Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1457
Tipo do documento: Tese
Title: Preparados homeopáticos no manejo da lagarta-do-cartucho Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e do percevejo barriga-verde Dichelops melacanthus (Hemiptera: Pentatomidae) na cultura do milho (Zea mays)
Other Titles: Homeopathic preparations in the management of Spodoptera frugiperda smith fall armyworm (Lepidoptera: Noctuidae) of Dichelops melacanthus dallas green belly stink bug (Hemiptera: Pentatomidae) in corn crop (Zea mays)
Autor: Modolon, Tatiani Alano 
Primeiro orientador: Alves, Luis Francisco Angeli
Primeiro coorientador: Pietrowski, Vanda
Primeiro membro da banca: Boff, Pedro
Segundo membro da banca: Stangarlin, José Renato
Terceiro membro da banca: Boff, Mari Inês Carissimi
Quarto membro da banca: Alves, Viviane Sandra
Resumo: O sistema atual de produção de milho, proporcionam elevada produtividade ao mesmo tempo que favorece a surtos epidêmicos pragas, como o percevejo Dichelops melacanthus e a lagarta Spodoptera frugiperda. Estratégias de controle convencionais têm sido ineficazes até o momento. O presente estudo teve o objetivo avaliar o impacto de preparados homeopáticos no desenvolvimento de S. frugiperda e D. melacanthus em plantas de milho. Para estudo do consumo da lagarta S. frugiperda sementes foram tratadas antes do plantio por imersão em água destilada e nos preparados homeopáticos na dose de 1 mL.L-1. Após a embebição, as sementes foram semeadas nos vasos. Nos experimentos com a lagarta-do-cartucho, além do tratamento de semente (a), as dinamizações 12, 36, 60 e 84CH (ordem centesimal hahnemaniana) de Silicea foram aplicadas em pulverização (b) ou irrigação (c), sendo a primeira aplicação logo após a emergência, a segunda no estádio V2 e a terceira no estádio V3 das plantas. Secções foliares das plantas em estágio V6 oriundas do respectivo tratamento foram diariamente fornecidas às lagartas individualizadas em tubos de ensaio e mantidas em sala de desenvolvimento em 25 ± 3 °C e fotoperíodo 14 horas. Foram avaliados o consumo das folhas, formação e razão sexual de pupas e adultos, fertilidade, fecundidade, longevidade de adultos e preferência alimentar em ensaio de livre escolha. Para experimentos com o percevejo barriga-verde, D. melacanthus, preparado homeopático Nux vomica também foi aplicado via tratamento de semente (a) nas dinamizações 12, 36, 60 e 84DH (ordem decimal de Hering) e combinado com pulverização (b) ou irrigação (c), sendo iniciados dez dias após a semeadura e seguidas no intervalo de três dias até o 22° dia após a semeadura, totalizando cinco aplicações. Cinco dias após a última aplicação dos tratamentos foram avaliados massa fresca e seca de parte aérea e de raízes, volume das raízes, comprimento da raiz primária, altura e diâmetro do colmo das plantas de milho. No sexto dia após a última aplicação dos tratamentos, as parcelas réplicas foram submetidas ao estresse pelo inseto. As plantas de milho foram infestadas com um percevejo D. melacanthus por 36 horas. Dez dias após a retirada do percevejo foi realizada a classificação plantas atacadas através de escala de notas de dano. A análise dos dados mostrou que plantas de milho pulverizadas ou irrigadas com Silicea 36CH interferiram no consumo e utilização do alimento, além de proporcionarem maior quantidade de pupas e adultos de S. frugiperda deformados. Plantas pulverizadas ou irrigadas no solo com Silicea 36CH também interferiram na fertilidade e fecundidade de S. frugiperda proporcionando menor período de oviposição e pós-reprodutivo, menor número de massas de ovos, ovos por postura e ovos por fêmea. Os resultados sugerem que lagartas de S. frugiperda têm dificuldade ao se alimentarem de plantas de milho pulverizadas ou irrigadas com Silicea 36CH. Plantas de milho tratadas com o preparado homeopático Silicea em 36CH aplicado através de pulverização na parte aérea ou por irrigação no solo interferiram na alimentação e, conseqüentemente, na fertilidade e fecundidade de S. frugiperda, reduzindo assim, a população do inseto. O método de aplicação do preparado homeopático Nux vomica mais adequado para a cultura do milho foi através da irrigação no solo. Nux vomica na 33, 36 e 38DH irrigado ao solo favoreceu o desenvolvimento inicial de parte aérea e raízes de plantas de milho. Plantas de milho irrigadas com Nux vomica 36 e 38DH não foram danificadas pelo percevejo barriga-verde D. melacanthus, evidenciando o efeito de repelência ou não preferência alimentar
