Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1573
Tipo do documento: Dissertação
Title: Resíduo seco de destilaria com solúveis (DDGS) na alimentação de frangos de corte
Other Titles: Dried distillers grains with solubles (DDGS) in the feeding of broilers
Autor: Schöne, Rodrigo André 
Primeiro orientador: Nunes, Ricardo Vianna
Primeiro coorientador: Oliveira, Newton Tavares Escocard de
Primeiro membro da banca: Carvalho, Paulo Levi de Oliveira
Segundo membro da banca: Eyng, Cinthia
Resumo: O objetivo deste trabalho foi determinar o valor energético e a digestibilidade de aminoácidos do resíduo seco de destilaria com solúveis (DDGS), e avaliar o efeito da inclusão do DDGS sobre o desempenho e rendimento de carcaça de frangos de corte nas fases de crescimento e terminação. Foram realizados dois experimentos, no primeiro foi realizado um ensaio biológico de coleta total de excretas com o objetivo de calcular os valores de energia metabolizável aparente (EMA) e EMA corrigida para o balanço de nitrogênio (EMAn), bem como o coeficiente de metabolizabilidade da energia metabolizável aparente (CMA) e CMA corrigida para o balanço de nitrogênio (CMAn). Foram utilizados 48 frangos de corte machos da linhagem Cobb, de 21 dias de idade, com peso médio de 932g ± 45g. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com dois tratamentos, sendo um a ração referência (RR) e outro com 20% de DDGS, com 6 repetições, totalizando 12 unidades experimentais com 4 aves cada. Ao término do experimento, foram determinadas a quantidade de ração consumida por unidade experimental e a quantidade total de excretas produzidas. Por meio dos resultados das análises laboratoriais foram calculados os valores de EMA, EMAn, CMA e CMAn. Em um segundo ensaio, foram utilizados 12 galos adultos Leghorn, cecectomizados, com peso médio de 1.912,1 ± 133,73 g, utilizando a técnica de alimentação forçada. Seis aves ingeriram o alimento teste (DDGS) e seis aves foram mantidas em jejum para determinar as perdas endógenas e metabólicas empregadas no cálculo dos coeficientes de digestibilidade verdadeira. Obtidos os valores de aminoácidos ingeridos e excretados e conhecendo-se a fração endógena e metabólica, foram determinados os coeficientes de digestibilidade de cada aminoácido. Os valores de EMA, EMAn, CMA e CMAn, para o DDGS obtidos no presente trabalho foram de 2.461kcal/kg, 2.282kcal/kg, 51,37% e 47,63%, respectivamente. Os valores de aminoácidos totais variam de 0,180% a 3,370%, para triptofano e leucina, respectivamente. Os coeficientes de digestibilidade variaram entre 89,17% (lisina) a 97,01% (leucina). No segundo experimento, foram utilizados 900 frangos de corte, com 21 dias de idade, da linhagem Cobb Slow, divididos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, totalizando 10 tratamentos (5 níveis de inclusão de DDGS e 2 sexos), com cinco repetições e 18 aves por unidade experimental. Os níveis de DDGS estudados foram 0; 5; 10, 15 e 20% de inclusão nas rações experimentais. Aos 35 e 45 dias de idade, as aves foram pesadas, assim como as sobras de ração, para obtenção das variáveis de desempenho. Aos 45 dias de idade, foi avaliado o rendimento de carcaça. Não houve interação (P>0,05) entre sexo e níveis de inclusão do DDGS sobre o desempenho das aves de 21 a 35 dias. O consumo de ração foi maior (P<0,05) para os machos, entretanto, o nível de inclusão de DDGS não afetou (P>0,05) o consumo das aves. O ganho de peso reduziu (P<0,05), entretanto, a conversão alimentar melhorou até a inclusão de 3,27% de DDGS. Não houve interação (P>0,05) entre sexo e níveis de inclusão do DDGS nas rações de frangos de corte, de 21 a 42 dias de idade. O consumo de ração foi maior (P<0,05) entre machos e houve redução no consumo de ração (P<0,05) de machos e fêmeas conforme aumentou a inclusão do DDGS. A conversão alimentar foi menor para os machos (P<0,05) e aumentou (P<0,05) conforme se elevou o nível de DDGS nas rações, independentemente do sexo. O ganho de peso foi maior para os machos (P<0,05) e reduziu (P<0,05) conforme aumentou o nível do alimento nas rações, para machos e fêmeas. Não houve interação (P>0,05) entre os níveis de inclusão de DDGS e o sexo dos frangos de corte para rendimento de carcaça e rendimento de cortes avaliados. Quanto maior a inclusão do alimento menor foi o rendimento da carcaça (P<0,05). O rendimento de peito, de asa, coxa e sobrecoxa não apresentaram efeito significativo (P>0,05). As fêmeas apresentaram maior quantidade de gordura abdominal (P<0,05). A inclusão de DDGS na ração de frangos de corte de 21 a 35 dias de idade até o nível de 3,27% melhora a conversão alimentar. No período de 21 a 42 dias, a inclusão do DDGS nas rações apresentou efeito negativo sobre o desempenho de frangos de corte. Entre 35 e 45 dias de idade, o uso do DDGS reduziu o rendimento de carcaça de frangos de corte e promoveu maior deposição de gordura abdominal nas fêmeas
