Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1543
Tipo do documento: Dissertação
Title: Caracterização dos sistemas de produção leiteiros e fatores de risco para mastites subclínicas
Other Titles: Characterization of dairy production systems and risk factors for the subclinical mastitis
Autor: Lange, Maichel Jhonattas 
Primeiro orientador: Zambom, Maximiliane Alavarse
Primeiro coorientador: Damasceno, Julio Cesar
Segundo coorientador: Pozza, Magali Soares dos Santos
Primeiro membro da banca: Zonin, Wilson João
Segundo membro da banca: Bánkuti, Ferenc Istvan
Resumo: A produção de leite no Brasil é de natureza complexa, pois depende de uma base constituída de produtores de baixa escala de produção e grande diversidade de estratégias. Apesar do volume de leite produzido, a qualidade da matéria-prima é um dos maiores entraves ao desenvolvimento tecnológico da atividade no Brasil. Dentre os entraves, toma destaque a contagem de células somáticas do leite. Com o objetivo de caracterizar os sistemas de produção de leite e identificar diferenças de manejo entre os grupos formados, identificando os fatores de risco que levam à mastite subclínica e os principais agentes causadores da mesma, no município de Marechal Cândido Rondon-PR, foram realizados dois trabalhos. Primeiramente, foram realizadas 735 entrevistas semiestruturadas, com produtores de leite, utilizando questionário guia referente às práticas de manejo e à diversidade dos sistemas de produção. Com auxílio da análise de cluster , formaram-se cinco grupos distintos e homogêneos (G1, G2, G3, G4 e G5) de sistemas de produção. Após a formação dos cinco grupos, escolheu-se aleatoriamente 10% dos produtores de cada grupo, para que esses representassem o grupo em si, totalizando 73 sistemas escolhidos. Posteriormente, coletou-se leite do tanque em 73 propriedades. Após constatar quais propriedades não se enquadravam na instrução normativa 62 do MAPA, realizou-se uma segunda coleta nessas propriedades, coletas que consistiam na aplicação de dois questionários, acompanhamento de uma ordenha e coleta de leite de três vacas que apresentassem CMT positivo. Na análise de classificação hierárquica ascendente, foi possível reduzir o universo inicial, onde foram coletadas amostras de 112 vacas, para quatro grupos homogêneos de produção (B1, B2, B3, B4) obtidos a partir da intersecção dos eixos CP1 e CP2, sendo que a formação dos grupos o tipo de ordenha, a secagem dos tetos antes da ordenha, o tratamento para casos de mastite clínica, a higiene das mãos do ordenhador e o treinamento dos ordenadores foram identificados como possíveis fatores de risco para mastite subclínica com isolamento do agente Staphylococcus coagulase negativo, o qual foi o agente mais prevalente nos isolamentos microbiológicos das amostras de leite com mastite subclínica
Abstract: Milk production in Brazil is complex in nature, because it depends on a base consisting of producers of low production scale and diversity strategies. Despite the volume of milk produced, the quality of the raw material is one of the biggest barriers to technology development activity in Brazil. Among the barriers takes highlight the somatic cell count of milk. In order to characterize the production systems of milk and identify differences in management between the groups formed by identifying the risk factors that lead to subclinical mastitis and the main causative agents of same from Marechal Cândido Rondon - PR, held two works. First, 735 semi-structured interviews with dairy farmers, using a questionnaire to guide management practices related to the diversity of production systems were made. With aid analysis of "cluster" formed five distinct and homogeneous groups (G1, G2, G3, G4 and G5) of production systems. After the formation of five groups selected at random 10 % of producers in each group, so these represent the group itself, totaling 73 systems chosen. Later was collected bulk tank milk in 73 properties. After established which properties did not fit the normative instruction MAP 62, held a second gathering in these properties, collections consisting of the application of two questionnaires, monitoring of a milking and collecting milk from three cows being positive CMT. In the analysis of ascending hierarchical classification was possible to reduce the early universe, where samples of 112 cows were collected for four homogeneous production groups (B1, B2, B3, B4) obtained from the intersection of CP1 and CP2 axes, and, highlighting for the formation of groups the type of milking, drying of the teats before milking, treatment for cases of clinical mastitis, hand hygiene and the milker training of officers were identified as possible risk factors for subclinical mastitis isolation of coagulase negative Staphylococcus agent, which was the most prevalent agent in microbiological isolates from milk samples with subclinical mastitis
Keywords: Manejo
Ordenha
Propriedades
Questionário
Management
Milking
Properties
Questionnaire
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA:PRODUÇÃO ANIMAL:MANEJO DE ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: LANGE, Maichel Jhonattas. Caracterização dos sistemas de produção leiteiros e fatores de risco para mastites subclínicas. 2013. 81 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1543
Issue Date: 23-Sep-2013
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maichel_Lange_20131.22 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.