Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1762
Tipo do documento: Dissertação
Title: A Voz do Oeste e sua relação com as articulações burguesas e o estado em Toledo (1964 1970)
Other Titles: A Voz do Oeste and its relation to the joints and the bourgeois state in Toledo (1964 1970)
Autor: Souza, Ivanor Mann de 
Primeiro orientador: Calil, Gilberto Grassi
Primeiro membro da banca: Dias, Edmundo Fernandes
Segundo membro da banca: Koling, Paulo José
Terceiro membro da banca: Silva, Carla Luciana Souza da
Resumo: Ao problematizar o Estado atuante em Toledo, partimos de uma discussão inicial sobre sua origem e sua inserção na sociedade civil; buscando identificar o Estado inserido nas relações sociais, indo além da apresentação simplória defendida pelos teóricos do liberalismo. A pesquisa, fundamentada no materialismo histórico, em especial na concepção gramsciana de Estado, tem como objetivo a compreensão da sociedade civil toledense e as relações que esta estabelece na configuração do Estado no município, que é disputado pela burguesia na luta de classes, para defender os seus interesses. A pesquisa trabalha o Estado em Toledo a partir das fontes literárias, dos projetos de Lei aprovados pela Câmara de Vereadores, de arquivos do Museu Histórico de Toledo e, principalmente, fundamenta-se na análise da trajetória do jornal A Voz do Oeste , discutindo a forma como ele se constituiu em um aparelho privado de hegemonia de frações da burguesia local para colocar em prática seu projeto político no âmbito da administração municipal. Para esclarecer como o jornal atuou na defesa de interesses de seus representados, abordamos sua relação com as duas gestões municipais dos prefeitos Avelino Campagnolo (1964 - 1969) e Egon Pudell (1969 - 1970), até o ano em que o jornal foi extinto. Pelo fato das duas gestões serem uma na sequência da outra, é possível compreender a postura do jornal em relação aos dois governos municipais. Embora ambos defendessem interesses de grupos burgueses, é possível perceber que, embora na luta de classes a burguesia intervenha de forma coesa e unificada, visando à manutenção da exploração sobre a classe trabalhadora; as diferentes frações que constituem a burguesia tem fissuras e estas puderam ser percebidas na forma como o jornal se relacionou com as duas administrações e em sua intervenção na disputa da campanha eleitoral para prefeito em Toledo em 1968, quando os grupos burgueses que se expressam através dele agiram efetivamente para atingir os seus objetivos. Assim, o trabalho desenvolve uma discussão sobre as formas organizativas criadas por estes grupos, em especial através da constituição e manutenção do jornal A Voz do Oeste , visando sua afirmação hegemônica
Abstract: In order to problematize the State acting in Toledo, it is taken as base an initial discussion about its origin and its integration into the civil society; it intends to identify the State into the social relationships, going beyond the simple presentation defended by the theoretical liberalists. This research, based on the historical materialism, especially in the gramscian conception of State, aims to understand the civil society of Toledo and the relationships that it establishes in the State configuration with the municipality, which is disputed by the bourgeoisie in the class struggle, in order to defend their interests. This research discuss about the State in Toledo, taking as base literature sources, bills approved by City Council, archives from the Historical Museum of Toledo and it is, essentially, based on the analyses of A Voz do Oeste newspaper trajectory, discussing how it became a private apparatus from the hegemony of some of the local bourgeoisie in order to perform their project within the municipal administration. To clarify how the newspaper was used to defend the interests of its represents, it is noticed its relationship with the two municipal managements of the mayors Avelino Campagnolo (1964-1969) and Egon Pudell (1969-1970), until the year the journal is extinct. By the fact the two mayors managed the city one after the other, it is possible to understand the posture of the newspaper regarding the two municipal governments. Although both mayors defended the bourgeoisie groups, it is possible to realize that even though the bourgeoisie, in the class struggle, is involved cohesively and unified with the objective of the maintenance of the exploitation of the working class, the different fractions that constitute the bourgeoisie have cracks and these can be notice on how the newspaper dealt with the two administrations and in its intervention in the campaign for the mayor electoral dispute in Toledo in 1968, when burghers groups, that expressed themselves through the newspaper, acted effectively to achieve their goals. Therefore, this work builds up a discussion on the organizational forms constituted by these groups, in particular through the establishment and maintenance of the A Voz do Oeste newspaper, aiming its hegemony statement
Keywords: Estado
Burguesia
Hegemonia
State
Bourgeoisie
Hegemony
CNPq areas: CIÊNCIAS HUMANAS:CIÊNCIA POLÍTICA:COMPORTAMENTO POLÍTICO:CLASSES SOCIAIS E GRUPOS DE INTERESSE
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em História
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: SOUZA, Ivanor Mann de. A Voz do Oeste e sua relação com as articulações burguesas e o estado em Toledo (1964 1970). 2010. 196 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1762
Issue Date: 30-Aug-2010
Appears in Collections:Mestrado em História (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ivanor_Souza_20101.1 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.