Abstract: The current system of corn production, provide high productivity while favoring pest outbreaks, such as the stink bug Dicheplos melacanthus and fall armyworm Spodoptera frugiperda. Conventional control strategies have been ineffective so far. This study aimed to evaluate the impact of homeopathic preparations on the development of S. frugiperda and D. melacanthus in corn plants. To study the consumption of fall armyworm S. frugiperda seeds were treated before planting by soaking in distilled water and homeopathic preparations at a dose of 1 mL.L-1. After soaking, the seeds were sown in pots. In experiments with fall armyworm in addition to the seed treatment (a), the dynamizations 12, 36, 60 and 84CH (centesimal hahnemaniana) of Silicea were applied in spraying (b) or irrigation (c), with an first application was made just after emergence, the second in V2 stage, and the third application in V3 stage of corn plants. Leaf sections of plants at V6 stage derived from the respective treatment were provided daily to caterpillars in individualized test tubes and maintained in the development room at 25 ± 3 °C and 14 hours photoperiod. Were evaluated consumption of leaves, formation and sex ratio of pupae and adults, fertility, fecundity, longevity of adult and food preference in free choice test. For the experiment with green-belly stink bug, D. melacanthus, homeopathic preparations Nux vomica was also applied as seed treatment (a) the dynamizations 12, 36, 60 and 84DH (decimal order of Hering) and combined with spraying (b) or irrigation (c), and started ten days after sowing and followed within three days until the 22th day after sowing, totaling five applications. Five days after the last application, fresh and dry mass of shoots and roots, root volume, primary root length, height and stem diameter of corn plants were evaluated. On the sixth day after the last treatment, the plots replicas were subjected to stress by the insect. Corn plants were infested with a D. melacanthus bug for 36 hours. Ten days after removal of the bug, the classification of attacked plants was performed through a rating scale of damage. Data analysis showed that corn plants sprayed or irrigated with 36CH Silicea interfered in the consumption and utilization of food. In addition, it provided greater amount of pupae and adults of deformed S. frugiperda. Plants sprayed or irrigated on soil with 36CH Silicea also interfered with fertility and fecundity of S. frugiperda, providing shorter oviposition and post-reproductive periods, as well as fewer egg masses, eggs per ovoposition and eggs per female. The results suggest that larvae of S. frugiperda have difficulty while feeding on corn plants sprayed or irrigated with 36CH Silicea. Corn plants treated with 36CH Silicea homeopathic preparation, applied by spraying the shoots or by irrigating the soil, interfered with the feeding and, therefore, with fertility and fecundity of S. frugiperda, reducing insect population. The method of application of homeopathic preparations Nux vomica more suitable for the corn crop was in the through irrigation on soil. Nux vomica at 33, 36 and 38DH irrigated to soil favored the early development of shoots and roots of corn plants. Corn plants irrigated Nux vomica 36 and 38DH were not damaged by green-belly stink bug D. melacanthus, showing the effect of repellency or not food preference
Keywords: Homeopatia
Zea mays
Insetos
Consumo
Fertilidade
Fecundidade
Repelência
Desenvolvimento vegetativo
Irrigação
Pulverização
Tratamento de semente
Homeopathy
Insects
Consumption
Fertility
Fecundity
Repellency
Vegetative development
Spraying
Irrigation
Seed treatment
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: MODOLON, Tatiani Alano. Preparados homeopáticos no manejo da lagarta-do-cartucho Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e do percevejo barriga-verde Dichelops melacanthus (Hemiptera: Pentatomidae) na cultura do milho (Zea mays). 2013. 85 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1457
Issue Date: 16-Dec-2013
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tatiani_Modolon_20131.35 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.