Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1382
Tipo do documento: Dissertação
Title: Disponibilidade de boro para a cultura da soja em resposta a doses e fontes do nutriente e potenciais de água do solo
Other Titles: Availability of boron for the soybean crop in response to doses and the potentials sources of water nutrient soil
Autor: Trautmann, Ricardo Robson 
Primeiro orientador: Lana, Maria do Carmo
Primeiro coorientador: Gonçalves Júnior, Affonso Celso
Primeiro membro da banca: Guimarães, Vandeir Francisco
Segundo membro da banca: Fey, Rubens
Terceiro membro da banca: Pauletti, Volnei
Resumo: A soja é uma das culturas anuais mais exigentes em boro (B). Entretanto, o manejo da adubação boratada deve ser realizado com muita cautela, principalmente no que diz respeito às doses a serem aplicadas, devido à estreita faixa entre o nível adequado e o tóxico para este nutriente no solo. Outro aspecto importante relacionado diretamente com a disponibilidade de B para as plantas refere-se às condições hídricas do solo, já que o B é preferencialmente transportado no solo até a superfície das raízes pelo fluxo de massa. Neste contexto, este trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de fontes e doses de B no crescimento da soja (Glycine max) em um Latossolo Vermelho eutroférrico de textura média, submetido a diferentes tensões de água. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, na Estação de Horticultura e Cultivo Protegido da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, em Marechal Cândido Rondon, PR, em vasos com 5 dm3 de solo. Utilizou-se o delineamento experimental em parcelas subdivididas, em esquema fatorial 5 x 2 x 3, sendo cinco doses de B (0,0; 0,25; 0,5; 1,0 e 2,0 mg dm-3); duas fontes (ácido bórico e colemanita) e três tensões de água no solo (-0,01, -0,03 e -0,10 MPa), com quatro repetições. Os resultados obtidos indicaram que o desenvolvimento da cultura de soja, de maneira geral, não é influenciado quando se mantêm o nível de tensão de água no solo até -0,1 MPa (umidade do solo de 65% da capacidade de campo). O crescimento da parte aérea da soja não foi influenciado pela adubação boratada, independentemente se a fonte aplicada é mais ou menos solúvel. Por sua vez, o desenvolvimento do sistema radicular foi negativamente afetado com a aplicação de de até 2 mg dm-3 de B, em solo com teor inicial de 0,4 mg dm-3. Sob tensão de água no solo de -0,1 MPa a adubação com doses de B de 0,25 a 2,0 mg dm-3 como colemanita implicou em menor perda de água pelas folhas de soja. Os teores de B no solo e no tecido foliar da soja aumentam linearmente com o aumento das doses do nutriente aplicado no solo, sendo observado na dose máxima, 2 mg dm-3 de B, sintomas típicos de toxidez de B nas folhas de soja
Abstract: Soybeans are an annual crop demanding boron (B). However, the boron fertilizer management should be done cautiously, especially with regard to doses to be applied because of the narrow range between adequate and toxic for this nutrient in the soil. Another important aspect directly related to the availability of B to plants refers to soil moisture conditions, since B is preferentially transported into the soil to the surface of the roots by mass flow. In this context, this study aimed to evaluate the effect of sources and application rates of boron in the growth of soybean (Glycine max) in an Oxisol of medium texture, under different water tensions. The experiment was conducted in a greenhouse at Horticulture Station Protected Cultivation and the State University of West of Paraná, Marechal Cândido Rondon, PR, using pots with 5 dm3 of soil. We used a randomized split-plot in a factorial 5 x 2 x 3, with five doses of B (0.0, 0.25, 0.5, 1.0 and 2.0 mg dm-3); two sources (boric acid and colemanite) and three strains of soil water (-0.01, -0.03 and -0.10 MPa), with four replications. The results indicated that the development of soybean, in general, is not influenced when keeping the voltage level of water in the ground to -0.1 MPa (soil moisture of 65% of field capacity). The shoot growth of soybean was not influenced by boron fertilization, regardless of whether the withholding is more or less soluble. In turn, the root growth was negatively affected by the application of up to 2 mg dm-3 of B in soil with initial 0.4 mg dm-3. Under water tension of -0.1 MPa soil fertilization with B rates from 0.25 to 2.0 mg dm-3 as colemanite resulted in less loss of water by the soybean leaves. The amount of B in soil and soybean leaves increases linearly with increasing doses of the nutrient into the soil, was observed at the maximum dose, 2 mg dm-3 of B, typical symptoms of B toxicity in soybean leaves
Keywords: Glycine max
micronutriente
água no solo
Glycine max
micronutrient
soil water content
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Produção Vegetal
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Nível Mestrado
Citation: TRAUTMANN, Ricardo Robson. Availability of boron for the soybean crop in response to doses and the potentials sources of water nutrient soil. 2009. 82 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Marechal Cândido Rondon, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1382
Issue Date: 28-Aug-2009
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ricardo_Trautmann.pdf630.26 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.