Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1649
Tipo do documento: Dissertação
Title: Utilização de promotores de crescimento em ração para frangos de corte
Other Titles: Use of growth promoters in feed for broiler
Autor: Borsatti, Liliane 
Primeiro orientador: Nunes, Ricardo Vianna
Primeiro membro da banca: Silva, Yolanda Lopes da
Segundo membro da banca: Scherer, Carina
Terceiro membro da banca: Barbosa, Maria José Baptista
Resumo: Dois experimentos foram realizados para avaliar o efeito da utilização de diferentes promotores de crescimento sobre o metabolismo energético e o desempenho de frangos de corte em crescimento. Foram avaliadas duas dietas experimentais (DN - dieta normal, atendendo às exigências nutricionais; e DR - dieta reduzida, com 5% menos da exigência nutricional), suplementadas ou não com antibióticos e prebióticos, nos períodos de 1 a 10, 11 a 21, 22 a 42 dias de idade. No desempenho, foram utilizadas 1152 aves, divididas em 48 boxes, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado contendo seis tratamentos, oito repetições, em esquema fatorial 2x3 (duas dietas x três promotores de crescimento). Ao final de cada período, as aves e sobras de ração foram pesadas para cálculo das variáveis de desempenho. Aos 21 dias, foi abatida uma ave por unidade experimental (UE) e coletado fragmentos do intestino delgado para análise da morfologia intestinal. Aos 33 dias, foram selecionadas duas aves por UE e retirado o conteúdo cecal para análise microbiológica. Aos 35 dias< foi realizada coleta de sangue via pulsão braquial para análise dos parâmetros sanguíneos. Ao final do experimento< foram abatidas duas aves por UE para cálculos de rendimento de carcaça. No metabolismo, foram utilizados 180 pintos de corte, divididos em 36 gaiolas, distribuídos no mesmo delineamento experimental do ensaio de desempenho, utilizando-se o método tradicional de coleta de excretas. As aves que receberam DR apresentaram piores resultados (P<0,05) para peso médio, ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar. No duodeno e íleo, não houve efeito (P>0,05) sobre altura de vilos, entretanto, para altura de vilos no jejuno, e, profundidade de cripta e relação vilo:cripta em todos os segmentos, houve interação (P<0,05) entre os promotores avaliados, onde a DN contendo prebióticos apresentou melhores resultados. Não houve efeito dos promotores de crescimento sobre a microflora cecal, entretanto, entre as dietas, a DR apresentou maiores contagens de Lactobacilos e Bifidubacterium (P<0,05). A ração sem promotor de crescimento apresentou maiores teores (P<0,05) de triglicerídeos e cálcio. A DR reduziu (P<0,05) o nível de triglicerídeos, porém causou aumento (P<0,05) na deposição de gordura abdominal. Houve interação (P<0,05) entre dieta e promotores de crescimento para os coeficientes de digestibilidade ileal (CDI) da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e extrato etéreo (EE). A DR contendo antibiótico apresentou menor CDI da MS. A DN contendo antibiótico apresentou maior CDI da PB (P<0,05), enquanto que a DR contendo prebiótico apresentou melhor CDI da PB e do EE (P<0,05). Os valores dos coeficientes de digestibilidade total (CDT) da MS, PB e EE apresentaram interação (P<0,05) entre dietas e promotores de crescimento, onde a DR contendo antibiótico apresentou menor CDT da MS e do EE. A DN apresentou maiores valores de energia metabolizável aparente (EMA) e energia metabolizável aparente corrigida para balanço de nitrogênio (EMAn) (P<0,05). Conclui-se que os prebióticos podem ser utilizados como promotores de crescimento para frangos de corte, sem prejudicar o desempenho das aves e que, ao reduzir a exigência nutricional da ração, reduz-se a digestibilidade dos nutrientes
Abstract: Two experiments were carried out to evaluate the effects of using distinct growth promoter over the energetic metabolism and performance of poultry farming. Two experimental diets (ND normal diet according to nutritional requirements and RD reduced diet, with 5% less of nutrients), supplemented or not with antibiotics and prebiotics from 1 to 10, 11 to 21, and 22 to 42 days of age. For performance, we used 1152 chickens, divided into 48 boxes following a completely casualized 2x3 factor design (two diets x three growth promoter) composed of six treatments and eight repetitions. At the end of each period, the animals and the food leftovers were weighed to calculate the performance variables. At 21 days of age, one chicken per experimental units (EU) was slaughtered and portions of the small intestine were collected for morphological analyses. After 33 days, two chickens per EU were selected and the cecum content was removed for microbiological analysis. After 35 days, blood samples were taken from brachial puncture to evaluate blood parameters. By the end of the experimental period, two chickens per EU were slaughtered for evaluating the dressing percentage. For metabolism analysis, we used 180 poultry chicks, divided into 36 cages, distributed according to the experimental design abovementioned in performance analysis by using the traditional method of excreta collection. The animals fed with RD presented the worst results (P<0.05) for mean weight, weight gain, food intake and feed conversion rate. There was no effect (P>0.05) over villi height in duodenum and ileum. However, interaction (P<0.05) was detected between the evaluated promoter and the villi height in jejunum, the crypt depth and the relationship villi:crypt in all segments, inasmuch as ND containing prebiotics yielded the best results. The growth promoter had no effects over cecum microflora although RD resulted in higher amounts of Lactobacilos and Bifidubacterium (P<0.05) when diets were compared. Food free of growth promoters yielded higher levels of triglycerides and calcium (P<0.05). The RD reduced the concentration of triglycerides (P<0.05) but increased the deposition of abdominal fat (P<0.05). Interaction between diet and growth promoters was observed (P<0.05) in relation to the coefficients of ileum digestibility (CID) of dry matter (DM), raw protein (RP) and ethereal extract (EE). The RD containing antibiotics presented lower CID in DM. The ND containing antibiotic presented higher CID in RP (P<0.05), while RD containing prebiotics resulted in higher CID of RP and EE (P<0.05). The coefficient values of total digestibility (CTD) in DM, RP and EE showed interaction (P<0.05) between diets and growth promoters, where the RD containing antibiotic yielded the lowest DTD of DM and EE. The ND resulted in higher values of apparent metabolizable energy (AME) and nitrogen-corrected apparent metabolizable energy (AMEn) (P<0.05). We conclude that prebiotics can be used as growth promoters in poultry, without hindering their performance while the reduction of nutritional demands in food decreases the digestibility of nutrients
Keywords: óleos essenciais
promotor de crescimento
morfologia intestinal
parâmetros sanguíneos
essential oils
growth promoters
intestine morphology
blood parameters
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Produção e Nutrição Animal
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Zootecnia
Citation: BORSATTI, Liliane. Use of growth promoters in feed for broiler. 2012. 64 f. Dissertação (Mestrado em Produção e Nutrição Animal) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Marechal Cândido Rondon, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1649
Issue Date: 29-Feb-2012
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Liliane_Borsatti.pdf2.66 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.