Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1536
Tipo do documento: Dissertação
Title: Avaliação nutricional do farelo de girassol na alimentação de frangos de corte
Other Titles: Nutritional evaluation of sunflower meal in broiler feed
Autor: Oliveira, Taciana Maria Moraes de 
Primeiro orientador: Nunes, Ricardo Vianna
Primeiro coorientador: Klosowski, Élcio Silvério
Primeiro membro da banca: Eyng, Cinthia
Segundo membro da banca: Marcato, Simara Marcia
Resumo: Por meio da condução desta pesquisa, objetivou avaliar a inclusão de farelo de girassol (FG) na alimentação de frangos de corte. A composição bromatológica e os valores energéticos do FG foram obtidos pelo método de coleta total de excretas utilizando frangos de corte machos, em crescimento, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e quatro repetições (10, 20, 30 e 40% de substituição de FG em uma ração-referência). Para determinar o perfil de aminoácidos totais e digestíveis do FG e avaliar modificações da metodologia de determinação dos aminoácidos digestíveis verdadeiros, outro experimento foi conduzido empregando a técnica de alimentação forçada com galos adultos cecectomizados distribuídos em três tratamentos com seis repetições. Os tratamentos consistiram em: T1 - fornecer 30 g de FG divididas em duas intubações de 15 g em intervalos de 12 horas (controle); T2 - 30 g de FG divididas em duas intubações de 15 g em intervalos de 24 horas e T3 - 15 g de FG fornecidas em uma única intubação, sendo os dados obtidos em T1 empregados também para a determinação dos aminoácidos digestíveis. Para avaliar o desempenho, a morfometria intestinal e o rendimento de carcaça de frangos de corte alimentados com dietas contendo FG, suplementadas ou não com enzimas, além da viabilidade econômica da inclusão de FG, dois experimentos foram conduzidos. No primeiro, 1100 pintos de corte machos de um dia, Cobb, foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x5, constituído da combinação dos fatores adição ou não de complexo multienzimático e cinco níveis de inclusão de FG (0, 4, 8, 12 e 16%). O alimento teste foi fornecido até os 21 dias e posteriormente, todas as aves receberam a mesma ração até os 42 dias, com o objetivo de avaliar o possível efeito residual dos tratamentos. No segundo experimento, 750 frangos de corte machos de um dia, Cobb, foram utilizados e distribuídos do mesmo modo que o primeiro experimento, no entanto, as aves foram submetidas aos tratamentos a partir dos 21 até os 42 dias de idade. A composição química determinada foi: 89,51% de matéria seca; 36,46% de proteína bruta; 4294 kcal.kg-1 de energia bruta; 1,31% de extrato etéreo; 6,15% de matéria mineral; 1,15% de fósforo; 0,33% de cálcio; 35,32% de fibra em detergente neutro; 22,30% de fibra em detergente ácido e 1418 kcal.kg-1 de energia metabolizável. O coeficiente de digestibilidade dos aminoácidos do FG sofreu influência da metodologia empregada na sua determinação no que diz respeito ao nível de inclusão para lisina, metionina, treonina, arginina, isoleucina e leucina. O desempenho das aves aos 21 dias de idade foi afetado pelos níveis de inclusão de FG e a suplementação com complexo multienzimático melhorou os parâmetros em que exerceu influência significativa. A altura de vilosidade do duodeno e do íleo e a profundidade de cripta do jejuno foram afetadas pela inclusão de FG e as variáveis apresentaram maiores valores em função da presença de enzimas nas dietas. Para as aves que receberam FG a partir dos 21 dias, a suplementação com complexo multienzimático diminuiu o consumo, o rendimento de carcaça e de peito diminuiu linearmente com a inclusão de FG e para a moela foi verificada significância da interação entre nível de inclusão de FG e adição de enzimas. O nível de inclusão de FG influenciou a altura de vilosidade do duodeno e do jejuno e a adição de enzimas afetou o íleo. A profundidade de cripta do duodeno apresentou interação para inclusão de FG e adição de enzimas. A relação altura de vilosidade: profundidade de cripta foi afetada em todos os segmentos pelo nível de inclusão de FG e adição de enzimas, mas somente no duodeno foi verificada interação significativa
Abstract: By means of conducting this research, have aimed to evaluate the inclusion of sunflower meal (SFM) as feed for broilers. The chemical composition and energetic values of SFM were obtained by the total excreta collection method using male broilers, at growing age, distributed in a completely randomized design with four treatments and four replicates (10, 20, 30 and 40% replacement of SFM in a reference diet). To determine the SFM total and digestible amino acids profile and evaluate changes in the determination of true digestible amino acids methodology, another experiment was conducted employing the technique of forced feeding using cecectomized roosters allotted in three treatments with six replicates. The treatments consisted in: T1 - provide 30 g of SFM divided in two intubations of 15 g at interval of 12 hours (control), T2 - 30 g of SFM divided in two intubations of 15 g at intervals of 24 hours and T3 - 15 g of SFM provided in a single intubation, beeing the obtained data at T1 also employed for the determination of digestible amino acids. To evaluate the performance, intestinal morphometry and carcass yield of broilers fed with diets containing SFM, supplemented or not with enzymes besides the economic viability of SFM inclusion, two trials were consucted. At first, 1100 male broiler chicks 1-d old, Cobb, were distributed in a completely randomized design in a 2x5 factorial arrangement, consisting of the combination of the factors addition of multienzyme complex or not and five inclusion levels of SFM (0, 4, 8, 12 and 16%). The test-food was supplied only up to 21-d and lately, all birds were fed with same diet up to 42-d, with the aim of evaluating the possible residual effect of the treatments. At second trial, 750 male broilers 1-d old, Cobb, were used and distributed in the same way as the first experiment, however, the birds were treated from 21 up to 42-d old. The determined chemical composition was: 89.51% of dry matter, 36.46% of crude protein, 4294 kcal.kg-1 of gross energy, 1.31% of crude fat, 6.15% of mineral matter, 1.15% of phosphorus, 0.33% of calcium; 35.32% of neutral detergent fiber, 22.30% of acid detergent fiber and 1418 kcal.kg-1 of metabolizable energy, The amino acids digestibility coefficient of SFM was influenced by methodology used in its determination in relation to inclusion level to lysine, methionine, threonine, arginine, leucine and isoleucine. The birds performance at 21-d old was affected by dietary inclusion of SFM and the supplementation with multienzyme complex improved the parameters that exerted significant. The duodenum and ileum villus height and jejunum crypt depth were affected by the inclusion of SFM and the variables presented larger values due to the presence of enzymes in the diet. For broilers that received SFM from 21-d old, supplementation with multienzyme complex decreased consumption, carcass yield and breast decreased linearly with SFM inclusion and for the gizzard was observed significant interaction between inclusion level of SFM and enzyme addition. The inclusion level of SFM influenced the duodenum and jejunum villus height and enzymes affect the ileum. The duodenum crypt depth showed interaction between SFM inclusion and enzyme addition. The villus height:crypt depth ratio was affected in all segments by inclusion level of SFM and enzyme addition, but only in the duodenum was significant interaction
Keywords: Alimento alternativo
Aminoácidos digestíveis
Energia metabolizável
Fibra
Morfometria intestinal
Alternative food
Dgestible amino acids
Fiber
Intestinal morphometry
Metabolizable energy
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁIAS:ZOOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: OLIVEIRA, Taciana Maria Moraes de. Avaliação nutricional do farelo de girassol na alimentação de frangos de corte. 2013. 101 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1536
Issue Date: 1-Apr-2013
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Taciana_Oliveira_20131.41 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.