Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1547
Tipo do documento: Dissertação
Title: Integração lavoura pecuária com uso de aveia preta e cornichão no inverno e milho em sucessão
Other Titles: Crop-livestock integration using oat and birdsfoot trefoil in winter and corn in succession
Autor: Ducati, Camila 
Primeiro orientador: Neres, Marcela Abbado
Primeiro coorientador: Castagnara, Deise Dalazen
Primeiro membro da banca: Oliveira, Paulo Sérgio Rabello de
Segundo membro da banca: Oliveira, Elir de
Resumo: Foram conduzidos por dois anos, dois estudos com o objetivo de avaliar o uso da aveia preta de ciclo longo Iapar 61 cultivada solteira ou em associação com a leguminosa cornichão, com plantio do milho em sucessão como cultura de verão. No primeiro estudo avaliaram-se as características estruturais, produtivas, valor nutricional da aveia preta (Avena strigosa Iapar 61) cultivada solteira ou associada ao cornichão (Lotus corniculatus cv. São Gabriel). O segundo experimento foi conduzido em dois anos com o objetivo de avaliar as características estruturais, produtivas, trocas gasosas IRGA (Infra Red Gas Analyser, Li-6400XT, Licor, Lincoln, Nebrasca) e teor de clorofila (Índice SPAD), do milho cultivado em sucessão aos cultivos de inverno citados anteriormente. No primeiro experimento avaliou-se dois cortes da aveia preta no primeiro ano e períodos de pastejo no segundo ano, com intervalos médios de 30 dias. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com parcelas subdivididas no tempo, sendo no primeiro ano: dois sistemas de cultivo: aveia solteira ou aveia consorciada com cornichão com dois períodos de avaliação e quatro repetições. No segundo ano, quatro sistemas de cultivo: aveia plantio convencional, aveia plantio direto sobre palhada do milho, aveia sobressemeada em área de cornichão e cornichão solteiro, com três ciclos de crescimento e quatro repetições. No segundo estudo com milho, o delineamento experimental adotado no primeiro e segundo ano foi em blocos casualizados com parcelas subdivididas no tempo respectivamente. O milho foi estudado em sucessão as seguintes culturas de inverno: aveia preta plantio convencional, aveia preta plantio direto, aveia em associação com cornichão, cornichão solteiro, aveia associada com azevém com adubação nitrogenada e aveia associada com azevém sem adubação nitrogenada, com quatro repetições. Após o plantio do milho do segundo ano, avaliou-se as características estruturais por 70 dias. Antes da colheita do milho, colheram-se manualmente as espigas de três fileiras de milho em quatro metros, onde avaliaram-se o número de fileira de grãos, número de grãos por fileira, diâmetro de espiga, comprimento de espiga, posterior a essas avaliações, foi realizada a trilhagem das espigas para mensuração dos dados de produtividade. Os resultados encontrados no primeiro estudo demonstram que a aveia tem sua produção de matéria seca reduzida quando em associação com o cornichão, mas a produção total (aveia+cornichão) iguala-se aos demais tratamentos. No primeiro ano a produção de matéria seca da aveia preta foi superior quando associada com cornichão no segundo corte (3750 kg ha-1) em comparação ao obtido no sistema de plantio direto da aveia preta (2599 kg ha-1). No segundo ano, a maior produção de matéria seca da aveia preta ocorreu antes do segundo pastejo sob sistema de plantio direto (4451,98 kg ha-1). A aveia eleva o meristema apical com a sucessão de pastejos ou cortes. A aveia preta apresenta antes dos primeiros pastejos, elevado valor nutricional, com altos teores médios de proteína (22,25%) em todos os tratamentos. Entretanto, no final do seu ciclo a associação do cornichão com a aveia, contribuiu para elevar os teores de proteína bruta da forragem visto que esta encontra-se em estágio final do seu ciclo. A digestibilidade in vitro da MS foi elevada tanto para aveia preta cultivada sob sistema de plantio convencional (73,04%) e direto (77,05%), quanto para o cornichão (78,37%), decrescendo com o final do ciclo da aveia. Não foi verificado benefícios para o cultivo do milho em sucessão a leguminosa, devendo realizados novos ensaios avaliando possíveis causas, entre elas efeito alelopático e competição entre plantas
Abstract: Were conducted for two years, with two studies to evaluate the use of oat long cycle Iapar 61 single or grown in association with legumes birdsfoot trefoil, with planting of corn in succession as a summer crop. The first study evaluated the structural, production characteristics, nutritional value of oat (Avena strigosa Iapar 61) grown single or associated with birdsfoot trefoil (Lotus corniculatus cv. St. Gabriel). The second experiment was conducted in two years with the aim to evaluate the structural , production characteristics , gas exchange IRGA (Infra Red Gas Analyser , Li - 6400XT , Licor , Lincoln , Nebraska) and chlorophyll content (SPAD index) of maize grown in succession to winter crops mentioned above . In the first experiment, two courts of oats in the first year and grazing periods in the second year, with average intervals of 30 days. The experimental design was a randomized complete block design with split plot, with the first year: two cropping systems: single or intercropped with birdsfoot trefoil with two periods of four replicates and oats oatmeal. In the second year, four tillage systems: conventional tillage oats, oat stubble tillage on corn, oats overseeded area of birdsfoot trefoil and single, with three cycles of growth and four replications. In the second study with corn, the experimental design used in the first and second year was a randomized split plot with blocks respectively. The following winter crops Corn was studied in succession: oat conventional tillage, no-till oats, oats in combination with birdsfoot trefoil, birdsfoot single, oats associated with nitrogen fertilization on ryegrass and oats associated with ryegrass nitrogen fertilization, with four replications. After planting corn the second year, we assessed the structural features for 70 days. Before the corn harvest, were picked manually ears of corn in three rows of four meters, which evaluated the number of grain rows, number of kernels per row, ear diameter, ear length, subsequent to these reviews, was made the threshing of grain for measurement of productivity data. The findings of the first study show that oats have reduced their production when combined with birdsfoot dry matter, but the total production (oat + birdsfoot trefoil) equates to the other treatments. In the first year dry matter yield of oats was higher when associated with birdsfoot the second cut (3750 kg ha - 1) compared to that obtained in the tillage of oat (2599 kg ha -1). In the second year, the highest dry matter production of oat occurred before the second grazing under no-tillage (4451.98 kg ha - 1). Oats elevates the apical meristem with the succession of grazing or cutting. The oat presents before the first grazing, high nutritional value, with high average levels of protein (22.25 %) for all treatments. However, at the end of its cycle the association of birdsfoot trefoil with oats, helped to raise the crude protein content of forage as this is in the final stage of its cycle. In vitro digestibility of DM was high for both oat grown under conventional tillage (73.04 %) and direct (77.05 %), and for birdsfoot trefoil (78.37 %), but decreased at the end of the cycle oat. There was no benefit to the cultivation of corn grown after legume and should performed new tests assessing possible causes, including allelopathic effect and competition among plants
Keywords: Digestibilidade in vitro da matéria seca
Leguminosa perene de inverno
Manejo aveia
Pastagem de inverno
In vitro digestibility of dry matter
Management oats
Perennial legume winter
Winter grazing
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: DUCATI, Camila. Integração lavoura pecuária com uso de aveia preta e cornichão no inverno e milho em sucessão. 2014. 72 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1547
Issue Date: 21-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Camila_Ducati_20141.2 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.