Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1402
Tipo do documento: Dissertação
Title: Tolerância ao déficit hídrico de eventos de trigo transformados com o gene p5cs
Other Titles: Tolerance to water deficit of events transformed wheat with gene p5cs
Autor: Lima, Lettice Aparecida Dias Canete de 
Primeiro orientador: Costa, Antonio Carlos Torres da
Primeiro coorientador: Vendruscolo, Eliane Cristina Gruszka
Primeiro membro da banca: Guimarães, Vandeir Francisco
Segundo membro da banca: Schuster, Ivan
Resumo: O trigo é umas das mais importantes culturas pelo fato de ser base da dieta humana em muitos países. A transformação genética de plantas é considerada uma importante ferramenta na obtenção de genótipos tolerantes aos estresses abióticos pela introdução de genes envolvidos nos mecanismos de proteção celular sob condições de estresse hídrico. A prolina é um osmoprotetor que pode atuar nos diversos mecanismos para o aumento da tolerância ao déficit hídrico das plantas. A enzima .1-pirrolina-5-carboxilato sintetase (P5CS), codificada pelo gene p5cs, é considerada o passo limitante na rota de síntese de prolina. O estudo da estabilidade de expressão do transgene e a sua produtividade são fundamentais para o lançamento de variedades comerciais transgênicas. Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar cinco eventos de transformação, por meio de análises biofísicas e índices de produção, quanto à tolerância ao estresse hídrico. Como resultados obtidos, na avaliação dos seguintes parâmetros: Conteúdo Relativo de àgua (CRA); concentrações de malondialdeído (MDA), índices de estabilidade de membrana (%) e quantificação de prolina. Como índices de produção foram quantificados: número de sementes/planta, número de espigas/planta, peso médio de 100 sementes/planta e peso total das sementes por planta. Os resultados demonstraram que plantas transgênicas responderam de modo diferenciado aos dois tipos de estresse aplicados (severo e parcial). As plantas dos eventos avaliados sob condições de estresse severo e parcial apresentaram conteúdos maiores de prolina (1,16x a 1,62x mais), níveis menores de MDA e consequentemente e os IEMs destas plantas foram maiores por demonstrarem um mecanismo mais eficiente de proteção das membranas celulares contra o estresse oxidativo. A percepção do estresse severo ocorreu a partir do 8º dia de restrição hídrica severa, enquanto que na restrição hídrica parcial, o início da percepção ocorreu após o 12º dia. Os resultados obtidos para os índices de produção foram similares entre plantas transgênicas dos diferentes eventos e controle estressado, o que demonstra que, embora tenha havido expressão do transgene (p5cs) esta maior concentração de prolina não resultou em uma maior produtividade das plantas
Abstract: Wheat is one of the most important crops because the human diet is based on in many countries. The plant genetic transformation is considered an important tool in obtaining tolerant genotypes to abiotic stresses by the introduction of genes involved in mechanisms of cellular protection Proline is an osmoprotectant that can act in different mechanisms to increase the tolerance of plants. The enzyme ∆1-pyrroline-5-carboxylate synthetase (P5CS), encoded by the gene p5cs, is considered the limiting step in the proline biosynthesis. The study of the stability of transgene expression and productivity are critical to the commercial release of transgenic varieties. This study was conducted to evaluate five events through biophysical and production analysis under water stress. The results obtained were as the following parameters: relative water content (RWC); malondialdehyde contents (MDA), membrane stability index (%) and proline quantified. Production rates were quantified as the number of seeds per plant, number of ears per plant, 100 seeds average weight per plant and total weight of seeds per plant. The results permitted to conclude that transgenic plants responses were differently under severe and partial water stress conditions. Plants from different events under severe stress presented a higher content of proline (1.16x to 1.62x greater), lower levels of MDA and the IEMs were higher due to the fact of showing a more efficient mechanism of protection for cell membranes against oxidative stress. The perception of severe stress occurred at the 8th day of water restriction, however in partial water stress, the beginning of perception was after 12 days. The results obtained for production indexes were similar among events and stressed controls, which shows that, although there was expression of the transgene (p5cs) the higher amount of proline did not result in higher production of plants
Keywords: Trigo
déficit hídrico
prolina
tolerância
transgênicos
Wheat
water deficit
praline
tolerance
transgenic event
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Produção Vegetal
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Nível Mestrado
Citation: LIMA, Lettice Aparecida Dias Canete de. Tolerance to water deficit of events transformed wheat with gene p5cs. 2010. 74 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Marechal Cândido Rondon, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1402
Issue Date: 10-Mar-2010
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lettice_Aparecida_Dias_Canete_de_Lima.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.