Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1867
Tipo do documento: Dissertação
Title: Cinética de bioacumulação do íon Pb+² na macrófita aquática Pistia stratiotes
Other Titles: Lead bioaccumulation kinetic by living aquatic macrophytes Pistia stratiotes
Autor: Costa Junior, Ismael Laurindo 
Primeiro orientador: Quiñones, Fernando Rodolfo Espinoza
Primeiro coorientador: Silva, Edson Antônio Alves da
Primeiro membro da banca: Módenes, Aparecido Nivaldo
Segundo membro da banca: Rizzutto, Márcia de Almeida
Resumo: Neste trabalho investigou-se a remoção de íons Pb+² presentes em uma solução hidropônica pela macrófita Pistia stratiotes viva, comum em lagoas e em lagos rasos dos estados do sul do Brasil. Realizou-se o experimento com espécimes saudáveis de Pistia stratiotes devidamente aclimatadas. Para o cultivo foram usados recipientes plásticos contendo 5 L da solução hidropônica e 2 mg L-1 de Pb durante 35 dias em estufa. Vinte e uma replicatas foram utilizadas no experimento, sendo em cada uma adicionada cerca de 30 g em biomassa úmida da planta previamente aclimatadas. A temperatura e o pH foram monitorados diariamente, além da adição de água deionizada para amenizar as perdas por evaporação. Durante cinco semanas foram realizadas sete coletas das triplicatas de amostras de planta e da solução de cultivo. As amostras de macrófitas, pesadas na montagem do experimento e após a coleta, foram secas em estufa a 80°C durante 72 horas tendo redução de massa em torno de 94%. Cerca de 0,5 g da matéria seca foi digerida em meio ácido e um padrão interno de Gálio foi adicionado as amostras de solução de cultivo ou da planta digerida. Uma alíquota de 5µL foi extraída e depositada na superfície de um disco em acrílico (ø30 mm, 3 mm espessura) sendo seca a temperatura ambiente. Amostras de controle do branco, água deionizada e todos os reagentes usados no experimento foram preparados pelo mesmo procedimento. As concentrações presentes na solução de cultivo e na planta foram medidas pela técnica SR- TXRF. Os dados experimentais da cinética de remoção foram representados pelos modelos cinéticos de Langmuir irreversível, Langmuir reversível, Primeira ordem e Segunda ordem. A capacidade máxima de remoção (qmax) e a constante cinética de bioacumulação (k) foram os parâmetros ajustáveis. O modelo que descreveu de modo mais apropriado a bioacumulação foi o da cinética de Langmuir reversível, apresentando um qmax de 0,21 mg g-1 e k de 0,69 L mg-1 d-1, o que demonstra uma boa remoção de Pb+2 ao longo do tempo.
Abstract: In the present work the lead uptake onto a living free floating aquatic macrophyte Pistia stratiotes was investigated. The bioaccumulation mechanism were applied to understand the metal uptake by the autochthonous free floating Pistia, common in ponds and shallow lakes from southern Brazilian states from a hydroponics solution. The experiment was performed using several healthy acclimatized plants Pistia Stratiotes. For the metal uptake, aquatic plants were grown in plastic containers containing 5 L test liquids and 2 mg L-1 of into a greenhouse for 35 days. Twenty one replicates were used for metal treatment. Only healthy acclimatized plants of a uniform size and weight were selected for experimental purposes. Approximately 30 g wet weights of Pistia stratiotes were put into aqueous solution. The room temperature and pH were daily measured and deionized water was adding to compensate for water losses. Seven collections were carried out during five weeks which both plants and test liquids were collected from three replicate containers of each metal treatment. The plant wet weight was measured before the experiment and after the each collection. Plants were oven-dried at 80°C for 72 hours and weighted reducing their mass around 94 %, and then they were grinded and digested by acid attack. A Gallium internal standard was added to an aliquot of water or digested plant. An aliquot of 5µL was deposited on a pre-cleaned acrylic disk (ø30 mm, 3 mm thick) and dried at room temperature. Blank control samples containing de-ionized water and all reagents used in the experiment were prepared by the same procedure. Metal concentrations on dried weight plants and cultivation water were measured using the SR-TXRF. The data from the lead bioaccumulation experiment using living Pistia stratiotes have been represented by the irreversible Langmuir, reversible Langmuir, first order and second order models. The maximum capacity of lead removal (qmax ) and the kinetic constant of lead bioaccumulation (k) were the adjustable parameters. The model that described in more appropriate way the bioacumulação was of the kinetic of the reversible Langmuir, presenting a qmax of 0,21 mg g-1 and k of 0,69 L mg-1 d-1, what it demonstrates a good removal of Pb+2 to the long one of the time.
Keywords: Pistia stratiotes viva
Chumbo
Bioacumulação
Modelagem cinética
Macrófita aquática
Íons metálicos - Biossorção
Simulação e modelagem
Cinética química
Pistia stratiotes alive
lead
bioaccumulation
modeling kinetic
CNPq areas: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA::PROCESSOS INDUSTRIAIS DE ENGENHARIA QUIMICA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Desenvolvimento de Processos
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia Química
Citation: COSTA JUNIOR, Ismael Laurindo. Lead bioaccumulation kinetic by living aquatic macrophytes Pistia stratiotes. 2007. 128 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento de Processos) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1867
Issue Date: 13-Dec-2007
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Química (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ismael L Costa Junior.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.