Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1614
Tipo do documento: Dissertação
Title: Desempenho, metabolismo e microbiota intestinal de leitões alimentados com rações contendo probióticos e simbióticos
Other Titles: Performance, metabolism and gut microbiota of piglets fed diets containing probiotics and symbiotics
Autor: Possamai, Maikel 
Primeiro orientador: Pozza, Paulo Cesar
Primeiro coorientador: Pozza, Magali Soares dos Santos
Primeiro membro da banca: Nunes, Ricardo Vianna
Segundo membro da banca: Furlan, Antonio Claudio
Resumo: Foram realizados dois experimentos para avaliar o efeito do uso de probióticos e simbiótico em rações para leitões na fase de creche. O primeiro experimento foi o de desempenho dos leitões dos 21 aos 35, dos 36 aos 49 dias e no período total, sendo também realizada a contagem das bactérias lácticas, coliformes e clostrídios nas fezes dos leitões, aos 35 e 49 dias de idade. A viabilidade econômica da utilização dos probióticos e simbiótico nas rações dos leitões também foi avaliada. Foram utilizados 120 leitões, com 21 dias de idade, com peso médio inicial de 5,80 ± 0,30 kg, distribuídos em um delineamento experimental de blocos ao acaso, em um esquema fatorial constituído de dois níveis de probióticos (0,30 e 0,60%) e três níveis de inclusão de inulina (0,00; 0,25 e 0,50%), totalizando seis tratamentos com cinco repetições. No ensaio de metabolismo foram utilizados 24 suínos machos castrados, com peso vivo médio inicial de 18,00 ± 0,38 kg, distribuídos individualmente em gaiolas de metabolismo, e o delineamento experimental e tratamentos utilizados foram os mesmos descritos no experimento de desempenho, com quatro repetições. Foram determinados os valores de energia digestível, energia metabolizável, os coeficientes de digestibilidade e metabolizibilidade da energia bruta e no final do ensaio metabólico foram coletadas amostras de fezes, por meio de massagem retal, para determinar o pH fecal. A inclusão do probiótico e inulina nas rações não influenciou (P>0,05) o desempenho dos leitões, dos 21 aos 35 e dos 21 aos 49 dias de idade, o índice de custo, o índice de eficiência econômica, a contagem de bactérias acidoláticas, coliformes e clostrídios das fezes. No ensaio metabólico foi observado que a inclusão de probiótico nas rações não influenciou na metabolizibilidade da energia. No entanto, os níveis de inclusão de inulina reduziram (P<0,05) os valores de energia digestível e o coeficiente de digestibilidade da energia bruta, mas não influenciaram no coeficiente de metabolizibilidade da energia bruta. Os valores de pH fecal não foram influenciados pela inclusão de probiótico e simbiótico. O uso de probiótico e inulina, e sua associação, não alteraram o desempenho, a contagem de micro-organismos, a viabilidade econômica e a metabolizibilidade da energia bruta de leitões dos 21 aos 49 dias de idade
Abstract: Two experiments were conducted to evaluate the effect of using probiotics and symbiotic in piglets diets in the nursery phase. The first experiment was the performance of piglets from 21 to 35, from 36 to 49 days and in total period, being also held the count of lactic bacteria, fecal coliforms and clostridia in the piglets faeces at 35 and 49 days old. The economic viability of probiotics and symbiotic used in piglets diets was also evaluated. There were used 120 piglets, with 21 days old, with initial average weight of 5.80 ± 0.30 kg, distributed in a randomized blocks design, in a factorial scheme consisting of two levels of probiotics (0.30 and 0.60%) and three levels of inulin inclusion (0.00; 0.25 and 0.50%), totalizing six treatments with five replicates. In the metabolism trial were used 24 barrows, with average initial weight of 18.00 ± 0.38 kg, distributed individualy in metabolic cages, and the experimental design and treatments used were the same described in the performance experiment, with four replicates. In this trial were determined the values of digestible energy, metabolizable energy, the digestibility and metabolizability coefficients of gross energy and at the end of metabolism trial, were collected fecal samples, by means of retal massage to determine fecal pH. The inclusion of probiotic and inulin in the diets did not influence (P>0.05) the performance of piglets, from 21 to 35 and from 21 to 49 days of age, the cost index, the index of economic efficiency, the count of lactic bacteria, fecal coliforms and clostridia in the faeces. In the metabolism trial was observed that the inclusion of probiotics in the diets did not influence in the energy metabolization. Nevertheless, the levels of inclusion of inulin reduced (P<0.05) the digestible energy and the digestibility coefficient of gross energy, but did not influence in the coefficient of gross energy metabolization. The pH fecal values were not influenced by the inclusion of probiotic and symbiotic. The use of probiotic and inulin, and their association, did not change the performance, thefaeces microbial counts, the economic viability and gross energy metabolization of piglets from 21 to 49 days old
Keywords: Bifidobacterium bifidum
Inulina
Lactobacillus acidophilus
Metabolizibilidade
Suínos
Bifidobacterium bifidum
Inulin
Lactobacillus acidophilus
Metabolization
Pigs
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA:NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: POSSAMAI, Maikel. Desempenho, metabolismo e microbiota intestinal de leitões alimentados com rações contendo probióticos e simbióticos. 2010. 66 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1614
Issue Date: 20-Aug-2010
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maikel_Possamai_2010894.37 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.