Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1687
Tipo do documento: Dissertação
Title: A educação no MST: experiências educativas no Centro de Formação do Assentamento Antônio Companheiro Tavares-PR, 1998-2012
Other Titles: Education in MST: the educational experiences at the Educational Center of the Antônio Companheiro Tavares Settlement State of Paraná, 1998-2012
Autor: Pedron, Simone Tatiana 
Primeiro orientador: Schreiner, Davi Félix
Primeiro membro da banca: Karpinski, Cezar
Segundo membro da banca: Borges, Maria Celma
Terceiro membro da banca: Moreira, Vagner José
Resumo: Este trabalho versa sobre as experiências educativas vivenciadas por trabalhadores rurais no Centro de Formação dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no Assentamento Antônio Companheiro Tavares, localizado no município de São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Paraná, entre 1998 e 2012. A questão norteadora da pesquisa foi a de perceber como os trabalhadores (educandos, assentados e educadores) interpretam e atribuem significados à proposta de educação do MST e como as dimensões desta permeiam as relações sociais nos Assentamentos. Ao mesmo tempo, a Educação do Campo foi identificada enquanto um processo de educação política. Por meio dessa educação, centrada na práxis vivida, objetiva-se a continuidade da luta pela terra e pela reforma agrária no MST, uma vez que a escola e as múltiplas dimensões do cotidiano constituem espaços de formação dos sujeitos, que elaboram noções de direito e lutam coletivamente pelos mesmos. As entrevistas orais, fontes basilares da pesquisa, forneceram indícios significativos ao entendimento das práticas educativas dos trabalhadores, evidenciando um processo de re-significação das vivências destes sujeitos, que vão se constituindo na luta, e a multiplicação de um projeto de educação dos Sem Terra
Abstract: This study deals with the educational experiences of rural workers at the Educational Center for Landless Rural Workers (MST) of the Antônio Companheiro Tavares Settlement, located in the Municipality of São Miguel do Iguaçu, in the west of the State of Paraná, between 1998 and 2012. The focus of this research was to observe how workers (students, settlers and teachers) interpret and attribute meanings to the MST's educational proposal and how its dimensions permeate the social relations within the settlements. At the same time, Rural Education was identified as a process of political education. The objective of this education―focused on a praxis experienced―is the continuity of the MST's struggle for land and the agrarian reform, since school and the multiple dimensions of the daily life comprise spaces for education of these individuals that develop concepts of rights and struggle collectively for them. Oral interviews―basic sources of the research―provided significant signs for the understanding of workers' educational practices, highlighting a process of re-signification of the experiences of these subjects, who constitute themselves through struggle and the multiplication of a Landless' educational project
Keywords: Educação
Itepa
Assentados
MST
Education
Itepa
Settlers
MST
CNPq areas: CIÊNCIAS HUMANAS:HISTÓRIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em História
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: PEDRON, Simone Tatiana. A educação no MST: experiências educativas no Centro de Formação do Assentamento Antônio Companheiro Tavares-PR, 1998-2012. 2012. 151 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1687
Issue Date: 18-Dec-2012
Appears in Collections:Mestrado em História (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Simone_Pedron_20121.78 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.