Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1703
Tipo do documento: Dissertação
Title: A charge na imprensa: o jornal Folha de São Paulo e o humor político (1964-1965)
Other Titles: The caricature in the press: the newspaper Folha de São Paulo and political humor (1964-1965)
Autor: Ubinski, André Gustavo 
Primeiro orientador: Pereira, Ivonete
Primeiro membro da banca: Marques, Ana Maria
Segundo membro da banca: Paziani, Rodrigo Ribeiro
Resumo: A presente dissertação é resultado de pesquisa realizada a partir do jornal Folha de São Paulo durante os dois primeiros anos da ditadura militar brasileira. O recorte temporal busca dar visibilidade aos primeiros anos do governo militar e os discursos que o jornal construiu através da charge. A partir da criação da empresa, em 1921, várias modificações ocorreram, mas as charges como texto de opinião para tratar de política sempre foram utilizadas de maneira abundante. Até a década de 1960 a empresa Folha, era constituída por três periódicos, a Folha da Manhã, Folha da Tarde e Folha da Noite, que nesse mesmo ano foram unificados e deram origem ao jornal Folha de São Paulo. Diante disso, a publicação passou a ganhar um corpo único e a Folha tornou-se um dos grandes representantes da imprensa nacional. Portanto, tendo como base a análise de charges, a partir dos desenhos dos chargistas Nelson Coletti e Orlando Mattos, a intenção consistiu em problematizar os discursos presentes no periódico sobre a vida política nacional. O Golpe Militar que depôs o presidente João Goulart acarretou significativas mudanças na vida política do país, além de estar marcado por uma trajetória de violência contra os direitos humanos e restrições à liberdade. Diante disso, a participação da Folha de São Paulo enquanto formadora de opinião pública tem grande peso nas impressões que a imprensa procurou passar para seu público leitor. O ano de 1964 foi marcado pelo Golpe e pelos ajustes a Constituição e ao governo militar, a busca pela organização do país foi tema das charges encontradas no jornal Folha de São Paulo. A construção de discursos que visavam descobrir inimigos ideais como os comunistas e os corruptos foram temáticas muito presentes nas charges, bem como a ação do governo militar, apresentado na figura do general presidente Castelo Branco, como reformador e salvador do país. Já no ano de 1965 a compreensão de conflitos dentro do poder e as fissuras que envolviam o governo golpista fizeram aparecer a personagem da Falsa Democracia, construindo um discurso ambíguo sobre as práticas governamentais e os conflitos de interesses dentro do governo militar
Abstract: This article is a research result conducted from the newspaper Folha de São Paulo during the two first years of the Brazilian military dictatorship. The time frame aims to give visibility to the first years of the military government and the speech built by the newspaper caricature .. The newspaper Folha de São Paulo arose from the junction of three smaller titles. Therefore, the publication got a single way and the Folha became one of the greatest representatives of the national press. From the foundation of the company in 1921, several changes took place, and the caricatures as text opinion to address policy have always been used abundantly. Therefore, the importance of this type of graphic had in this journal was perceived, and it is also noticeable the construction of a discourse from these prints. Thus, based on the analysis of this art, from the Nelson Mattos Coletti and Orlando‟s drawings, the intention was to analyze the discourse of the newspaper on the national political life. The military coup that overthrew President João Goulart has brought significant changes in the political life of the country, besides being marked by a history of violence against human rights and freedom restrictions. Therefore, the participation of the Folha de São Paulo while forming public opinion has a great importance in the impressions that the press tried to pass to its readership. Thus understanding the importance of the caricature during the period of dictatorship as politically engaged discursive practice, brings this research out. The year 1964 was marked by coups and adjustments by the Constitution and the military government, the search for the organization of the country was the subject of the caricatures found in the newspaper Folha de São Paulo. The construction of the speeches that aimed at discovering ideals enemies as communists and corrupt issues were very present in the caricatures, as well as the action of the military government, shown in the Figure of Castelo Branco, as a reformer and savior of the country attended the caricatures analyzed. In 1965 the understanding of conflicts within the power and the cracks involving the coup government's has already made the Fake Democracy character appear, building an ambiguous discourse on government practices and conflicts of interest within the military government
Keywords: Golpe militar
Folha de São Paulo
Charge
Imprensa
Military coup
Folha de São Paulo
Caricatures
Press
CNPq areas: CIÊNCIAS HUMANAS:HISTÓRIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em História
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: UBINSKI, André Gustavo. A charge na imprensa: o jornal Folha de São Paulo e o humor político (1964-1965). 2014. 120 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1703
Issue Date: 31-Mar-2014
Appears in Collections:Mestrado em História (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Andre_Ubinski_20142.19 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.