Abstract: The objective of this study was to determine the energy value and the amino acids digestibility of dried distillers grains with solubles (DDGS), and evaluate the effect of inclusion of DDGS on performance and carcass yield of broilers in the growing and finishing phases. Two experiments were conducted, at first a bioassay of total excreta collection was conducted in order to calculate the apparent metabolizable energy (AME) and AME corrected for nitrogen balance (AMEn) and the coefficient of apparent metabolizable energy (CAM) and CAM corrected for nitrogen balance (CAMn). A total of 48 Cobb 21-days-old male broilers were used, with an average weight of 932g ± 45g. The experimental design was completely randomized with two treatments, being one the reference diet (RR) and other with 20% DDGS, with 6 replicates totaling 12 experimental units with four broilers each. At the end of the experiment the amount of feed consumed by experimental unit was determined and the total amount of excreta produced. Through the results of laboratory tests values of AME, AMEn, CAM and CAMn were calculated. In a second trial, 12 adult cecectomized Leghorn roosters were used, with average weight of 1,912.1 ± 133.73 g, using the forced feeding technique. Six birds ingested food test (DDGS) and six birds were fasted to determine the metabolic and endogenous losses used to calculate the true digestibility coefficients. Obtained the values of amino acids ingested and excreted and after know its endogenous and metabolic fraction the digestibility coefficients of each amino acid were determined. The values of AME, AMEn, CAM and CAMn of DDGS obtained in this study were 2,461kcal/kg, 2,282kcal/kg, 51.37% and 47.63%, respectively. The total amino acid values ranged from 0.180% to 3.370% for tryptophan and leucine, respectively. The digestibility coefficients varied between 89.17% (lysine) to 97.01% (leucine). In the second experiment, 900 Cobb Slow 21-days-old broilers were distributed in a completely randomized design, factorial 2 x 5, totaling 10 treatments (5 DDGS inclusion levels and 2 genders), with five replicates and 18 birds each. The DDGS levels studied were 0; 5; 10, 15 and 20% of inclusion in the experimental diets. At 35 and 45 days old the birds were weighed, as well as the remains of feed to obtain the performance variables. At 45 days old carcass yield was evaluated. There was no interaction (P>0.05) between sex and levels DDGS inclusion on performance of broilers from 21 to 35 days old. Feed intake was higher (P<0.05) for males, however, DDGS inclusion level did not affect (P>0.05) the feed intake of the birds. The weight gain reduced (P<0.05), however feed conversion ratio improved by the inclusion of 3.27% DDGS. There was no interaction (P>0.05) between sex and levels of DDGS inclusion in broiler rations from 21 to 42 days old. Feed intake was higher (P<0.05) for males and feed intake decreased (P<0.05) for males and females as the inclusion of DDGS increased. Feed conversion was lower for males (P<0.05) and increased (P<0.05) as levels of DDGS raised in diets, regardless of gender. Weight gain was higher for males (P<0.05) and reduced (P<0.05) as DDGS level in feed increased, for males and females. There was no interaction (P>0.05) between DDGS inclusion levels and sex of broilers for carcass yield and cuts yield. The higher was the inclusion of evaluated food the lower was the carcass yield (P<0.05). Breast yield, wing, thigh and drumstick showed no significant effect (P>0.05). Females had higher amount of abdominal fat (P<0.05). The inclusion of DDGS in the feed of broilers from 21 to 35 days old to the level of 3.27% improves feed conversion. In the period from 21 to 42 days, the inclusion of DDGS in diets showed a negative effect on the performance of broilers. Between 35 and 45 days of age, the use of DDGS reduced carcass yield of broilers and promoted greater abdominal fat in females
Keywords: Energia metabolizável
Frangos de corte
Metabolismo
Resíduos
Subprodutos
Metabolizable energy
Broilers
Metabolism
Waste
By-products
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA:NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: SCHÖNE, Rodrigo André. Resíduo seco de destilaria com solúveis (DDGS) na alimentação de frangos de corte. 2015. 57 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1573
Issue Date: 16-Jan-2015
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rodrigo_Schone_20151.05 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.