Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1404
Tipo do documento: Dissertação
Title: Adubação silicatada na cultura da soja e sua influência na tolerância ao deficit hídrico
Other Titles: Silicon fertilization in soybean and its influence on tolerance to water deficit
Autor: Ruppenthal, Viviane 
Primeiro orientador: Lana, Maria do Carmo
Primeiro membro da banca: Richart, Alfredo
Segundo membro da banca: Guimarães, Vandeir Francisco
Resumo: A cultura da soja, principal produto agrícola da exportação brasileira, tem sido afetada por adversidades climáticas, como o déficit hídrico, resultando em redução de produtividade. O silício apesar de ser considerado um elemento não essencial, tem demonstrado efeito benéfico na sua aplicação, como a minimização das perdas de produção pelo déficit hídrico. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência da aplicação de silício sobre as variáveis biométricas e nas características químicas e bioquímicas da soja sob déficit hídrico em Latossolo Vermelho eutroférrico de textura muito argilosa. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, na Estação de Horticultura e Cultivo Protegido Professor Mário César Lopes, pertencente ao Núcleo de Estações Experimentais da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, Campus de Marechal Cândido Rondon PR. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso em esquema fatorial 4 x 2 com quatro repetições. O primeiro fator foi composto por quatro doses de silício: 0, 224, 448 e 896 kg ha-1 de SiO2, e o segundo fator composto por dois regimes hídricos (sem e com imposição de déficit hídrico no início da fase reprodutiva, por sete dias). Cada parcela experimental foi constituída de dois vasos contendo 20 dm3de solo e contendo duas plantas. As plantas foram conduzidas sob mesmo regime hídrico até o início da fase reprodutiva, e neste estágio diferenciaram-se os tratamentos com e sem irrigação.Os parâmetros avaliados foram: umidade gravimétrica do solo, conteúdo relativo de água, tolerância protoplasmática, atividade da enzima peroxidase, variáveis biométricas (área foliar e biomassa seca da raiz, caule + pecíolo, folhas, parte aérea e total) e teor foliar de silício, nitrogênio, fósforo e potássio. O aumento da dose de silício no solo não teve efeito na manutenção do conteúdo relativo de água em plantas de soja com déficit hídrico. A aplicação de SiO2 até a dose de 896 kg ha-1 em solo argiloso com teor inicial de 22,5 mg dm-3 de Si, além de não aumentar a tolerância da soja ao déficit hídrico, implicou na redução do acúmulo de massa seca e área foliar em plantas com déficit hídrico e hidratação satisfatória. A adubação com silício interferiu de forma negativa na absorção de nitrogênio em condições de déficit hídrico para a cultura da soja. A atividade da enzima peroxidase em plantas de soja é aumentada com a adubação com SiO2 e em condições de estresse por déficit hídrico
Abstract: The soybean crop, the main agricultural product of Brazilian exports, has been affected by bad weather such as drought, resulting in reduced productivity. Despite the silicon being considered a non essential element, has demonstrated beneficial effect on your application, such as minimization of production losses by water deficit. Can be highlight the benefits of minimizing loss of production by water stress. Thus, the objective was to evaluate the effect of increasing levels of silicon in the development of soybean under drought in Latossolo Vermelho Eutroférrico. The experiment was conducted in greenhouse conditions in Station Protected Cultivation and Horticulture Professor Mário César Lopes, belonging to the Center for Experimental Stations of the Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE Campus Marechal Cândido Rondon - PR. The experimental design was randomized blocks in factorial scheme 4 x 2 with four replications. The first factor was composed of four silicon rates: 0, 224, 448 and 896 kg ha-1 for SiO2, and the second factor consist of two water regimes (with and without the imposition of water deficit in the early reproductive stage for seven days). Each plot consisted of two vessels containing 20 dm3 of soil and two plants. The plants were conducted under the same water regime until the early reproductive phase, and at this stage differed from the treatments with and without irrigation. The parameters evaluated were gravimetric soil moisture, relative water content, protoplasmic tolerance, the peroxidase activity, biometric variables (leaf area and dry biomass of root, stem + petioles, leaves, shoots and total) and foliar silicon, nitrogen, phosphorus and potassium.Increasing thedoseofsiliconinthe soilhad noeffecton themaintenanceofrelative water contentofsoybean plantstowater deficit.The application of SiO2 until the dose of 896 kg ha-1 in clay soil with 22.5 mg dm-3 initial Si, do not increaseinsoybean toleranceto drought, resultedin the reductionofbiomass accumulationandleaf areaon plantswithwater deficitandhydrationsatisfactory. Thesilicon fertilizationinfluenced negativelyon the uptake ofnitrogeninwater deficit conditionsforthe crop.Theperoxidase activityinsoybean plantsisincreased byfertilizationwithSiO2andunder stressbywater deficit. And did not increase the resistance of soybean to water deficit, contributed to the reduction of biomass accumulation in both water regimes imposed, and negatively affect the absorption of nitrogen in water deficit conditions. The peroxidase activity in soybean plants is increased with fertilization and SiO2 under stress by water deficit
Keywords: Glycine max
Silicato de cálcio
Danos fisiológicos
Nutrição de plantas
Glycinemax
Calciumsilicate
Physiological damage
Plant nutrition
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: RUPPENTHAL, Viviane. Adubação silicatada na cultura da soja e sua influência na tolerância ao deficit hídrico. 2011. 71 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1404
Issue Date: 11-Feb-2011
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Viviane_Ruppenthal_20111.09 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.