Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1452
Tipo do documento: Tese
Title: Diversidade de bactérias endofíticas obtidas de solos do oeste do paraná usando milho e trigo como planta isca
Other Titles: Diversity of endophytic bacteria obtained of soils in western paraná using corn and wheat bait-plants
Autor: Chaves, Elisiane Inês Dall'oglio 
Primeiro orientador: Guimarães, Vandeir Francisco
Primeiro coorientador: Vendruscolo, Eliane Cristina Gruszka
Primeiro membro da banca: Vasconcelos, Edmar Soares de
Segundo membro da banca: Cruz, Leonardo Magalhães
Terceiro membro da banca: Oliveira, André Luiz Martinez de
Resumo: As bactérias promotoras de crescimento vegetal constituem um amplo grupo de microrganismos, que associados às plantas representam um enorme potencial a ser explorado, por contribuírem beneficamente com o crescimento de várias espécies vegetais. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho foi estudar a diversidade de bactérias endofíticas obtidas de solos do oeste do Paraná, usando plantas de milho e trigo como iscas e avaliar o potencial dos isolados para a promoção do crescimento vegetal (PCV). Foram obtidos 136 isolados bacterianos provenientes de raízes de trigo e milho semeadas em três diferentes locais: área 1 (Argissolo vermelho), área 2 (Latossolo vermelho) e área 3 (Nitossolo vermelho). Os isolados foram avaliados quanto à capacidade de solubilizar fosfato insolúveis em meio NBRIP e quanto à capacidade de sintetizar auxina em meio DYGS. Oitenta e quatro estirpes bacterianas foram analisadas molecularmente através da análise de polimorfismo por ARDRA e 41 destas tiveram fragmentos do gene 16S rDNA sequenciados. A avaliação da capacidade de promoção de crescimento de seis dos isolados foi realizada in vitro, onde destes, dois isolados contrastantes foram avaliados quanto as suas performances em vaso. Como resultados obtidos, dos 136 isolados, 51% não apresentaram capacidade solubilizadora de fosfato, 14% apresentaram índice de solubilização de fosfato (ISF) baixo (IS<2), 9,5% médio (IS<4) e 25,5% alto (IS≥4), destacando-se o isolado UFPRPALM 3-66 (ISF 7,66). Os valores de AIA (ácido indol-3-acético) variaram entre 19,94 μg de AIA mg-1 de proteína (UFPRPALM1-134) a 1170,98 μg de AIA mg-1 de proteína (UFPRPALM 2-32), sem a adição de triptofano, e com adição de triptofano, apenas 42 isolados (31%) foram capazes de produzir AIA, sendo os níveis maiores variando de 362,18 (UFPRPALM 3-65) a 5599,57 (UFPRPALM 3-80) μg de AIA mg-1 de proteína. A análise de polimorfismo por ARDRA revelou 8 grupos bacterianos com 70% de dissimilaridade e apenas 8 isolados apresentaram perfil clonal. As sequencias do gene 16S rDNA permitiu o agrupamento dos 41 isolados em oito grupos filogenéticos diferentes, entre estes estão as bactérias do gênero: Agrobacterium, Shigella, Stenotrophomonas, Enterobacter, Pantoea, Pseudomonas, Ensifer, Brevibacillus, Escherichia, Acinetobacter, Bacillus e Burkholderia. Destes, foram escolhidos seis isolados produtores de AIA e solubilizadores de P que foram avaliados in vitro quanto a capacidade de crescimento. Neste experimento, dois isolados contrastantes foram caracterizados: UFPRPALM 3-87 (Burkholderia ambifaria), com maior e o UFPRPALT 1-14 (Pantoea ananatis), de menor capacidade de promoção de crescimento das plântulas de trigo in vitro, respectivamente. Em vaso, os isolados não apresentaram respostas de promoção de crescimento vegetal em solos de alta fertilidade, mas em condições de baixa fertilidade, o gênero Pantoea (UFPRPALT 1-14) foi o que apresentou a melhor performance em termos de aumentos dos teores de nitrogênio da parte aérea em trigo. Houve uma resposta diferencial dos isolados em termos de população microbiana epifífica e endofítica entre espécies vegetais e condições de fertilização e/ou inoculação
Abstract: The plant growth promoting bacteria constitute a large group of plant associated microorganisms that has a huge potential to be explored for beneficial contribution in plant growing. In this context, the aim of this work was to study the diversity of endophytic bacteria obtained from soils in western Paraná, using plants such as wheat and corn baits and evaluate the potential of isolates to promote plant growth (PCV). A total of 136 endophytic bacteria isolates were obtaines from roots in three different locations: area 1 (Argissolo vermelho), area 2 (Latossolo vermelho) and area 3 (Nitossolo vermelho). A total of 136 endophytic bacteria strains were isolated from roots in three different locations: area 1 (Argissolo vermelho), area 2 (Latossolo vermelho) and area 3 (Nitossolo vermelho). The isolates were evaluated for their ability to solubilize insoluble phosphate in NBRIP medium and also their ability to synthesize auxin in DYGS medium. Eighty-four bacterial strains were analyzed by molecular analysis of polymorphism by ARDRA and 41 of these fragments were sequenced 16S rDNA. Six isolates randomly chosen were evaluated according to their ability in promoting the plant growth in vitro, where from these, two contrasting isolates were evaluated for their performances in pots. As results for biochemical characterization, from 136 isolates, 51 % showed no phosphate solubilizing capacity, 14 % had a low level of phosphate solubilization index (ISF) low (IS<2), 9.5% medium (IS<4) and 25.5% higher (IS≥4), the higher ISF was verified in UFPRPALM 3-66 (7.66). IAA (indole-3-acetic) values ranged from 19.94 (UFPRPALM1 -134) to 1170.98 mg IAA mg protein-1 (UFPRPALM 2-32) without tryptophan addition and adding this aminoacid , only 42 strains (31%) were able to produce IAA in higher levels ranging from 362.18 (UFPRPALM 3-65) to 5599.57 (UFPRPALM 3-80) mg IAA mg protein -1. The polymorphism analysis revealed by ARDRA bacterial 8 groups with 70% dissimilarity and only 8 isolates showed clonal profile. The sequences of the 16S rDNA allowed the grouping of 41 isolates in eight different phylogenetic groups, among these the bacteria of the genus: Agrobacterium, Shigella, Stenotrophomonas, Enterobacter, Pantoea, Pseudomonas, Ensifer, Brevibacillus, Escherichia, Acinetobacter, Bacillus and Burkholderia. Of these, six isolates producing IAA and P-solubilization ability wich were evaluated for in vitro growth capacity were chosen. Isolated in this experiment, two contrasting were characterized: UFPRPALM 3-87 (Burkholderia ambifaria), more and UFPRPALT 1-14 (Pantoea ananatis), with lower ability to promote the growth of wheat seedlings in vitro, respectively. In the pot experiment, the isolates showed no responses of plant growth promotion in high fertility soils, but at low fertility condition, the genus Pantoea (UFPRPALT 1-14) showed the best performance in terms of increases in nitrogen concentration of shoots in wheat. There was a differential response of the isolates in terms of epiphytic and endophytic microbial population and between plant species and conditions of fertilization and/or inoculation
Keywords: ARDRA
Sequenciamento
Zea mays
Triticum
ARDRA
Sequencing
Zea mays
Triticum
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: CHAVES, Elisiane Inês Dall'oglio. Diversidade de bactérias endofíticas obtidas de solos do oeste do paraná usando milho e trigo como planta isca. 2013. 133 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1452
Issue Date: 6-Dec-2013
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Elisiane_Chaves_20133.33 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.