Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1775
Tipo do documento: Dissertação
Title: A DOPS e a repressão ao Movimento Estudantil em Curitiba Paraná (1964-1969)
Other Titles: The DOPS and repression of the student movement in Curitiba Paraná (1964-1969)
Autor: Zaparte, Andréia 
Primeiro orientador: Schreiner, Davi Félix
Primeiro membro da banca: Priori, Ângelo Aparecido
Segundo membro da banca: Silva, Carla Luciana Souza da
Terceiro membro da banca: Koling, Paulo José
Resumo: A presente pesquisa busca compreender o engendramento da repressão institucionalizada contra o movimento estudantil, na cidade de Curitiba, Paraná, no período compreendido entre os anos de 1964 à 1969, que correspondem, respectivamente, ao início da ditadura militar no Brasil e, a efetiva extinção da União Paranaense dos Estudantes (UPE) com a dissolução do seu patrimônio, tendo por base os documentos produzidos e/ou arquivados pela Delegacia de Ordem Política e Social (DOPS). Na conjuntura de implantação da ditadura militar, com o golpe de Estado de 1964 e a Doutrina de Segurança Nacional, com a promulgação de Atos Institucionais, Leis e Decretos-Lei, montagem do aparato repressivo e fortalecimento da DOPS, as entidades estudantis, até então existentes, foram substituídas por entidades criadas pela Lei Suplicy (Lei 4.464/64), atreladas à ditadura e sem autonomia. Nesse contexto, o movimento estudantil lutou em favor da Universidade pública, gratuita e de qualidade, pela liberdade democrática e melhores condições de vida, contra a ditadura, o imperialismo, a exploração econômica, a desestruturação do ensino no Brasil e a repressão. Assim sendo, passaram a ser considerados pela polícia política como inimigos internos e, por conseqüência, foram vigiados e perseguidos, muitos foram presos e torturados, outros se engajaram a movimentos de esquerda e atuaram na clandestinidade, outros, foram mortos.
Abstract: The present research seeks to understand the engenderment of institutionalized repression against the student movement in the city of Curitiba, Parana, in the period between the years 1964 to 1969, which correspond respectively to the beginning of the military dictatorship in Brazil, and the effective extinction Paranaense Union of Students (UPE) on the dissolution of its patrimony, based on the documents produced and / or archived for Delegacy of Political and Social Order (DOPS). In the context of deployment of military dictatorship, with the coup of 1964 and the National Security Doctrine, with the promulgation of Institutional Acts, Laws and Decrees, installation and strengthening of the repressive apparatus of DOPS, the student entities, then existing Were replaced by entities created by Suplicy Law (Law 4.464/64), dictatorship and tied to no autonomy. In this context, the student movement has fought favorable of the public university, free and quality education, democratic freedom and better living conditions, from dictatorship, imperialism, economic exploitation, the disruption of education in Brazil and repression. So, now considered by the political police as "internal enemies" and, consequently, were monitored and harassed, arrested and many were tortured, others have engaged the leftist movements and acted in hiding, others were killed
Keywords: Movimento estudantil
DOPS
Repressão e violência
Student movement
DOPS
Repression and violence
CNPq areas: CIÊNCIAS HUMANAS:HISTÓRIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em História
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: ZAPARTE, Andréia. A DOPS e a repressão ao Movimento Estudantil em Curitiba Paraná (1964-1969). 2011. 176 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1775
Issue Date: 28-Apr-2011
Appears in Collections:Mestrado em História (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Andreia_Zaparte_20111.85 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.