Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1623
Tipo do documento: Dissertação
Title: Níveis de isoleucina digestível sobre o desempenho de fêmeas suínas dos 15 aos 30 kg
Other Titles: Levels of digestible isoleucine on performance of female swines from 15 to 30 kg
Autor: Castilha, Leandro Dalcin 
Primeiro orientador: Pozza, Paulo Cesar
Primeiro membro da banca: Nunes, Ricardo Vianna
Segundo membro da banca: Furlan, Antonio Claudio
Resumo: Com o objetivo de determinar a exigência de isoleucina digestível para fêmeas suínas dos 15 aos 30 kg, foram realizados dois experimentos, um ensaio de desempenho e um balanço do nitrogênio. No primeiro experimento, foram utilizadas 40 fêmeas suínas, mestiças, de alto potencial genético e desempenho médio, com peso vivo inicial de 15,00 ± 0,52kg, distribuídas em um delineamento experimental de blocos ao acaso, constituído de cinco tratamentos (0,45; 0,52; 0,59; 0,66; 0,73% de isoleucina digestível), quatro repetições e dois animais por unidade experimental. No início e no final do experimento, foi realizada a coleta de sangue de um animal por unidade experimental, para determinação da ureia do plasma. Ao final do experimento, o segundo animal de cada unidade experimental foi abatido, para a determinação da composição de carcaça e peso de órgãos. No segundo experimento, foram utilizados 20 suínos, mestiços, machos castrados, com peso vivo inicial de 22,26 ± 1,79kg, distribuídos individualmente em gaiolas de metabolismo, em um delineamento experimental de blocos ao acaso, constituído de cinco tratamentos (0,45; 0,52; 0,59; 0,66; 0,73% de isoleucina digestível) e quatro repetições. No primeiro experimento, houve efeito quadrático (P<0,05) dos níveis de isoleucina digestível sobre o consumo diário de ração, com estimativas de melhor consumo para o nível de 0,704%. Obteve-se efeito quadrático (P<0,05) dos níveis de isoleucina digestível sobre a eficiência de utilização de isoleucina para ganho de peso, com aumento até o nível 0,506%. No segundo experimento, foi observada diferença linear (P<0,05) apenas para o nitrogênio ingerido (g/kg PV0,75/dia), em que o modelo linear apresentou aumento nos valores de N ingerido à medida que aumentaram os níveis de isoleucina digestível nas rações. O nível de 0,506% de isoleucina digestível, para fêmeas suínas dos 15 aos 30 kg, proporcionou a melhor eficiência de utilização de isoleucina para ganho de peso, conferindo uma relação isoleucina:lisina digestível de 0,51. A exigência diária de isoleucina digestível foi de 4,94 g/dia, proporcionando 1,56g de isoleucina digestível/Mcal de energia metabolizável
Abstract: Aiming to determine the digestible isoleucine requirement for female swines from 15 to 30 kg, two experiments were conducted, a performance one and a nitrogen balance. In the first experiment, 40 crossbreed female swines of high genetic potential and average performance were used, with 15.00 ± 0.52 kg initial weight, distributed in a randomized blocks design, consisting of five treatments (0.45, 0.52, 0.59, 0.66, 0.73% digestible isoleucine), four replicates and two animals. At the beginning and the end of the performance experiment one animal per experimental unit was bleed for determination of plasma urea. At the end of the experiment, the second animal of each experimental unit was slaughtered to determine carcass composition and organ weights. In the second experiment, 20 castrated crossbred pigs were used, averaging 22.26 ± 1.79 kg of initial weight, distributed individually in metabolism cages in a randomized blocks design, consisting of five treatments (0.45, 0.52, 0.59, 0.66, 0.73% digestible isoleucine) and four replications. In the first experiment, there was quadratic effect (P<0,05) of digestible isoleucine levels over the daily feed intake, with estimation of best feed intake at level 0,704%. There was quadratic effect (P<0,05) of digestible isoleucine levels over efficiency of isoleucine utilization for weight gain, with increase until 0.506% of digestible isoleucine. In the second experiment, only N intake (g/kg BW0,75/day) was influenced (P<0,05) by digestible isoleucine levels, with linear increase on N intake values as digestible isoleucine levels were increased in the rations. The level of 0.506% digestible isoleucine, for female swines from 15 to 30 kg, provided the best efficiency of isoleucine utilization for weight gain, which digestible isoleucine:lysine relation was 0,51. The daily requirement of digestible isoleucine was 4,94 g/day, providing 1,56g of digestible isoleucine/Mcal of metabolizable energy
Keywords: Exigências nutricionais
Aminoácidos de cadeia ramificada
Balanço de nitrogênio
Composição de carcaça
Parâmetros sanguíneos
Nutritional requirements
Branched chain amino acids
Nitrogen balance
Carcass composition
Blood parameters
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: CASTILHA, Leandro Dalcin. Níveis de isoleucina digestível sobre o desempenho de fêmeas suínas dos 15 aos 30 kg. 2011. 54 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1623
Issue Date: 21-Feb-2011
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Leandro_Castilha_2011550.61 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.