado diferença macro e microscópica nos ovários e testículos dos animais mantidos em VE ou TR, sendo determinadas quatro fases de desenvolvimento gonadal (imaturo, desenvolvimento, apto a desova/liberar esperma e regeneração). Fêmeas e machos de S. melanodermatum aptos à desova foram coletados nos meses de outubro e dezembro, período com os maiores valores do IGS e &#916;K. Em testículos de S. melanodermatum evidenciou-se a presença de folículos ovarianos em crescimento primário.
Abstract: The aim of this study was to verify the oocyte and testicular development of two species Rhamdia voulezi and Steindachneridion melanodermatum. For R. voulezi, 500 fish with four months old and average weight of 11.70 g were stocked in cages (TR) and collected monthly, for S. melanodermatum, 170 fish with four years old and average weight of 799.06 g were distributed into two cropping systems, pond (VE) and TR, and collected bimonthly. The collected animals were euthanized, weighed, measured and gonads evaluated macro and microscopically. We calculated the gonadosomatic (GSI) and hepatosomatic index, abdominal fat and condition factor &#916;K. The gonads fixed in Bouin solution were dehydrated, diaphanized and embedded in paraplast. The sections of 5&#956;m, stained by technique HE. In both species, gonads are pairs structures located dorsally in region of the abdominal cavity and fused in posterior extremity forming the oviduct and sperm duct. In R. voulezi, the ovarian development was classified in phases such as immature, development (initial, intermediate and final), capable to spawning and regression, and testicular development in phases such as immature, development, capable to release sperm and regeneration, with females in the capable spawning phase in the months from December to March, period with the highest values of IGS and &#916;K. For S. melanodermatum, females and males collected in VE showed the highest values of weight and total length on collection period (p<0.05), however it was not verified macro and microscopic difference in the ovaries and testicles of animals on VE or TR, being determined four phases for gonadal development (immature, developing, capable spawning/release sperm and regeneration). Females and males of S. melanodermatum capable to spawning were collected from October to December, period with the highest values of IGS and &#916;K. In testicle of S. melanodermatum was evidenced ovarian follicles in primary growth.
Keywords: Ovários
Testículos
Fator de condição
IGS
Reprodução
Ovary
Testis
Condition factor
Silver catfish
IGS
Reproduction
Jundiá (Rhamdia voulezi) - Reprodução
Surubim (Steindachneridion melanodermatum) - Reprodução
Reprodução animal - Peixes
Peixes de água doce
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
Citation: SARY, Cesar. Oocyte and testicular development of Rhamdia voulezi and Steindachneridion melanodermatum, endemic species of Iguaçu River, Parana-Brazil. 2014. 82 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1931
Issue Date: 13-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cesar Sary.pdf3.6 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.